<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Quais os tipos de backup necessários para as empresas?

Criar uma rotina de backup no ambiente corporativo é fundamental para que as empresas não tenham prejuízos por causa da perda ou roubo de dados.

 

Quais os tipos de backup necessários para as empresas?

 

 

O backup dos dados corporativos é um processo fundamental para as empresas, seja para o bom funcionamento dos sistemas corporativos, como para garantir a proteção das informações. Realizar cópias de seguranças é a melhor solução para se recuperar dados em caso de falhas nos hardwares e softwares e, muitas vezes, a única alternativa para lidar com ciberataques ransomwares.

Para as empresas, contar com uma cópia de segurança de seus arquivos é essencial e essa prática deve estar diretamente relacionada à cultura corporativa de segurança da informação.

É necessário definir um nível de prioridade para os backups realizados a partir da criticidade dos dados. Por exemplo, dados financeiros, de clientes e informações sobre novos projetos e tomadas de decisões precisam estar seguros e à disposição dos gestores para serem utilizados. Um simples pane no sistema pode fazer uma empresa perder toda a sua base de cadastro de clientes, o que iria gerar grandes prejuízos financeiros.

Portanto, é preciso entender que os sistemas usados, independente de sua qualidade e eficiência, nunca estarão completamente imunes a defeitos, acidentes, vírus e outros problemas. Assim, o backup é uma estratégia fundamental de segurança.

Após a adoção da Cloud Computing no ambiente empresarial, tornou-se mais fácil para as empresas fazerem cópias de segurança de suas informações. Além disso, o armazenamento desses dados ficou mais barato, acessível, prático e seguro.

A cópia de segurança na Cloud não necessita de drivers físicos, mas sim de servidores online. É uma excelente opção para as empresas devido aos custos baixos e a facilidade de acesso.

O desempenho desse tipo de backup irá depender da conexão da internet utilizada, os dados podem ser salvos em tempo real no entanto, em caso de quedas na conexão, o acesso pode ser prejudicado. Além disso, a empresa precisa reforçar seus métodos de segurança para evitar que usuários sem autorização acessem as informações ou tente roubá-las. Portanto, é preciso criar uma estratégia de proteção voltada para a Nuvem.

 

Principais tipos de backup


1 - Completo
O backup completo é a criação de uma cópia de tudo que há no sistema. Nesse tipo, todos os arquivos da empresa são atualizados e não apenas os novos ou modificados. Portanto, é necessário ter espaço de armazenamento suficiente para comportar toda essa demanda.

Sua grande vantagem é que a empresa pode contar com cópias íntegras de todos os seus dados, o que possibilita uma recuperação completa de arquivos, com menos trabalho e de forma ágil. Entretanto, ele é mais caro do que os outros, devido a grande quantidade de espaço necessário.

2 - Incremental
Essa opção é recomendada para grandes empresas e aquelas que lidam com grandes volumes de dados. Ele é conhecido por ser eficaz e ágil por melhorar o desempenho do sistema corporativo.

o backup incremental, normalmente é usado junto do completo, isso porque ele faz cópias apenas dos arquivos que foram modificados desde a última cópia. Assim, leva menos tempo de armazenamento se comparado ao backup completo.

O benefício dessa opção é a redução de cópias, como ele copia apenas o que foi alterado, pode ser realizado rapidamente, além de ocupar menos espaço de armazenamento.

3 - Diferencial
Semelhante ao incremental, o backup diferencial realiza a cópia de todos os dados alterados desde o backup anterior. Entretanto, a cada vez que ele é executado após o primeiro backup, realiza cópias de todos os dados alterados e não apenas em relação ao último backup feito, ou seja, ele sempre irá considerar o último backup completo. Dessa forma, ele armazena mais dados do que o incremental.

Ele é chamado de diferencial porque somente os arquivos diferentes - aqueles que não estavam no sistema antes - são enviados para armazenamento.

Dessa forma, exige mais espaço e tempo do que o incremental, mas, por outro lado, a recuperação dos dados passa a ser mais rápida, já que apenas é necessário o último backup completo, enquanto o incremental necessita de todos os anteriores.

Por exemplo, se a empresa realiza um backup completo no primeiro dia e um diferencial no segundo, no terceiro dia um backup diferencial apenas seria feito com base no que foi realizado no primeiro dia.


Manter os dados arquivados em segurança deve sempre ser uma prioridade para qualquer empresa, independente de seu setor e tamanho. Mesmo podendo contar com diferentes opções para se criar uma rotina de backup na empresa, é necessário sempre contar com o Cloud Computing para armazená-los.

O armazenamento virtual irá garantir maior segurança, mobilidade, praticidade e agilidade para os negócios. Assim, os arquivos podem ser sincronizados de forma automática e programada, o que garante uma rotina de backup otimizada e com menores chances de erro.

 

Posts relacionados

5 maiores erros cometidos pelo seu cliente no armazenamento em Nuvem

Conheça os erros mais comuns e qualifique melhor seu time para prestar o serviço de forma correta e eficaz.

 

Escreva seu comentário