<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL SYNNEX WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Software como serviço: 6 desafios do modelo SaaS para a TI

À medida que as empresas migram para a nuvem, desafios característicos podem surgir e a TI precisa estar preparada.

 

Com a chegada da cloud computing, a infraestrutura tradicional de TI empregada pelas organizações foi transformada. A habitual compra de softwares e licenças foi substituída pela contratação exclusiva dos recursos necessário, em um modelos de negócio baseados no pagamento de assinaturas. Um dos modelos mais populares no mercado é o SaaS (Software as a Service).

Muitas empresas optam por essa mudança porque a solução transfere parte expressiva da responsabilidade gerencial da TI, permitindo que os próprios requisitos do negócio ganhem mais atenção da equipe, e as tecnologias subjacentes sejam terceirizadas por provedores especializados.

Ainda que o modelo de Software como Serviço garanta diversos benefícios, ele também traz algumas questões a serem analisadas criteriosamente. Acompanhe o post e conheça 6 desafios do modelo SaaS para a TI.

O modelo Software as a Service

Grosso modo, SaaS é uma forma de disponibilizar softwares e soluções de tecnologia como um serviço, por meio da internet. Seus aplicativos são chamados de softwares baseados na Web, softwares sob demanda ou softwares hospedados.

Esses recursos são executados nos servidores dos provedores de serviço, que são os responsáveis por gerenciar o acesso, manter a estrutura de segurança de dados, a conectividade e os servidores necessários.

O SaaS possui uma diversidade de benefícios, tais como agilidade, redução dos custos, flexibilidade, escalabilidade, acessibilidade, centralização de dados, conectividade, dentre outros. E é o provedor quem realiza as atualizações, operações, manutenções e ajustes no desempenho, otimizando a transformação digital da empresa.

Porém, o uso de aplicativos baseados em nuvem também traz sua parcela de desafios para a TI, principalmente com o aumento acentuado do trabalho remoto, em resposta à pandemia do novo coronavírus (COVID-19). As equipes de TI precisam estar preparadas, mesmo antes do problema vir a acontecer!

6 desafios do modelo SaaS para a TI 

Confira a seguir 6 desafios do modelo SaaS para a TI, que toda organização deve se atentar.

1) Conectividade impecável

Acessar os dados via internet é um grande benefício da SaaS, afinal o usuário pode interagir com o projeto de qualquer lugar do mundo. Porém, isso implica na necessidade de uma conexão de rede eficiente, rápida, estável e confiável para evitar qualquer possível falha ou descontinuidade no serviço.

2) Controle falho 

Outro dos 6 desafios do modelo SaaS para a TI é a falta de controle do usuário sobre detalhes operacionais, tais como backup da infraestrutura, recuperação de desastres e políticas de segurança, por exemplo. Por isso, a escolha do provedor de serviço é essencial para garantir maior segurança e confiabilidade.

Especialize-se em SDDC

3) Personalização limitada 

A personalização limitada também é um desafio do modelo SaaS para a TI. Todo software on-demand é padronizado, por isso a empresa é forçada a se adequar a oferta do provedor. Além disso, o software contratado também não se integra automaticamente aos demais sistemas instalados, exigindo adaptações da TI.

4) Proliferação descontrolada

Os aplicativos SaaS continuam a proliferar dentro das organizações, o que torna o controle gerencial um desafio para a TI. Essa dificuldade pode gerar riscos de segurança e conformidade, por isso o domínio da tecnologia é fundamental.

5) Segurança vulnerável

O grande número de aplicativos SaaS sem controle em uso pode deixar as empresas vulneráveis ​​a vazamentos de dados e ataques cibernéticos. Esse problema se tornou ainda mais expressivo com a estruturação do home office, em que as redes, máquinas, servidores, dentre outros, não são apropriados.

6) Integração na nuvem

Por fim, o último dos 6 desafios do modelo SaaS para a TI é a integração dos diversos aplicativos baseados na nuvem. Possivelmente, as empresas não consideraram a qualidade de conexões entre as soluções no momento de contratação, por isso vão encontrar restrições para tentar integrá-las de forma funcional e inteligente. 

A TI deverá estudar as opções usadas no mercado e estruturar alternativas personalizadas para a realidade do seu negócio.

O uso do modelo SaaS vem avançando com grande velocidade e se mostrado eficiente entre as empresas em todo mundo, no entanto, sua aplicação exige atenção. A equipe de TI deve se preparar de forma preventiva e ativa para mitigar qualquer risco e proteger a saúde da organização nesse processo de transformação digital.

Analisando rigorosamente esses 6 desafios do modelo SaaS para a TI, sua revenda, certamente, otimizará a oferta de soluções no mercado. 

Posts relacionados

Como aumentar a produtividade no trabalho remoto com ferramentas em nuvem?

Ao implementar as soluções tecnológicas certas, as organizações podem melhorar seus resultados e superar os desafios atuais do mercado devido a pandemia do coronavírus. 

Cloud Computing e coronavírus: quais as tendências para o futuro?

O distanciamento social trouxe impactos que também atingiram o universo virtual, remodelando o mercado de computação em nuvem e a definição do “novo normal”.

Quais os desafios e impactos da Edge Computing para as empresas?

Dominar Edge Computing é essencial para assegurar o bom funcionamento do tráfego na nuvem e otimizar o funcionamento do negócio na era digital, por isso a TI deve estar preparada.

Escreva seu comentário