<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Quais as diferenças entre Gestão e Governança de TI?

Descubra quais são as especificidades e objetivos de cada um dos termos e entenda como eles podem trabalhar juntos para trazer melhores resultados para seus clientes. 

 

Quais as diferenças entre Gestão e Governança de TI?

 

 

Muitas empresas ainda possuem dúvidas sobre dois processos importantíssimos do setor de tecnologia que são a Gestão e a Governança de TI. Ambas fazem parte da rotina do ambiente de trabalho corporativo e é essencial entender suas diferenças para que os processos do setor sejam realizados corretamente e consigam atender a todas as necessidades do negócio.

A Gestão e a Governança são essenciais para realizar um melhor direcionamento dos recursos de TI dentro da corporação, otimizar tarefas e alinhar as estratégias do setor de TI com os negócios da empresa.

Para não deixar que os dois processos se confundam e falhas aconteçam, os gestores de TI devem adotar uma visão estratégica para abordar as vantagens dos dois conceitos e garantir que o funcionamento de toda a infraestrutura, serviços e softwares seja bem-sucedido.

Portanto, é necessário conhecer as especificidades de cada termo, seus princípios e objetivos para aplicá-los corretamente. Confira a seguir o que cada um deles significa:

Gestão de TI


A Gestão de TI refere-se ao controle e gerenciamento de tarefas e políticas operacionais realizadas no dia a dia do ambiente de trabalho. Ela é um sistema de controle e processos necessários para que um empreendimento consiga alcançar suas metas e objetivos estratégicos.

Portanto, a equipe responsável por esse processo deve realizar as tarefas de planejar, construir, entregar e monitorar as atividades e processos definidos pela diretoria da empresa para se alcançar determinados objetivos.

Ela será um amplo sistema de rotinas de controle sobre as atividades técnicas para garantir que todos os recursos do setor sejam bem utilizados por toda a empresa.

O gestor responsável por esses processos precisa ter sempre uma visão geral de todos os procedimentos internos para avaliar o desempenho dos equipamentos e softwares utilizados. Ele ainda deve ser capaz de detectar possíveis falhas e necessidades na rotina dos colaboradores para, assim, implementar as melhores práticas que estimulem o sucesso das atividades.


Governança de TI


A Governança é utilizada para estruturar as estratégias, métricas e políticas operacionais de uma organização para melhorar o controle sobre todas as atividades e padrões do setor de TI.

Ela é responsável por monitorar e avaliar as estratégias e políticas da área de TI para garantir que todas as suas obrigações estejam sendo cumpridas e estejam de acordo com o desenvolvimento dos negócios.

Os responsáveis pelos processos de Governança têm como objetivo planejar e elaborar estratégias que possam trazer vantagens competitivas para a empresa por meio do uso de ferramentas tecnológicas.

Ela é uma extensão da Governança Corporativa, que nada mais é que o conjunto de políticas, regras e processos que controlam uma empresa, mas direcionada para o setor de tecnologia.

Assim, é responsável pela gestão das ferramentas, recursos e soluções de TI utilizadas e deve ser adotada por todos os usuários do sistema corporativo.

New call-to-action

 

 

Como os dois processos se relacionam?


Em resumo, podemos definir que enquanto a Gestão é voltada para o gerenciamento de tarefas e políticas operacionais, a Governança faz o controle das políticas da gestão da infraestrutura da TI, ou seja, os dois processos estão interligados, a Governança realiza a “gestão” da Gestão da TI.

Os dois termos possuem uma profunda relação em suas abordagens e devem trabalhar juntos para garantir que todos os sistemas e serviços tenham um maior desempenho e que o número de falhas seja reduzido.

Dessa forma, é possível garantir uma melhoria na produtividade de todos os colaboradores e, assim, trazer melhores resultados para as corporações, tornando-as mais competitivas.

 

Posts relacionados

Guia prático para uma gestão de TI eficiente após a era digital

Ter gerenciamento de TI é fundamental para o bom funcionamento do departamento dentro das empresas.

Gestão de qualidade em TI: como aplicar e ter sucesso?

Por meio desse processo, as empresas conseguem garantir maior qualidade em suas entregas e, consequentemente, otimizar a satisfação de seus clientes. Saiba como aplicá-la para conquistar maiores resultados. 

6 maneiras como a IoT vai mudar o gerenciamento de projetos de TI

A internet das Coisas mudará bastante a forma como as empresas resolverão muitos dos seus problemas.

Escreva seu comentário