<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL SYNNEX WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Quais tecnologias disruptivas as empresas devem implementar?

Para superar a crise do coronavírus e se adaptar à nova realidade do mercado, é necessário investir em inovação e ferramentas modernas.  

 

Devido à crise causada pela pandemia do coronavírus, mais do que nunca as empresas estão em uma corrida para modernizar suas infraestruturas e colocar em prática a Transformação Digital. Isso tem sido fundamental para que seja possível inovar e transformar os modelos de negócios e operações para atender às novas demandas do mercado.

Para manter seus negócios durante a quarentena, muitas empresas precisam investir em novas ferramentas e soluções tecnológicas para conseguirem oferecer os recursos necessários para o trabalho remoto de seus colaboradores e atender aos clientes que estão realizando, cada vez mais, suas compras no mundo online.

Essa nova realidade tem colocado a Disrupção Digital em pauta, que nada mais é que o termo utilizado para explicar os efeitos da tecnologia digital sobre os modelos tradicionais de negócios. Ela promove a evolução tecnológica e rompe com o que é obsoleto nas empresas.

Diante a situação atual, acelerar o processo de digitalização tornou-se uma questão de sobrevivência para se adaptar ao mercado e conseguir aplicar melhorias nos negócios rapidamente. 

No entanto, para passar por esse processo é fundamental investir em tecnologias disruptivas. Seus clientes sabem por onde começar? Confira o conteúdo a seguir e auxilie-os nessa missão para que seja possível enfrentar a crise do coronavírus com os menores prejuízos possíveis. Boa leitura!

Disrupção em tempos de coronavírus

Como já citamos anteriormente, disrupção digital é o conceito que explica a evolução tecnológica digital diante dos modelos tradicionais de negócios. Ela cria uma mudança completa na forma de se fazer negócio, reinventando processos, otimizando tomadas de decisões, automatizando atividades e transformando a gestão.

Esse processo já vinha sendo colocado em prática nas corporações, no entanto, ainda está muito longe de ser bem-sucedido. Muitas empresas ainda estão em seus primeiros estágios e sofrem com carência tecnológica.

Entretanto, com o surgimento da pandemia do coronavírus, as empresas precisaram impulsionar esse processo e investir cada vez mais em tecnologias inovadoras para enfrentar essa situação.

Novos desafios surgiram com essa nova realidade exercendo grande pressão sobre os sistemas corporativos. A COVID-19 tem feito com que as empresas precisem lidar com situações como:

  • Riscos de continuidade de negócios;
  • Indisponibilidade de recursos críticos;
  • Picos nos volumes de transações e quedas bruscas nas demandas;
  • Problemas com a produtividade dos colaboradores no trabalho remoto;
  • Problemas de segurança e conectividade no Home Office, etc.

Quais tecnologias disruptivas implementar?

Para lidar com todos esses desafios, as empresas precisam investir em tecnologias disruptivas que possam auxiliá-las a atingir alguns objetivos importantes diante da crise do coronavírus, são eles:

  • Otimização organizacional;
  • Expansão de mercado;
  • Melhorias na tomada de decisão;
  • Aumentar a satisfação dos clientes;
  • Conquistar maior eficiência operacional;
  • Reforçar a segurança da informação;
  • Viabilizar o trabalho remoto.

 

Especialize-se em SDDC

 

Apenas será possível enfrentar a crise do coronavírus com a Transformação Digital dos negócios e para isso, é necessário implementar tecnologias disruptivas. Confira as principais a seguir:

Armazenamento de dados, Big Data e Cloud Computing

As tomadas de decisões corporativas inteligentes dependem das análises de dados realizadas pelas empresas. Para tornar o negócio digital e conseguir desenvolver estratégias mais assertivas e baseada em dados, é fundamental conseguir lidar com os enormes fluxos de informações geradas pelos usuários atualmente.

