<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL SYNNEX WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Quais os desafios atuais de segurança e privacidade digital?

Mudanças no cenário corporativo estão exigindo que as empresas reforcem a proteção e transparência no uso de dados pessoais de usuários.



O surgimento acelerado de novas ferramentas e plataformas tecnológicas têm transformado a infraestrutura corporativa e tornado os usuários hiperconectados, o que está contribuindo para o aumento do volume de conexões e informações geradas pelas empresas.

Nesse novo cenário, a segurança e a privacidade de dados tornaram-se um dos principais desafios que as empresas precisam enfrentar atualmente para ficar em conformidade e se manter competitiva no mercado. Portanto, para lidar com essa questão, é necessário investir, cada vez mais, em soluções de cibersegurança e compliance.

No Brasil, a segurança e a privacidade tem levantado uma outra discussão sobre a implementação da LGPD que aumenta ainda mais os obstáculos enfrentados pelas empresas para se adequarem às novas regras.

Além disso, os cibercrimes estão cada vez mais frequentes, exigindo que os empreendimentos reforcem seus sistemas e ferramentas de proteção para evitar qualquer tipo de violação de dados.

Seus clientes já possuem um sistema de segurança e privacidade digital eficiente? Confira a seguir os principais desafios atuais enfrentados pelas empresas para ajudá-los a reforçar ainda mais essa estratégia!

5 desafios atuais para a segurança e privacidade digital

Confira a seguir os principais desafios enfrentados pelas empresas quando o assunto é manter a segurança e privacidade digital dos dados de seus usuários:

1. Dispositivos IoT

Graças aos avanços da Internet das Coisas, hoje é possível integrar objetos, dispositivos, sensores e outros elementos à rede para enviar e receber dados e até realizar o controle de máquinas remotamente.

Devido a isso, as empresas precisam lidar com cada vez mais dispositivos e sensores conectados à rede corporativa, gerando e compartilhando informações e outros conteúdos.

Fortaleça o poder de colaboração


Ainda que a IoT proporcione inúmeros benefícios ao ambiente de trabalho, ela pode representar uma ameaça. Caso algum dos dispositivos conectados sofra alguma falha, ele representa um sério risco à segurança e privacidade dos usuários.

2. Educação em cibersegurança

As empresas que coletam, armazenam, gerenciam e processam dados de usuários devem garantir que seus funcionários tratem e manipulem essas informações corretamente e sigam todas as responsabilidades legais. No entanto, a grande maioria das corporações não oferecem educação em cibersegurança a seus colaboradores.

Portanto, aquelas organizações que não oferecerem o treinamento correto para seus colaboradores poderão sofrer com graves problemas de vazamento de dados e violação da privacidade das informações de clientes e terceiros, causando prejuízos financeiros para os negócios.

3. Falta de uma cultura de cibersegurança

Um dos maiores desafios enfrentados pelas empresas é fazer com que todo o seu time interno se preocupe com a segurança e privacidade digital. Por isso, fornecer treinamentos, como citamos anteriormente, é fundamental. Porém não é o suficiente.

É necessário que haja influenciadores internos para que os subordinados sigam o exemplo e realizem suas tarefas corretamente. A empresa precisa implementar uma cultura de cibersegurança, em que todos compreendam suas responsabilidades e conheçam os riscos de segurança.

4. Armazenamento de dados

Outro grande desafio atual enfrentado pelas empresas é a realização do correto armazenamento dos dados, conteúdos internos sigilosos, informações de clientes, parceiros, de seus próprios colaboradores, entre outros.

Para garantir uma efetiva segurança e privacidade de cada tipo de conteúdo armazenado, é necessário realizar auditorias de todas as fontes para analisar quais dados são coletados, como eles são analisados e quem terá acesso a eles.

5. Conformidade de processos

Garantir que todos os colaboradores sigam as mudanças e novos regulamentos referentes à segurança e privacidade de dados, como a LGPD, é um grande desafio.

O uso de informações de terceiros precisa ser, cada vez mais, transparente, por isso, as organizações precisarão lidar com novos processos internos para garantir que isso aconteça.

Isso exigirá que as empresas invistam em processos de governança para garantir que todas as suas atividades internas sejam realizadas corretamente e estejam em conformidade com as novas regras.

Como você pôde perceber, os desafios para as organizações são grandes para que consigam proporcionar a proteção de seus dados confidenciais e garantir a conformidade com as regulamentações complexas atuais.

Por isso, é fundamental investir em soluções com aplicação de controles de segurança e mecanismos de conformidade. Apenas com um efetivo monitoramento de acesso será possível proteger dados confidenciais, abordando uniformemente os requisitos de conformidade.

Posts relacionados

Como garantir a segurança e privacidade dos dados no Home Office?

Diante do atual cenário do coronavírus, é crucial que as empresas tomem algumas medidas para garantir a proteção de seus sistemas e informações no teletrabalho.

4 recursos fundamentais de um firewall

O firewall pode ser um software, hardware ou ambos.

Como equilibrar segurança e inovação em TI?

Para encontrar um equilíbrio entre agilidade, inovação e segurança, é imperativo que os CISOs e os líderes de segurança da informação analisem atentamente o fator pessoas.

Escreva seu comentário