<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL SYNNEX WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Web Application Firewall: 5 principais dúvidas das empresas

Esclareça todas as suas dúvidas sobre esse assunto e veja como garantir a proteção do tráfego de rede de seus clientes. 

A situação atual do mercado está remodelando completamente a maneira com que as empresas fazem negócios. Aplicações na internet e outros recursos tecnológicos não são apenas mais formas secundárias de contribuir com a rotina corporativa, eles estão se tornando cruciais para a continuidade do próprio negócio.

Isso tem impulsionado as empresas a deixarem modelos tradicionais para trás. Se adaptar aos novos movimentos, no entanto, exige o investimentos em novas tecnologias. Novas aplicações, que vão desde aplicativos de produtividade, softwares sofisticados ou aplicações específicas já passaram a fazer parte do dia a dia corporativo.

Junta a essas inovações, algumas questões estão surgindo e preocupando os gestores de TI, como a segurança dessas soluções. É nesse contexto que o Web Application Firewall (WAF) surge para aprimorar a proteção das conexões e garantir a segurança das informações corporativas.

O Web Application Firewall é uma das soluções com maior abrangência para aplicações web e é capaz de monitorar todo o tráfego da infraestrutura de rede de uma empresa. No entanto, muitas dúvidas ainda surgem sobre essa tecnologia e atrapalham as empresas a implementá-la.

Você sabe exatamente como esse software funciona e quais as vantagens dele para os negócios? Acompanhe o texto a seguir em que esclarecemos as principais dúvidas das empresas sobre o assunto. Vamos lá?

  1. O que é Web Application Firewall e como ele funciona?

Claramente a primeira dúvida das organizações é o significado dessa tecnologia e como ela funciona. O Web Application Firewall é um software que monitora, filtra e bloqueia pacotes de dados conforme eles se movimentam por aplicativos da Web. Ele pode ser baseado em rede, host ou em Nuvem. 

Esse tipo de firewall é usado pelas empresas para realizar a segurança contra ataques de dia zero, roubo de identidade, vulnerabilidades e outras ameaças conhecidas. Uma solução eficiente deve ser capaz de proteger tanto aplicações híbridas, locais e entregues pela nuvem, contra DDoS, Inteligência de IP e Serviços Seguros de Gateway para Web.

New call-to-action

O WAF funciona por meio de diversos mecanismos que detectam tráfego inseguro e que podem comprometer a segurança do ambiente de TI da empresa. Ele verifica constantemente todo o tráfego para garantir que nenhuma vulnerabilidade apareça.

Para fazer o controle de ameaças, ele possui listas de controles para diferenciar o tipo de movimento na rede, as chamadas Whitelist, blacklist e quarentena. Para a primeira lista são direcionados os usuários que não necessitam de avaliação por possuírem permissão de acesso. Já para a segunda, vão todos os comportamentos anômalos identificados. Enquanto isso, para a terceira, vão os comportamentos suspeitos no tráfego que serão analisados cuidadosamente.

  1. Quais as vantagens do WAF?

Há inúmeros benefícios em utilizar um Web Application Firewall. Ele é capaz de assegurar a proteção adequada a todas as complexidades e tipos de negócios. Sua adoção permite que a TI tenha visibilidade das principais ameaças que atacam e tentam comprometer a continuidade das operações da empresa.

Ao investir em um Web Application Firewall, é possível contar com diversos recursos, tais como:

  • Proteção avançada de aplicativos: o WAF combina aprendizado de máquina, inteligência de ameaças e profundo conhecimento de aplicativos;
  • Defesa proativa de bots: proteção dos aplicativos contra ataques automatizados e outras ferramentas maliciosas;
  • Criptografia de dados no navegador: é possível adicionar criptografia aos dados na camada do aplicativo para proteger os usuários contra malwares de extração de dados;
  • Segurança do protocolo API: implemente ferramentas que protegem APIs utilizados no desenvolvimento e integração de softwares de aplicações;
  • Proteção de credenciais roubadas: protege contra ataques de força bruta que usam credenciais roubadas.
  1. O que é Web Application Firewall baseado em Nuvem?

O modelo de WAF baseado em Nuvem trata-se da opção desse software que utiliza uma infraestrutura de Cloud Computing para realizar a proteção dos dados corporativos. 

Nesse modelo, o tráfego é direcionado a uma plataforma na Nuvem antes de ir para a aplicação ou site de destino. As principais vantagens do WAF na Nuvem são seu custo reduzido, maior escalabilidade e flexibilidade. 

  1. O Web Application Firewall  é personalizável?

O Web Application Firewall pode ser personalizado pela a empresa de acordo com suas necessidades e especificidades. A partir das políticas de governança existentes, a TI pode criar listas de conteúdos que devem ser monitorados. 

Assim, a empresa pode configurá-lo de acordo com as demandas de seus usuários, garantindo uma melhor proteção e alto desempenho de seus serviços de TI.

  1. Quais os impactos do WAF nos negócios?

Ao implementar um WAF, as empresas podem contar com maior segurança, confiabilidade e um gerenciamento completo de suas aplicações. Desse modo, é possível manter as atividades corporativas, as conexões de rede  e informações totalmente seguras.

Isso permite que as empresas forneçam um melhor acesso a seus usuários, o que é fundamental em tempos de home office, os quais poderão utilizar os sistemas corporativos sem contratempos, realizando suas atividades de onde estiverem. 

Como você pôde perceber, o Web Application Firewall é um excelente aliado para as empresas que buscam formas inteligentes e eficientes de garantir a proteção de seu tráfego de rede, ao mesmo tempo, em que possibilitam um melhor acesso aos seus usuários. Invista agora nessa solução e garanta um melhor trabalho remoto aos colaboradores. 

Posts relacionados

4 principais pontos positivos de você possuir Splunk na sua infraestrutura

A sua infraestrutura de TI é um dos pontos principais para que você consiga dar andamento nas operações e entrega de resultados, por isso, é importante analisar ela por inteira, buscando otimizar os custos, mas sem esquecer da segurança. 

Como aliar segurança e gestão de riscos na empresa?

Para utilizar os recursos tecnológicos de forma confiável e a favor dos negócios é fundamental a integração desses dois processos.

Como a governança de TI pode ajudar em momentos de crise?

Ter o total controle sobre as tecnologias utilizadas pela empresa e alinhá-las aos objetivos de negócios são passos importantes para superar os desafios atuais do mercado.

Escreva seu comentário