<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Quais erros transformam os dados corporativos em ameaça?

Mesmo com as diversas soluções eficientes de segurança no mercado, algumas ações das empresas continuam deixando suas informações vulneráveis.

 

Quais erros transformam os dados corporativos em ameaça?

 

 

A cada dia surgem milhares de novas ameaças virtuais que buscam brechas nas redes corporativas para tentar roubar dados sigilosos das empresas. Esses ciberataques estão ainda mais modernos e muitos deles têm conseguido atingir seus objetivos, como o WannaCry, ciberataque que ficou conhecido mundialmente e afetou diversas corporações.

Se não bastasse o avanço desses perigos, as empresas têm implementado a seus negócios mobilidade, serviços na nuvem, Internet das Coisas (IoT), entre outras tecnologias que aumentam o volume de dados utilizados pelas corporações e que oferecem diversos benefícios, mas que tornam a segurança dos dados uma tarefa mais complexa.

Nesse novo cenário digital, é muito importante que as corporações entendam a real necessidade de se ter uma proteção eficiente de dados, aplicativos e sistemas.

Essa tarefa deve passar a fazer parte das estratégias de negócios e ser uma prioridade corporativa. Por isso, é necessário que as equipes de segurança passem a ficar ainda mais atentas para não cometer erros que possam comprometer a proteção geral da rede.

Muitas vezes, os profissionais de segurança acreditam que implementar uma solução de segurança é suficiente para realizar a função, entretanto é necessário contar com ferramentas eficientes, processos documentados e uma equipe preparada.

Confira alguns dos erros cometidos pelas empresas que podem deixar as redes vulneráveis a um ataque:


- Não priorizar a proteção de dados
Muitas organizações ainda utilizam métodos tradicionais de proteção que focam em suas redes e sistemas. Assim, acabam investindo em soluções pontuais que detectam ameaças específicas, mas que deixam os dados desprotegidos e sem monitoramento. Entretanto, o gerenciamento dos acessos às informações corporativas tornou-se fundamental para as estratégias modernas.

- Focar apenas na prevenção
Quando a equipe de TI se foca apenas em prevenção, deixa a empresa vulnerável a ameaças desconhecidas. Não é possível prever quando o controle de prevenção irá falhar ou quando um usuário interno fará algo errado com seu acesso à rede. Por isso, além de prevenir, é necessário ter ferramentas de monitoramento de dados que sejam capazes de identificar os danos causados por possíveis ameaças.

- Depender de uma abordagem reativa
Muitas empresas ainda utilizam estratégias tradicionais de segurança, que são fragmentadas e nada planejadas, o que acaba gerando dificuldades para a TI lidar com as ameaças modernas.

- Não ter um plano para imprevistos
Um dos principais erros que as empresas cometem em relação a segurança de suas informações é não ter um plano contingente para o caso de falhas ocorrerem ou outras possíveis ameaças afetarem o sistema. Para não correr riscos, é importante realizar o gerenciamento proativo da proteção dos dados e criar estratégias alternativas para o caso de algum problema acontecer.

- Falta de controle dos acessos aos dados
Monitorar o privilégio de acesso de cada usuário tornou-se essencial e muitas empresas ainda não realizam esse processo. Há informações que necessitam um controle maior e nem todos os funcionários devem conseguir acessá-las, assim, a TI deve definir o tipo de acesso de cada usuário para evitar que dados sigilosos caiam em mãos erradas.

- Não realizar a classificação correta dos dados corporativos
Com o crescente volume de dados que as empresas lidam atualmente é necessário separá-los em grupos, como sensíveis, confidenciais, públicos, entre outras características. Dessa forma, é possível direcionar a proteção necessária para cada grupo.

Muitas empresas ainda não perceberam a importância de transformar a TI em parte integrante das estratégias de negócio e acabam não dedicando tanto tempo e recursos para a área, o que prejudica a gestão eficiente da segurança digital das informações.

Para evitar que elas se tornem vulneráveis, é necessário mudar primeiramente a mentalidade corporativa e evitar que pequenos erros deixem todos os dados corporativos na mira dos ciberataques.

 

 

Saiba Mais

Posts relacionados

Como escolher uma solução de segurança de endpoint?

A primeira etapa na escolha da melhor solução de segurança de endpoint é entender o que sua empresa precisa.

Inteligência de ameaças cibernéticas: o que é e qual a importância para empresas?

A inteligência de ameaças cibernéticas ajuda as organizações, dando-lhes insights sobre os mecanismos e implicações das ameaças.

O que considerar na segurança do servidor de uma empresa?

Para manter a disponibilidade e proteção dos dados corporativos é necessário assegurar que toda a infraestrutura esteja protegida contra as ciberameaças.

Escreva seu comentário