<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL SYNNEX WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

4 recursos fundamentais de um firewall

O firewall pode ser um software, hardware ou ambos.


O firewall funciona como uma porta virtual para o uso de serviços de rede. Ele avaliará a estrutura de cada pacote e conexão de dados em busca de sinais de ataques para bloquear qualquer link malicioso, o que é ideal para toda empresa que preza pela segurança seus dados.

Antes de conhecer os recursos fundamentais de um firewall, é preciso saber o que é um firewall? O firewall pode ser um software, hardware ou ambos. Situa-se entre um link de comunicação e um computador e tem o objetivo de checar e filtrar todo o fluxo de dados que entra no ambiente de computador.

Quais são os tipos de firewall existentes?

O firewall pode funcionar como um hardware ou software e conhecer as características de cada tipo de ferramenta. Ele permite que o setor de TI faça uma escolha mais alinhada com o perfil da infraestrutura e, assim, garanta o máximo de proteção ao usuário.

Confira 5 vantagens em usar um serviço de firewall

1) Manter a rede em segurança

A principal vantagem de um sistema de firewall é assegurar total integridade dos dados e das informações, bloqueando sites por meio de filtros de URL.
Um serviço de firewall corporativo conta com atualizações automáticas de antivírus e protocolos de proteção, incluídos nos pacotes adquiridos pelas empresas.

2) Otimização de políticas

Políticas e regras de firewall são os mecanismos que fazem com que os firewalls funcionem.
A otimização de políticas migra regras de seguranças herdadas baseadas em aplicativos que permitem ou negam tráfego com base em qual aplicativo está sendo usado.

New call-to-action

Isso melhora a segurança geral, reduzindo a superfície de ataque e também fornece visibilidade para permitir o acesso ao aplicativo com segurança.

3) Prevenção de roubo de credenciais

Sabia que antes da proteção dos firewalls as informações que você utiliza no computador de sua empresa não poderiam ser acessados?
Hoje em dia é possível acessar aplicativos herdados, aplicativos SaaS e outros serviços em Nuvem no escritório, em casa, no aeroporto e em qualquer outro lugar em que estejam.

A prevenção contra roubo de credenciais funciona digitalizando envios de nome de usuário e senha para sites e comparando esses envios a listas de credenciais corporativas oficiais.

As empresas podem escolher quais sites permitir a submissão de credenciais corporativas ou bloqueá-las com base na categoria de URL do site.

4) Segurança DNS

Uma combinação de aprendizado de máquina, análise e automação pode bloquear ataques que utilizam o DNS (Sistema de Nomes de Domínio).
Quando a segurança do DNS é integrada aos firewalls, o Machine Learning pode analisar a enorme quantidade de dados da rede, tornando desnecessárias as ferramentas de análise independentes e com o preço excessivo.

A segurança do DNS integrada a um firewall pode prever e bloquear domínios maliciosos através da automação e da análise em tempo real que os encontra.

À medida que o número de domínios ruins cresce, o aprendizado de máquina pode encontrá-los rapidamente e garantir que eles não se tornem problemas.

5) Controlar o acesso às informações

Ao contratar um serviço de firewall, é possível definir hierarquicamente os acessos às informações. Ou seja, a empresa terá o controle de acessos, definindo o que será permitido a cada colaborador.

Essa é uma forma de prevenir o vazamento de informações sigilosas — e que só interessam a alguns cargos da empresa.

Diante do papel estratégico que a rede tem, é natural que empresas façam grandes investimentos nas suas infraestruturas.

Em busca de maior qualidade e performance, muitos gestores adotam conexões mais ágeis e com alto nível de disponibilidade. Isso permite que tecnologias como a computação na nuvem sejam melhores aproveitadas e a companhia possa atingir maiores resultados em médio e longo prazo.

O firewall é indispensável e muito eficiente para as empresas. No entanto, o mau comportamento dos usuários da sua rede pode diminuir a eficácia da solução, podendo comprometer os dados corporativos.

Sendo assim, o ideal a ser feito é implantar um bom firewall para que consiga registrar e controlar o comportamento dos colaboradores enquanto estão conectados e também os prepare para identificar eventuais ameaças, instruindo-os a não entrar em sites ou fazer downloads de conteúdos de origem duvidosa.

Posts relacionados

6 passos para proteger os usuários remotos em grande escala

Para garantir a continuidade dos negócios é necessário investir nos recursos de segurança certos para os colaboradores em home office.

Como adequar os serviços em Nuvem à LGPD?

Devido ao coronavírus, a vigência da lei de proteção de dados é adiada. No entanto, é fundamental que as empresas continuem tomando as medidas necessárias para entrar em conformidade.

Mobilidade e segurança: como garantir a proteção dos usuários e dispositivos?

Para que as empresas sejam capaz de oferecer segurança em qualquer lugar e para qualquer dispositivo é necessário contar com a plataforma de segurança de rede Strata ™ da Palo Alto.

Escreva seu comentário