<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.
  • Westcon-Comstor lança o BlueSky Solutions Markeplace
  • Baixe o ebook: saiba por que a mobilidade corporativa é essencial para o futuro da sua empresa
  • Partner Portal
  • Mantenha os dados seguros em tempos de Transformação Digital - Fortinet
  • Acesse agora
  • Partner Portal
  • Baixe o ebook: saiba por que a mobilidade corporativa é essencial para o futuro da sua empresa
  • Mantenha os dados seguros em tempos de Transformação Digital - Fortinet

Tráfego global de dados móveis tem previsão de crescimento intenso

Postado por Equipe Westcon em 30/mai/2017 5:00:00

Dados apontam para um grande crescimento no tráfego de dados móveis até 2021.

 

Tráfego global de dados móveis tem previsão de crescimento intenso

 

O crescimento exponencial do número de usuários para dispositivos mobile já é uma realidade que tende a aumentar cada vez mais, motivando crescimento em diversas áreas associadas ao uso de dados móveis. A cada dia vemos uma intensificação no número de usuários móveis, o que se reflete no aumento do tráfego de vídeos, da velocidade de redes 4G e no desenvolvimento e aplicação da Internet das Coisas (IoT).

Essa nova realidade permite que se estabeleça uma perspectiva para os próximos anos, principalmente no que diz respeito ao crescimento do tráfego de dados móveis que crescerá em sete vezes até o ano de 2021, ultrapassando o crescimento de contas bancárias, água canalizada e telefones fixos.

A grande vantagem deste impulso no volume de dispositivos e aplicações móveis é a promoção de crescimento do 4G, que representará 58% do total de conexões, se tornando responsável por 79% do tráfego total de dados móveis até 2021, com expectativas de, em breve, presenciarmos um crescimento, também, do 5G, com infraestrutura implantada em larga escala, principalmente, a partir de 2020. Entre os principais dados de crescimento para os próximos cinco anos, cerca de 20% do total de IPs serão de dispositivos móveis.

Para suportar este aumento, a velocidade de conexão deverá triplicar, alcançando um total de 20,4 Mbps em 2021, o triplo do observado em 2016, ano em que foi registrada uma velocidade de 6,8 Mbps. As conexões Máquina a Máquina (M2M) também terão grande crescimento, representando 29% do total de conexões móveis, ganhando cada vez mais força em decorrência do crescimento das aplicações de Internet das Coisas (IoT), especialmente em ambientes empresariais e de consumo.

Além desses dados, vemos ainda indicações do crescimento dos dados móveis globais, alcançando, até 2021, 49 exabytes ao mês e 587 exabytes ao ano, esta última equivalente a mais 122 vezes o tráfego gerado no ano de 2011. É possível notar a importância de tais dados por serem equivalentes ao envio de 131 trilhões de imagens por MMS. Já sobre o crescimento de vídeos móveis ao vivo, a estimativa é de um crescimento de 8,7 vezes até 2021, sendo a aplicação móvel que apresentará maior aumento nos próximos anos, chegando a representar 78% do tráfego móvel.

Em relação ao tráfego de vídeos ao vivo, em 2021 cerca de 5% serão correspondentes à vídeos móveis, um crescimento de 39 vezes, contando a partir de 2016.

No Brasil, este tipo de tráfego crescerá, entre 2016 e 2021, 6,8 vezes, com uma previsão de crescimento anual de 47%.

As proporções de crescimento para os tráfegos de dados acima mencionados podem ser observadas ainda para a Realidade Virtual (RV) e Realidade Aumentada, que incentivam o crescimento de consumo de headseats como suporte para a imersão do usuário no ambiente simulado, além do crescimento do tráfego de dados móveis transferidos por redes Wi-Fi, que deve crescer cerca de 6 vezes entre 2016 e 2021, chegando a quase metade do total de tráfego IP até 2020, cerca de 49%, quando analisados tanto entre dois dispositivos Wi-Fi, quanto entre dispositivo Wi-Fi e dispositivo móvel.

Obviamente todos estes dados ainda podem sofrer alterações a medida que novas tecnologias surgem e o uso de dispositivos móveis tornam-se mais intenso, mas previsões significativamente mais baixas são uma realidade quase impossível de ser alcançada.

 

Conheça a ForeScout

Categoria(s): Mobilidade, Big Data