<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Qual a importância da alta disponibilidade na infraestrutura de TI?

Saiba porque a alta disponibilidade tem sido uma grande preocupação das empresas.

 

Qual a importância da alta disponibilidade na infraestrutura de TI?

 

Indisponibilidade de qualquer coisa já pode ser considerada um sinal de alerta. Na área de TI, não ter disponibilidade pode causar efeitos catastróficos nos negócios. O setor possui uma demanda crescente por infraestruturas confiáveis e de alto desempenho projetadas para atender a sistemas críticos. Por isso, os termos escalabilidade e alta disponibilidade não poderiam ser mais populares.

Ao lidar com o aumento da carga do sistema é uma preocupação comum, a diminuição do tempo de inatividade e a eliminação de pontos únicos de falha são igualmente importantes. A alta disponibilidade é uma qualidade de design de infraestrutura em escala que aborda essas últimas considerações.

Neste artigo, vamos esclarecer o que exatamente significa alta disponibilidade, qual a sua importância e como ela pode melhorar a confiabilidade de sua infraestrutura.


O que é alta disponibilidade?

Na Tecnologia da Informação, quando se fala em disponibilidade trata-se da descrição do período de tempo em que um serviço está disponível, bem como o tempo exigido por um sistema para responder a uma solicitação feita por um usuário.

Alta disponibilidade é a qualidade de um sistema ou componente que garante um alto nível de desempenho operacional por um determinado período de tempo.


Como medir a disponibilidade?

A disponibilidade geralmente é expressa como uma porcentagem que indica quanto tempo de atividade é esperado de um determinado sistema ou componente em um determinado período de tempo, em que um valor de 100% indicaria que o sistema nunca falha.

Por exemplo, um sistema que garante 99% de disponibilidade em um período de um ano pode ter até 3,65 dias de inatividade (1%). Esses valores são calculados com base em vários fatores, incluindo períodos de manutenção programados e não programados, bem como o tempo para recuperação de uma possível falha do sistema.


Como funciona a alta disponibilidade?

A alta disponibilidade funciona como um mecanismo de resposta a falhas para infraestrutura. A maneira como funciona é bastante simples conceitualmente, mas normalmente requer algum software e configuração especializados.


Quando a alta disponibilidade é importante?

Ao configurar sistemas de produção robustos, minimizar o tempo de inatividade e interrupções de serviço costumam ser uma alta prioridade. Independentemente da confiabilidade de seus sistemas e software, podem ocorrer problemas que derrubam seus aplicativos ou seus servidores.


O que torna um sistema altamente disponível?

Um dos objetivos da alta disponibilidade é eliminar pontos únicos de falha em sua infraestrutura. Um único ponto de falha é um componente de sua pilha de tecnologia que causaria uma interrupção de serviço se ela se tornasse indisponível. Como tal, qualquer componente que seja um requisito para a funcionalidade adequada do seu aplicativo que não tenha redundância é considerado um ponto único de falha.

Para eliminar pontos únicos de falha, cada camada de sua pilha deve estar preparada para redundância. Por exemplo, imagine que você tenha uma infraestrutura composta por dois servidores da Web redundantes idênticos atrás de um balanceador de carga. O tráfego proveniente de clientes será distribuído igualmente entre os servidores da Web, mas se um dos servidores ficar inativo, o balanceador de carga redirecionará todo o tráfego para o servidor on-line restante.

A camada do servidor da Web neste cenário não é um ponto único de falha porque:

  • componentes redundantes para a mesma tarefa estão em vigor;
  • o mecanismo no topo dessa camada (o balanceador de carga) é capaz de detectar falhas nos componentes e adaptar seu comportamento para uma recuperação oportuna.


Mas o que acontece se o balanceador de carga ficar off-line?
Com o cenário descrito, que não é incomum na vida real, a própria camada de balanceamento de carga permanece como um ponto único de falha. Eliminar esse ponto único de falha remanescente, no entanto, pode ser desafiador; Embora você possa configurar facilmente um balanceador de carga adicional para obter redundância, não há um ponto óbvio acima dos balanceadores de carga para implementar a detecção e a recuperação de falhas.

A redundância sozinha não pode garantir alta disponibilidade. Um mecanismo deve estar em vigor para detectar falhas e executar ações quando um dos componentes de sua pilha ficar indisponível.

A detecção e a recuperação de falhas para sistemas redundantes podem ser implementadas usando uma abordagem de cima para baixo: a camada na parte superior torna-se responsável por monitorar a camada imediatamente abaixo dela em busca de falhas. Em nosso cenário de exemplo anterior, o balanceador de carga é a camada superior. Se um dos servidores da Web (camada inferior) ficar indisponível, o balanceador de carga interromperá o redirecionamento de solicitações para esse servidor específico.

A alta disponibilidade é um subconjunto importante da engenharia de confiabilidade, focada em assegurar que um sistema ou componente tenha um alto nível de desempenho operacional em um determinado período de tempo. À primeira vista, sua implementação pode parecer bastante complexa. Porém, isso pode trazer grandes benefícios para sistemas que exigem maior confiabilidade.

 

 

Posts relacionados

8 erros de automação de TI que você deve evitar

A implementação da automação requer mais do que aplicar scripts às operações - exige uma mudança na cultura.

Ensino a distância: como a tecnologia pode favorecer a educação?

Graças aos avanços da TI, diversas ferramentas podem ser adotadas pelas instituições de ensino para aprimorar essa modalidade.

Tecnologia e educação: como funciona o EAD e quais as vantagens?

Graças às novas ferramentas tecnológicas disponíveis no mercado, o ensino a distância tem se tornado cada vez mais eficiente e atrativo.

Escreva seu comentário