<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Você sabe o que é segurança móvel em camadas?

Descubra a importância desse modelo de proteção corporativa que fará com que os criminosos desistam de invadir os sistemas de seus clientes.

 

Você sabe o que é segurança móvel em camadas?

 

Malwares, spams, phishings. Esses são apenas alguns dos diversos perigos presentes no ambiente virtual que ameaçam empresas e usuários diariamente. Com o avanço do uso de dispositivos móveis no local de trabalho e a constante ameaça desses perigos, que estão cada vez mais evoluídos, manter a segurança tornou-se uma atividade complexa.

A mobilidade trouxe diversas vantagens para o ambiente corporativo, como o aumento da produtividade e a possibilidade de trabalho remoto, porém, as vulnerabilidades da rede também aumentaram. Os usuários móveis constantemente baixam aplicativos maliciosos, visitam sites que podem estar infectados, utilizam serviços em nuvem não autorizados e se conectam a redes públicas Wi-Fi, expondo seus aparelhos a malwares e vírus, além da possibilidade da perda ou roubo do dispositivo.

Por isso, a equipe de TI precisa buscar novas estratégias de segurança para realizar a defesa total dos dados corporativos. Uma abordagem eficiente para lidar com essa situação é a proteção em camadas, uma opção abrangente, integrada e que incorpora medidas de segurança em cada ponto vulnerável. Dessa forma, caso ocorra uma violação na primeira barreira, as próximas podem evitar danos adicionais.

A estratégia de segurança móvel em camadas inclui tecnologias como o gerenciamento de dispositivos, MAM (Mobile Asset Management, gestão de ativos móveis em português), métodos de biometria avançada, segmentação da rede e a utilização de contêineres.

Além disso, ao utilizar essa abordagem, a equipe de TI pode contar com sistemas incorporados de monitoramento e testes de software, aplicar patches de segurança e atualizações em intervalos regulares.

Alguns componentes, como firewalls e gateways, são essenciais para a segurança em camadas, e a TI deve garantir que eles estejam atualizados, além de utilizarem filtragem de URLs para proteger a rede.

Outro recurso importante para essa estratégia é o monitoramento abrangente da rede para detectar possíveis atividades suspeitas nos dispositivos móveis, assim, é possível que os administradores consigam responder imediatamente a qualquer ameaça.

É necessário que a equipe de TI seja capaz de acessar facilmente os dados para gerar relatórios que forneçam informações abrangentes sobre o sistema e os padrões de uso dentro dele.

Há diversos modelos de segurança em camadas que as empresas podem adotar para se proteger. Dessa forma, é possível reunir as melhores práticas de proteção e diferentes componentes de segurança, como antivírus, firewall, entre outras ferramentas para criar uma barreira completa de defesa que será mais forte do que as partes isoladas. Assim, cada camada torna mais difícil que uma ameaça consiga penetrar a rede corporativa.

A instalação de sistemas de detecção de intrusões é um dos componentes de segurança em camadas mais utilizados pelas empresas, pois aumenta o nível de determinação necessário quando um intruso tenta acesso, fornecendo informações para a assistência controlar os danos ou diminuir o impacto negativo.

Uma camada com firewall funciona como um filtro entre a rede e o “mundo virtual”, digitalizando todo o tráfego de rede e controlando o que é permitido entrar e sair.

A camada de usuários costuma ser a mais complicada de gerenciar, por conta da ocorrência de falhas humanas. Portanto, a melhor defesa contra ameaças internas é a conscientização e educação. É possível também utilizar métodos de autenticação para identificar os usuários da rede e permitir diferentes níveis de acesso, variando de acordo com as necessidades de cada usuário.

Para manter todos os dados e usuários de uma empresa seguros, é importante estar sempre atento a atualizações e realizar as manutenções necessárias. As ameaças e vulnerabilidades irão mudar constantemente, portanto as políticas e métodos de proteção utilizados devem ser reavaliados periodicamente para cumprirem seu papel de forma eficiente.

Além disso, o uso de segurança em camadas tem como objetivo principal dificultar o acesso de criminosos, até que estes desistam da tentativa de invadir o sistema. Se toda vez que o invasor se deparar com uma barreira de segurança existir uma outra após essa, as chances de desistência aumentam, fazendo com que ele procure alvos mais fáceis.

 

Como aprimorar o armazenamento de dados corporativos

Posts relacionados

Como escolher uma solução de segurança de endpoint?

A primeira etapa na escolha da melhor solução de segurança de endpoint é entender o que sua empresa precisa.

Inteligência de ameaças cibernéticas: o que é e qual a importância para empresas?

A inteligência de ameaças cibernéticas ajuda as organizações, dando-lhes insights sobre os mecanismos e implicações das ameaças.

O que considerar na segurança do servidor de uma empresa?

Para manter a disponibilidade e proteção dos dados corporativos é necessário assegurar que toda a infraestrutura esteja protegida contra as ciberameaças.

Escreva seu comentário