Esse Big Data permite que as empresas façam diversos tipos de previsões, descubram padrões e tendências de mercado, além de outros insights importantes. No entanto, elas apenas conseguirão lidar com esse volume de informações se contarem com sistemas de armazenamentos eficientes.

É necessário realizar a digitalização desses dados, mantê-los na Nuvem é a melhor opção para que as análises possam acontecer de maneira rápida e mais segura.

Ferramentas de CRM

A automação é indispensável para a Transformação Digital e o CRM é um excelente aliado desse processo. Essa ferramenta consiste em um sistema de gestão de relacionamento com o cliente, em que todas as informações passam a estar em um único local, permitindo que as empresas automatizem diversas funções de contato com esses consumidores. 

O CRM exerce enorme impacto na forma como as empresas se relacionam com os clientes e podem otimizar os processos do dia a dia das análises de dados. Isso é fundamental diante da pandemia, em que é necessário fornecer um atendimento cada vez mais personalizado e exclusivo para os consumidores.

Business Intelligence

Outra tecnologia disruptiva fundamental para enfrentar a crise do coronavírus é o Business Intelligence, que significa Inteligência de Negócios. BI se refere aos processos de coleta, organização, análise e monitoramento de informações para auxiliar na gestão de negócio.

Por meio do Business Intelligence é possível aplicar técnicas analíticas de forma automatizada para que seja possível interpretar as informações e, assim, melhorar os fluxos operacionais de produtos e serviços por meio de processos inteligentes.

No cenário do mercado atual, que está cada dia mais competitivo, contar com a inteligência e agilidade dessa tendência disruptiva é essencial.

Inteligência Artificial

Diante da crise do coronavírus e a necessidade de digitalização dos negócios, as empresas precisam buscar por formas de otimizar seus processos para vender mais e criar uma experiência diferenciada para seus clientes. Isso tem sido essencial para acompanhar o mercado cada vez mais competitivo.

A Inteligência Artificial pode ser uma aliada disruptiva que permite transformar de forma estratégica o funcionamento dos negócios. Ela é capaz de auxiliar na análise de comportamento dos usuários, na redefinição de senhas, descoberta de padrões de demandas tanto interna quanto externa, entre outros.

A Inteligência Artificial pode transformar as empresas ao aumentar a produtividade das equipes, reduzir gastos operacionais e otimizar tarefas com menos investimentos.

Chatbots

Outra ferramenta disruptiva fundamental para oferecer um atendimento mais ágil e eficiente aos clientes diante do isolamento social é o Chatbot. Ele é um tipo de software que utiliza conversação com linguagem amigável para interagir com os usuários de forma automática.

O chatbot é um sistema personalizável capaz de fazer conexões, reconhecer nomes, informações, entre outros detalhes importantes sobre os clientes. Desse modo pode resolver problemas dos clientes sem a interação humana, proporcionando uma maior satisfação dos consumidores.

Suas vantagens para a transformação digital são muitas, principalmente porque os chatbots podem ser integrados com diferentes plataformas.

Para que as empresas sejam capazes de passar pela Transformação Digital e consigam reinvetar seus modelos de negócios, é necessário contar com as ferramentas tecnológicas certas. Portanto invista nessas tendências e conduzia seu empreendimento para o mundo digital por meio da ruptura com o tradicional. Apenas assim será possível ultrapassar a crise do coronavírus e se manter à frente no mercado. 

Posts relacionados

5 desafios que a TI está enfrentando com o trabalho remoto

Da segurança a largura de banda, o TI vem passando por desafios expressivos para adaptar o trabalho remoto.

Como aumentar a produtividade no trabalho remoto?

A tecnologia tornou-se indispensável para o sucesso desse modelo de trabalho. Saiba como o Microsoft Teams pode ser o aliado certo para aumentar os resultados de negócios.

10 formas de engajar equipes durante o trabalho remoto

Manter uma comunicação constante e oferecer a estrutura tecnológica certa para o home office são ações necessárias para se manter à frente no mercado. Confira as demais!

Escreva seu comentário