<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL SYNNEX WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

O que esperar para o futuro da TI após o coronavírus?

Mudanças significativas estão acontecendo no setor. Será fundamental que as empresas estejam atentas às tendências para acompanhar as novas demandas do mercado.

A pandemia do coronavírus tem impactado diretamente o dia a dia das pessoas e a economia mundial. Para sobreviver a essa realidade, as organizações estão tendo que repensar seus modelos de negócios e criar novas estratégias de trabalho.

Para dar continuidade aos empreendimentos, muitas empresas estão adotando o modelo de home office. Junto a isso, recursos de Cloud Computing e outras tecnologias tem se tornado cada vez mais essenciais.

A tecnologia tem se mostrado uma aliada poderosa para enfrentar os desafios trazidos pelo COVID-19. Diversas ferramentas, inovações e soluções tecnológicas estão sendo fundamentais para que as empresas continuem executando suas tarefas e fazendo suas entregas aos clientes.

No entanto é certo que o coronavírus irá deixar marcas. O cenário ainda é incerto, mas muitas mudanças ainda acontecerão. Por isso é fundamental se manter informado para conseguir acompanhar todas as transformações. 

Quer saber o que esperar para o futuro da TI após o coronavírus? Confira o conteúdo a seguir!

O que esperar para o futuro da TI após o coronavírus?

O setor de TI será profundamente alterado pela crise do coronavírus. Ele está precisando se transformar rapidamente para conseguir suprir as necessidades dos demais setores, fornecendo recursos e soluções tecnológicas flexíveis, escaláveis e eficientes.

A partir dessa nova realidade, poderemos esperar algumas mudanças significativas na TI após o coronavírus, confira a seguir o que esperar:

Aumento do poder da Computação em Nuvem

A palavra-chave para tornar o teletrabalho possível durante a pandemia tem sido apenas uma: Cloud Computing. Graças às funcionalidades da Computação em Nuvem os colaboradores estão conseguindo acessar os dados e sistemas corporativos para, assim, continuarem executando suas tarefas.

Devido a isso, os serviços na Nuvem estão sendo cada vez mais utilizados e após o coronavírus essa tendência irá continuar. Diversas fabricantes irão investir em modernizar ainda mais suas ferramentas para que elas forneçam mais recursos e possibilitem a realização de tarefas mais complexas.

A Cloud Computing é essencial para o momento delicado atual e ela pode executar funções personalizadas para cada tipo de negócio. Portanto, muitas empresas passarão a ter grande parte de suas estruturas na Nuvem para favorecer ainda mais o home office.

Fortaleça o poder de colaboração

Evolução da banda larga

Com tantas pessoas trabalhando de casa e utilizando suas bandas largas domésticas, muitos problemas de conexão têm sido enfrentados. Isso tem até afetado os serviços de streaming, como a Netflix, que precisaram reduzir a qualidade de seus serviços devido a sobrecarga da banda larga.

Por isso, para o futuro após coronavírus iremos presenciar inovações voltadas para as redes para atender às novas demandas de home office que exigem uma boa conexão.

Atraso do 5G

Em contrapartida à grande necessidade de uma melhor conexão, a expansão da rede 5G pode sofrer atrasos em virtude da crise do COVID-19. 

A modernização da infraestrutura de rede sem fio irá se tornar extremamente necessária para apoiar a força de trabalho remota, no entanto as previsões são de que, após a pandemia, a maioria dos países estejam focados em outros setores e o investimento na tecnologia 5G poderá atrasar.

Aumento de eventos digitais ou híbridos

Muitas empresas têm aproveitado as funcionalidades das soluções de videoconferência para realizar alguns de seus eventos de forma online. Essa tendência irá aumentar nos próximos anos.

E mesmo que os eventos presenciais não sejam totalmente substituídos após o COVID-19, muitos organizadores ainda irão optar pela modalidade graças aos diversos recursos e vantagens oferecidos pela tecnologia.

Cada vez mais, as empresas descobrirão novas maneiras de utilizar os aspectos digitais para complementar os eventos presenciais, de forma híbrida, onde partes do evento ocorrem pessoalmente e outras são entregues digitalmente.  

Centralização de distribuição

Outra tendência que podemos esperar para o futuro após o coronavírus será a utilização da tecnologia para desenvolver a distribuição de alimentos e outros bens. Isso porque muitos restaurantes e outros comércios irão fechar em consequência da crise.

Desse modo, postos de retirada de bens será criados para que as pessoas realizem suas compras online e apenas passem por esses centros para realizar a retirada de suas encomendas. 

De forma totalmente automatizada e personalizada os produtos serão entregues no veículo dos compradores sem que haja necessidade de qualquer interferência humana durante o processo. 

Telemedicina

Durante a pandemia, a telemedicina está sendo utilizada para reduzir o tráfego nas clínicas e hospitais. Essa tendência ganhará força após o coronavírus. Desse modo, a nova modalidade poderá contribuir para o atendimento remoto de mais pacientes, evitando que estes tenham que sair de casa. 

Aumento da utilização de robôs

Após a pandemia, muitas empresas poderão optar por manter sua principal força de trabalho em casa. O home office tem trazido muitos benefícios e economias para os negócios. 

Portanto, os investimentos na utilização de robôs tendem a crescer nos próximos anos. As empresas perceberão cada vez mais como os robôs podem apoiar os negócios e desempenhar um papel ainda mais importante no futuro.

É fato que o distanciamento social causado pela pandemia do coronavírus está mudando radicalmente a forma com que as pessoas se relacionam e executam suas tarefas do dia a dia. A tecnologia tem sido peça-chave para este momento. E especialistas acreditam que essa nova realidade continuará sendo promovida após a crise.

Uma nova “cultura de distanciamento” será disseminada e o uso da tecnologia será cada vez mais importante para a rotina das pessoas. As pessoas passarão a consumir cada vez mais por meio de seus dispositivos móveis. Portanto caberá às empresas focarem nesses canais e otimizarem suas estratégias digitais para acompanhar as tendências para o futuro da TI após o coronavírus.

Posts relacionados

O que é Manufatura 4.0 e como este conceito está inovando a indústria?

Ao adotar esse conceito, as empresas podem otimizar suas produções e ficar à frente dos concorrentes diante do mercado cada vez mais competitivo.

Top 11 coisas que toda empresa deve saber sobre Data Science

O Data Science é o processo de segmentar grandes quantidades de dados, processando e analisando-os para obter informações significativas.

Metodologia agile e análise de dados: como gerar insights ágeis para os negócios?

Saiba como é possível tornar as análises mais ágeis e eficientes, garantindo melhores resultados para os negócios.

Escreva seu comentário