<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

O que são redes definidas por software (SDN) e quais as vantagens?

  • Categoria:

    Redes

    | Tempo para ler: 4 min

Para lidar com clientes cada vez mais conectados e os grandes fluxos de dados gerados, as empresas precisam modernizar suas estruturas e oferecer uma conexão mais ágil e rápida. 

 

A hiperconexão da sociedade e as novas demandas do mercado trouxeram grandes desafios para as empresas. Passou a ser necessário que elas contassem com estruturas de rede mais robustas e ágeis, que fossem capazes de lidar com essa nova realidade digital.

Nesse contexto, a alta mobilidade exigida pelos usuários atuais e os grandes fluxos de dados gerados por eles impulsionaram as empresas a investirem em redes mais dinâmicas e eficientes, como a SDN (Software Defined Networking) que tem sido a solução para muitos empreendimentos.

A SDN é uma arquitetura que permite o gerenciamento centralizado e inteligente da rede, proporcionando grandes benefícios. Pensando nisso, preparamos este conteúdo para explicar como essa tecnologia funciona e como ela pode fazer a diferença para os negócios de seus clientes. Acompanhe!

O que são redes SDN?

Software Defined Networking, ou em português, Rede Definida por Software é uma arquitetura projetada para auxiliar as empresas a acompanharem a evolução dos aplicativos atuais. Ela separa o gerenciamento de rede da infraestrutura subjacente, o que possibilita que a TI ajuste dinamicamente o fluxo de tráfego em toda a estrutura para atender às constantes mudanças.

A SDN, diferentemente dos modelos tradicionais, é focada em oferecer um maior controle e personalização na estruturação das redes por meio de softwares. Ela possibilita que a empresa gerencie suas redes de forma mais eficiente, atendendo ao dinamismo atual dos negócios.

Por meio da rede definida por software, a TI consegue modelar o tráfego a partir de um controlador centralizado, sem a necessidade de acessar cada switch separadamente. Assim, é possível entregar serviços de rede quando e onde for necessário a partir de um único ponto.

A SDN possui 4 funcionalidades fundamentais. São elas:

  • Controle centralizado: como já citamos anteriormente, uma de suas características principais é a unificação do controle e configuração da rede a partir de um único ponto;
  • Separação entre o plano de dados e o de controle: é possível que o plano de controle tenha uma visão mais ampla de todos os nós da rede, controlando todos da mesma forma. Isso aumenta a agilidade e performance da estrutura;
  • Interfaces entre as camadas de controle e de dados: na SDN, a camada de controle e a de dados são divididas por interfaces de API;
  • Programabilidade de rede: há APIs entre a camada de controle e a de aplicação. Isso facilita a programação da rede na distribuição do tráfego pela arquitetura.

Quais as vantagens da rede definida por software?

A SDN foi desenvolvida para superar problemas em switches, roteadores fechados e de softwares proprietários, sem comprometer os demais serviços. Nessa arquitetura, os elementos de rede, como switches e roteadores, são virtualizados, o que possibilita uma maior flexibilidade e agilidade em sua administração.

Além disso, a rede definida por software proporciona uma maior segurança para os dados corporativos. Ela aumenta a capacidade da rede de identificar e remediar ataques cibernéticos, garantindo uma maior proteção de todo o sistema da empresa.

Esse modelo de rede pode proporcionar muitos outros benefícios para os negócios, confira a seguir:

Redução de custos

Por meio dela, os tráfegos de dados podem fluir corretamente e de forma mais ágil, o que evita gastos com manutenção e reparação de problemas. Além disso, dispensa altos investimentos em hardwares sob medida. Desse modo a SDN tende a gerar uma grande economia a longo prazo para os negócios.

Maior controle sobre o tráfego

Ao contar com um console de gerenciamento unificado, a empresa pode estabelecer regras sobre o seu tráfego. Desse modo, é possível proporcionar uma melhor experiência de navegação aos usuários.

A SDN oferece um maior controle sobre o comportamento da rede por meio do software, o que permite maiores ajustes e suporte aos novos serviços adicionados, além de gerar maior agilidade à plataforma.

Redes mais inteligentes

Em uma rede definida por software, as empresas podem contar com dispositivos funcionando de forma automática, maior controle sobre a estrutura, restauração mais rápida e reforçadas medidas de segurança e políticas de largura de banda.

Assim, o gerenciamento de recursos e da estrutura tornam-se mais inteligentes e as organizações conseguem ter um panorama completo sobre suas redes, contando com maior flexibilidade para escolher como utilizá-las de acordo com suas necessidades.

Percebeu os grandes diferenciais da rede definida por software para os negócios? Além de todos os benefícios listados acima, a SDN ainda melhora o tempo de resposta às demandas dos usuários e se adapta rapidamente às mudanças do ambiente. Desse modo, as empresas poderão estar sempre preparadas para atender às novas necessidades do mercado.

Posts relacionados

  • Redes | Tempo para ler: 5 min

Como a rede 5G irá impactar a cibersegurança nas empresas?

A quinta geração de rede sem fio irá impulsionar o processamento de dados e a utilização de dispositivos móveis no ambiente de trabalho. Entenda como isso irá impactar nos negócios.

  • Redes | Tempo para ler: 3 min

O que é monitoramento de rede e como fazê-lo com eficiência?

Garantir um bom desempenho do sistema e a segurança dos dados é crucial para qualquer empresa. Veja como a gestão de rede pode ajudar.

Como o 5G irá impactar o uso de Cloud Computing?

A tecnologia 5G está cada dia mais próxima de se tornar uma realidade. Veja como ela poderá ser um grande diferencial para as aplicações na Nuvem.

Escreva seu comentário