<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Soft e hard skills: quais competências um líder de TI deve ter?

Entenda o significado e a importância desses dois termos e quais as habilidades essenciais a serem desenvolvidas pelos profissionais de tecnologia.

 

Soft e hard skills: quais competências um líder de TI deve ter?

 

 

A carreira de TI tem passado por diversas transformações nos últimos anos e, para acompanhar todas as mudanças exigidas pelo mercado, os profissionais devem aprimorar cada vez mais suas habilidades, além de investir em novos aprendizados, soluções modernas e técnicas capazes de integrar as tecnologias às estratégias de negócios.

As corporações têm exigido profissionais de TI mais preparados, que sejam capazes de liderar as várias tendências que surgem todos os dias em um mercado dinâmico e competitivo, além de auxiliarem em todos os processos da empresa, identificando as necessidades específicas do negócio.

Para isso, é necessário que os profissionais desenvolvam as novas competências exigidas pelas corporações. Mas, antes de saber quais são, é necessário saber como elas são conhecidas atualmente no mercado. Nos últimos anos, as empresas têm valorizado novas habilidades multidisciplinares que são identificadas pelos termos “hard” e “soft” skills.

Hard Skills 
O termo se refere às habilidades técnicas do profissional, as quais são aprendidas, normalmente, na escola, em livros e em trabalhos anteriores, entre outros.

Elas são facilmente quantificadas e podem ser avaliadas durante um processo seletivo de recrutamento, podendo ser comparadas com as competências dos outros candidatos.

Alguns exemplos conhecidos são: conhecimento de outros idiomas, graduação, certificados, entre outros. Essas habilidades são essenciais para o trabalho e, cada cargo exige um conjunto de hard skills específicas. Assim, em uma vaga de emprego, elas são essenciais e apenas os candidatos que as têm poderão participar do processo seletivo.

Soft Skills
Essas competências são subjetivas e se referem ao comportamento social e atitudes dos profissionais. Elas estão relacionadas às habilidades emocionais e mentais e a forma de se relacionar com outras pessoas. Normalmente, não são ensinadas em instituições de ensino e são mais difíceis de serem medidas.

Muitas vezes, são representadas pelas capacidades inatas de cada pessoa e podem ser aprendidas de acordo com práticas do dia a dia e as experiências profissionais e pessoais adquiridas.

Alguns exemplos de soft skills são: paciência, criatividade, comunicação, flexibilidade, organização, entre outras. Essas características são valorizadas pelas empresas, pois afetam os relacionamentos no ambiente de trabalho e a produtividade do profissional e de toda a equipe.

Muitos profissionais ainda se focam nas hard skills por considerá-las essenciais para suas carreiras e serem exigidas nas vagas almejadas. Entretanto, na prática, ambas são fundamentais e, cada vez mais, as empresas buscam por candidatos que tenham algumas habilidades comportamentais específicas desenvolvidas.

No setor de TI não é diferente, um verdadeiro líder deve ter hard e soft skills para ter sucesso. É necessário que o CIO entenda as necessidades atuais das corporações e busque pelas competências que se encaixam nessa realidade, como as voltadas para segurança. Todas as empresas, independente de setor, necessitam de soluções reforçadas de proteção. Portanto, o profissional precisa adquirir habilidades específicas de segurança.

Para se destacar no mercado atual algumas outras habilidades são essenciais, Confira quais são as principais hard e soft skills para se tornar um verdadeiro líder de TI:

Treinamentos Westcon

 

Hard Skills


1 - Técnicas gerais
O profissional deve ter conhecimento sobre as diversas áreas de TI e como elas funcionam juntas. É importante que cada um tenha sua especialidade, mas possua conhecimentos gerais para ser capaz de acompanhar todo o desenvolvimento e consiga se comunicar e trocar informações técnicas com os outros profissionais.

Algumas competências para o líder de TI são: compreender a arquitetura e gerenciamento dos sistemas operacionais, virtualização e Cloud, capacidade de projetar e avaliar sistemas e arquiteturas de rede, entenda linguagens de programação e scripts e saiba como funcionam os componentes gerais utilizados pela empresa, como roteadores, switches, firewalls, entre outras.

2 - Detecção e solução de problemas
Resolver problemas em um ambiente corporativo é extremamente importante e exige agilidade, pois os prejuízos podem ser grandes. Por isso, exige que o CIO seja capaz de diagnosticar problemas e analisar dados, além de desenvolver abordagens inovadoras que considerem ações futuras.

3 - Atualização de habilidades
Novas tecnologias surgem a todo momento, enquanto outras se tornam obsoletas rapidamente. Portanto, o profissional da área de TI deve investir em um aprendizado constante para aprimorar suas habilidades técnicas.

Portanto, o CIO precisa acompanhar e compreender as tendências do momento, as melhores práticas e métodos, conhecer e saber como resolver problemas das últimas vulnerabilidades e ameaças da internet, entre outras informações.

Soft Skills


1 - Motivação e liderança
Um verdadeiro líder deve se focar para trazer os melhores resultados para a sua empresa e desenvolver as competências almejadas por ela. No entanto, ele deve não apenas desenvolvê-las, mas incentivar todo o seu time a conquistá-las.

Além disso, é necessário cultivar atitudes de liderança para se destacar, buscando ter voz ativa no momento de elaboração de estratégias, resolução de problemas e outras situações em que a equipe necessite de sua ajuda.

2 - Facilidade de adaptação
Em um setor em que tudo é dinâmico, com novas tecnologias surgindo constantemente, é necessário desenvolver a habilidade de se adaptar a essas mudanças. Portanto, o CIO deve estar sempre aberto a inovações e diferentes soluções para resolver problemas e otimizar processos.

3 - Ser comunicativo
O líder de TI deve ser capaz de interagir não apenas com sua equipe, mas com a gerência, chefes, cliente e fornecedores de uma forma clara e simples. Dessa forma deve desenvolver a capacidade de se expressar de forma simples, para que pessoas fora da área de TI entenda conceitos completos. Além de ter a capacidade de ouvir atentamente a opinião de outras pessoas.

4 - Networking
O networking é uma experiência essencial para profissionais expandirem seus contatos e desenvolver sua carreira. Por isso, o líder de TI deve aproveitar todas as oportunidades de estar em contato com outros profissionais para aprender técnicas novas para solucionar problemas antigos.

A cada dia mais, os líderes de TI têm percebido a importância de desenvolver não apenas seu conhecimento técnico, mas suas soft skills, que também são essenciais para o seu trabalho e valorizadas pelo mercado. O cenário de TI está se transformando, portanto, os profissionais devem acompanhar esse movimento, atualizando-se e aprimorando suas habilidades para se tornarem verdadeiros líderes.

Posts relacionados

5 dicas para reduzir custos em TI

Veja como automatizar processos, investir em equipamentos de qualidade e muitas outras ações podem ajudar a equilibrar o orçamento.

8 principais erros de outsourcing de TI para seus clientes evitarem

A capacidade de uma empresa de gerenciar e produzir uma equipe de desenvolvimento competente terá grandes implicações para seu sucesso ou fracasso.

Modernizando a TI: como o CIO pode agregar valor para os negócios?

Com uma visão geral de toda a empresa, fortes relações de TI e foco no valor, os CIOs podem expandir seus horizontes.

Escreva seu comentário