<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Computação e Sistemas cognitivos: 5 principais tendências

Essa tecnologia pretende revolucionar a forma como os homens interagem com as máquinas. Veja como ela irá impactar o mercado nos próximos anos.

 

A computação cognitiva é uma tecnologia baseada em sistemas de autoaprendizagem que utilizam técnicas mecânicas para realizar tarefas específicas humanas de forma inteligente.

Seu principal objetivo é simular os processos de pensamento humano em um modelo computadorizado. Por meio de algoritmos de autoaprendizagem que usam mineração de dados, reconhecimento de padrões e processamento de linguagem natural, o computador pode imitar a maneira como o cérebro humano funciona.

Essa tecnologia explora o poder de um sistema de computação que pode funcionar de maneira mais inteligente que os seres humanos. Ela representa o próximo passo em frente na evolução digital, onde nos afastamos da computação programática para sistemas de autoaprendizagem. Agora, a computação cognitiva caminha para uma era onde os sistemas podem aprender, pensar, decidir e agir por conta própria, sem intervenção humana.

Considerando o poder computacional dos sistemas cognitivos, é importante acompanhar as tendências crescentes dessa tecnologia. De acordo com um novo relatório de pesquisa, o mercado global de sistemas cognitivos valia US$4,7 milhões em 2018 e prevê-se que atinja um valor de US$12,5 milhões até 2024.

Conheça o K•NOW!

Confira a seguir algumas das principais tendências sobre os sistemas cognitivos:

5 principais tendências para os sistemas cognitivos

A computação cognitiva irá desempenhar um papel fundamental no futuro das organizações, com inúmeras possibilidades para melhorar os processos e funções de negócios.

Os sistemas cognitivos aprenderão continuamente a melhor maneira de se envolver com os usuários e aumentar a produtividade, além de fornecer a capacidade de visualizar e usar grandes quantidades de dados, tratados e analisados ​​por uma tarefa única e um usuário único.

Além disso, eles estarão abertos às novas plataformas, aplicativos e dispositivos que os usuários poderão precisar para fazer trabalhos no futuro.

Confira a seguir as principais tendências sobre os sistemas cognitivos para os próximos anos:

1. Investimentos em sistemas cognitivos

O volume de dados gerados está aumentando rapidamente e precisam ser absorvidos, processados e interpretados pelos profissionais. Por isso, a capacidade de descobrir novas maneiras de abordar e gerenciar essas informações está entre as principais prioridades dos profissionais de computação cognitiva.

Aplicativos baseados nessa tecnologia ajudarão as empresas a examinarem milhões de documentos e fatores de dados para fornecer as melhores informações aos usuários.

2. Sistemas cognitivos no setor da saúde

Os avanços dos sistemas cognitivos irão impactar o setor de saúde e bem-estar. Eles irão permitir o aprimoramento de assistentes médicos para que eles possam sintetizar e interpretar pesquisas médicas, estudos e livros didáticos e fornecer às pessoas sugestões de cuidados personalizados.

Por meio dessa tendência será possível modernizar os cuidados da saúde. Assim, os usuários poderão contar com orientações personalizadas para otimizar sua saúde.

3. Sistemas cognitivos no turismo

Os avanços dessa tecnologia são capazes de simplificar ainda mais o processo de planejamento de viagens. Novas plataformas baseadas em sistemas cognitivos estão surgindo no mercado para oferecer aos clientes tarifas aéreas, opções de quartos de hotéis, aluguel de carros e muito mais de forma prática e rápida.

A partir da interação com bancos de dados digitais, os sistemas cognitivos poderá oferecer experiências mais personalizadas aos clientes.

4. Sistemas cognitivos em práticas fitness

Você já imaginou poder contar com o auxílio de um personal trainer digital? Isso não está longe de ser uma realidade. Isso porque, por meio da computação cognitiva, haverá aplicativos em que os usuários poderão ser ajudados no desenvolvimento de planos de condicionamento físico personalizados, além de acompanhar seu progresso em direção a seus objetivos.

Os aplicativos baseados nessa tecnologia poderão aprender por meio do rastreamento dos dados de todos os usuários para descobrir o que realmente funciona para cada pessoa.

5. Sistemas cognitivos no transporte

Em uma era digital com o surgimento de carros autônomos, a computação cognitiva irá se aprofundar no setor de transporte. Isso pode levar à redução de acidentes e melhores condições ambientais.

Há inúmeros dados disponíveis no mercado sobre transporte, como informações sobre acidentes de trânsito, construção de rodovias, clima, perigos e muito outros que podem ajudar no aprimoramento desse setor.

Assim, os carros com tecnologia de computação cognitiva poderão facilmente sintetizar todos esses dados disponíveis e utilizá-los para otimizar o funcionamento desses carros. Seria como ter um motorista conectado a uma rede celular ou sem fio que pudesse fazer recomendações, evitar engarrafamentos e melhorar a segurança nas estradas.

À medida em que os computadores se tornam mais capazes de pensar como seres humanos, eles também irão expandir nossas capacidades e conhecimento. Desse modo, a computação cognitiva fará, cada vez mais, parte da rotina corporativo, sendo fundamental que as empresas acompanhem suas tendências para se manter competitivas no mercado.

Posts relacionados

Como melhorar a gestão de dados com indicadores de desempenho?

Aprenda a acompanhar e verificar a qualidade das análises de dados e seu impacto no ambiente de trabalho e tomadas de decisões de negócios.

Qual é o impacto da indústria 4.0 no mercado?

É preciso garantir que a revolução tecnológica tenha um impacto positivo na sociedade.

Panorama da Transformação Digital: em qual nível estamos?

A nova década mostra que a tecnologia está mudando mais rápido do que nunca. Os líderes de TI devem aprender a equilibrar uma ampla gama de prioridades.

Escreva seu comentário