<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Qual a importância do Big Data para as Smart Cities?

O grande fluxo de dados gerado pela sociedade é essencial para que as empresas otimizem suas soluções e consigam melhorar o dia a dia da população.

 

Qual a importância do Big Data para as Smart Cities?

 

O termo Smart Cities (Cidades Inteligentes) tem feito cada vez mais parte da realidade da sociedade à medida que novas tecnologias estão sendo criadas e tornado possível a modernização e conexão de centros urbanos. O conceito representa a inovação de cidades para que elas se tornem otimizadas e planejadas.

As Smart Cities são baseadas em tecnologias de última geração de comunicação e informação, promovendo o desenvolvimento sustentável, crescimento econômico e melhoria na qualidade de vida da sociedade.

Com o aumento do número de pessoas conectadas e a consequente elevação de informações geradas tornou-se necessário contar com tecnologias capazes de acompanhar e interpretar esse grande fluxo de informações que trafega pelos ambientes informatizados.

Os softwares de Big Data Analytics passaram, assim, a ser os principais agentes das cidades inteligentes, pois permitem a análise e interpretação dos dados coletados, identificando os novos comportamentos de consumo e as tendências da sociedade, além de ajudar a tomada de decisões a ser mais assertiva.

A tecnologia Big Data é capaz de transformar grandes centros urbanos em cidades inteligentes, melhorando a vida dos cidadãos. Ela consegue cruzar todos os dados gerados pelos smartphones da população de uma região e, assim, identificar as novas necessidades e problemas enfrentados por eles.

Dessa forma, é possível se chegar a insights poderosos, conseguidos com as informações geradas pelos usuários, e criar novas soluções que possam ajudar no dia a dia das pessoas de cada localidade.

 

New call-to-action



Os softwares de Big Data permitem que as informações armazenadas sejam processadas em tempo real e coletadas de forma contínua. Esses dados são conseguidos por meio de diversas tecnologias que realizam o monitoramento constante de inúmeros elementos urbanos, como edifícios, ruas, rede elétrica, tráfego, logística, pessoas, entre outros.

Assim, as informações sobre as interações entre todas as atividades urbanas são usadas para que seja possível entender o funcionamento da cidade e ainda ajudar em seu desenvolvimento, estruturando, assim, uma cidade realmente inteligente.

A busca por eficiência e melhor qualidade de vida tem sido o principal objetivo por trás das tecnologias empregadas nas Smart Cities e, por meio do Big Data, tem sido possível aprimorar processos e oferecer um ritmo cotidiano mais prático e inteligente, alinhado aos novos estilos de vida dos habitantes.

Não é apenas a vida dos cidadãos que é impactada, as cidades inteligentes têm permitido a criação de novos modelos de negócios. As empresas que querem se manter nessa nova realidade precisam ter sua visão de futuro renovada, entendendo a importância da conectividade na vida das pessoas e implementando-a em seus produtos e serviços.

Aquelas empresas que conseguem alinhar a tecnologia a suas ofertas e levar em conta as novas demandas da sociedade conseguirão ter maior sucesso em seus negócios.

Elas precisam acompanhar o novo contexto de funcionamento das cidades e as necessidades dos cidadãos e, assim, não oferecer apenas produtos, mas soluções inteligentes que promovam a interação dos usuários com a própria cidade.

Trata-se do surgimento de uma nova economia, na qual as análises dos grandes fluxos de dados produzidos atualmente tornam-se essenciais para a criação de soluções inteligentes.

Os insights obtidos nas análises Big Data podem reformular as cidades e ajudar em projetos de estruturação, nos quais são envolvidos os indivíduos do local, tecnologias e empresas para se criar sistemas interligados, com um funcionamento inteligente e sistêmico.

Dessa forma, aquelas empresas preparadas para lidar com o enorme fluxo de dados gerados poderão elaborar soluções focadas em problemas específicos e necessidades do grupo de cidadãos de determinado local. Assim, as corporações terão ótimas oportunidades de negócios e insights poderosos para a tomada de decisões, possibilitando a movimentação da economia das cidades inteligentes.

 

 

Posts relacionados

Big Data e omnichannel: essas tendências podem trabalhar juntas?

Quando integradas em uma mesma estratégia, essas tendências podem criar um verdadeiro diferencial competitivo para as empresas.

Como superar os desafios da análise preditiva nas empresas?

O sucesso nos negócios se resume a tomar as decisões certas no momento certo.

 

Como fazer o processamento de dados corporativos?

Lidar com o grande volume de dados gerados pela sociedade atualmente é um grande desafio para qualquer empresa. Saber como realizar o seu processamento é indispensável.

Escreva seu comentário