<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Qual a importância do gerenciamento na plataforma VDI?

Para ter uma implementação bem sucedida, as empresas precisam trabalhar com as ferramentas de monitoramento e garantir uma boa experiência ao usuário final.

 

Qual a importância do gerenciamento na plataforma VDI?

 

A virtualização de Desktops é responsável por entregar uma máquina virtual inteira ao usuário final para, assim, ele ter acesso a um sistema operacional completo, como se estivesse em um desktop comum, conforme já explicamos anteriormente no Blog. Assim, a TI consegue gerenciar o ambiente de desktop da empresa como uma oferta de um serviço dinâmico.

As infraestruturas VDI trouxeram diversas vantagens para o departamento de TI, como a facilidade de implantação, rápida instalação de aplicações, gerenciamento centralizado, baixos custos de TCO (Custo Total de Propriedade) e proteção contra desastres.

Com a virtualização fazendo parte de todo o data center, a implantação VDI torna-se um passo seguinte lógico na evolução tecnológica das organizações. Porém, muitas empresas têm visto seus projetos VDI falharem. As razões para isso acontecer podem ser a insatisfação dos usuários por problemas no desempenho, além da falta de conhecimento sobre a infraestrutura e de como gerenciá-la.

O ponto fundamental para satisfação dos usuários é a rede, pois é ela que alimenta os dispositivos dos clientes. Ainda que os servidores e os equipamentos utilizados sejam potentes, uma rede ruim vai minar o projeto.

Ao analisar a largura de banda, a TI deve levar em conta os picos de utilização e não somente o uso médio da rede. Uma vez configurada, é importante monitorar a infraestrutura continuamente para avaliar os aumentos repentinos nas cargas de rede.

As ferramentas de monitoramento VDI supervisionam os desktops corporativos e as máquinas virtuais que os executam. Elas oferecem visibilidade de toda a implantação VDI e por isso, devem ser prioridade aos administradores do projeto.

As equipes de TI precisam dessas ferramentas para resolver os problemas dos usuários finais e para realizar o gerenciamento da capacidade e da configuração de cada parte de uma plataforma VDI. Assim, passam a ter um maior controle sobre toda plataforma, garantindo a experiência dos usuários e melhorando o gerenciamento e manutenção do ambiente de desktop.

A TI deve gerenciar a capacidade e planejar as mudanças de carga necessárias. Além disso, devem garantir que a infraestrutura compartilhada seja saudável e tenha recursos adequados, pois se ela estiver saturada, cada usuário VDI terá uma experiência fraca.

Os usuários normalmente possuem uma variedade de dispositivos e costumam acessar seus desktops em horários diferentes. Por isso, a TI deve levar em conta que diferentes dispositivos devem utilizar recursos distintos e que também precisam de suportes personalizados.

Para isso, é preciso determinar o ambiente do usuário, dividindo os perfis de cada um deles (locais, remotos, terceiros, móveis, etc) em blocos para uma melhor visualização. Assim, é possível determinar seus requisitos de experiência e considerar detalhes importantes, como a persistência de perfil de usuário, necessidade de desktop, requisitos multimídia, monitoramento e suporte.

O VDI é complexo e muitas vezes pode ser crítico para as empresas. Por isso, as ferramentas de monitoramento VDI são essenciais para que as equipes de TI se concentrem na experiência dos grupos de usuários, sendo capazes de oferecer aplicativos e dados corretos para cada um com uma boa experiência final. Elas também devem fornecer visibilidade nas camadas de infraestrutura para evitar que problemas afetem grandes grupos de usuários.

 

 

Seja um parceiro

Posts relacionados

Quais os benefícios da virtualização de data centers para as empresas?

Adotar essa solução pode proporcionar vantagens palpáveis para os negócios de seus clientes, tanto em redução de custos, quanto em agilidade na TI.

 

Escreva seu comentário