<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL SYNNEX WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

O que é virtualização e para que serve?

Quais os tipos de virtualização utilizados por seus clientes? Eles conhecem todos os benefícios dessa tecnologia?

 

A virtualização é um recurso que simula ambientes operacionais físicos, criando versões virtuais dos sistemas, plataformas, dispositivos ou redes em questão. Essa tecnologia é utilizada para aumentar a agilidade e flexibilidade de TI. Seus principais benefícios são:

  • Redução de custos operacionais;
  • Redução do tempo de inatividade;
  • Aumento da produtividade, eficiência, agilidade e capacidade de resposta;
  • Maior facilidade no gerenciamento;
  • Maior disponibilidade.

Devido a seus diversos benefícios, a virtualização tem ganhado espaço nas estratégias de TI das empresas em todos os segmentos do mercado. Ela pode ser aplicada em diversos componentes e trazer melhorias significativos para os negócios, por isso é fundamental conhecer essa tecnologia a fundo.

Quer saber mais sobre ela e para que serve os diferentes tipos de virtualização? Continue a leitura e descubra!

O que é virtualização e para que serve?

Como já citamos anteriormente, a virtualização é uma tecnologia que cria uma representação virtual com base em software de diferentes aplicações, como servidores, redes, armazenamento, entre outras.

Essa tecnologia permite que diversas aplicações e sistemas operacionais sejam processados em uma mesma máquina, sem que haja perdas de desempenho, produtividade e eficiência.

Desse modo, ao se criar 4 máquinas virtuais em um mesmo servidor, nenhuma irá interferir no funcionamento da outra, ainda que elas compartilhem os mesmos recursos, que foram distribuídos na sua criação.

Cada uma das máquinas irá funcionar isoladamente e de forma semelhante a uma física, com seu próprio sistema operacional, aplicações, conexão de rede, capacidade de memória, armazenamento, etc. Assim, a organização pode gerenciá-las isoladamente.

A virtualização possui inúmeros benefícios, ela pode aumentar a agilidade, a flexibilidade e o dimensionamento da TI e, ao mesmo tempo, proporcionar uma economia significativa.

As principais vantagens dessa tendência são a maior mobilidade das cargas de trabalho, o aumento do desempenho e da disponibilidade dos recursos, a automação das operações, a otimização do gerenciamento da infraestrutura de TI e redução dos custos de propriedade e operações.

Quais os tipos de virtualização?

O conceito de virtualização é muito abrangente e pode ser aplicado de diferentes formas na organização. Veja a seguir os principais tipos dessa tendência e para que eles servem nos negócios:

Virtualização de servidores

Nesse tipo de virtualização, um único servidor é dividido em outras versões virtuais de acordo com as necessidades da organização. Essa opção permite que vários sistemas operacionais sejam executados em uma única máquina física.

A virtualização de servidores é muito explorada pelas organizações, pois proporciona maior eficiente para a TI, rapidez na implantação de cargas de trabalho, melhora o desempenho dos aplicativos e elimina a complexidade de lidar com diversos servidores.

Leia também:
Virtualização de servidores: como funciona e quais as vantagens?
Aprenda a realizar a virtualização de servidores em 6 passos

Virtualização de redes

Essa opção é utilizada para dividir a largura de banda em canais distintos. Assim, ao reproduzir completamente uma rede física, a virtualização permite que os aplicativos sejam executados na versão virtual da mesma forma que se estivessem no local.

A virtualização de redes traz diversos benefícios operacionais, proporciona a independência de hardware, alivia a carga associada ao gerenciamento e permite que a organização compartilhe ou realoque espaço de armazenamento entre os servidores conforme necessário.

Leia também:
3 principais elementos a considerar antes da virtualização de rede

Virtualização de desktop

Outra forma de utilizar a virtualização é na criação de desktops virtuais. Essa implantação permite que as organizações de TI respondam mais rapidamente às novas necessidades do local de trabalho e às oportunidades que surgirem.

Nesse caso, há uma maior flexibilidade de estrutura e produtividade, eliminando a necessidade de dispositivos robustos e potentes já que o sistema roda diretamente nos servidores, mas são disponibilizados para uso no dispositivo, podendo ser computadores, notebooks e até mesmo smartphones.

Leia também:
10 vantagens na virtualização de desktops

Como você pôde perceber, a utilização da virtualização traz uma série de benefícios para as empresas, proporcionando uma grande economia, ao diminuir a necessidade de altos investimentos em hardwares. Ela pode ser uma grande aliada das estratégias de TI que buscam por alta disponibilidade, segurança, integração de ambientes e redução de custos. Portanto, é fundamental considerar essa tecnologia para conquistar melhores resultados no mercado.

Posts relacionados

Como escolher uma plataforma de virtualização confiável?

Essa tecnologia é capaz de oferecer diversas vantagens para os negócios. No entanto, é necessário adquirir a plataforma certa para seu empreendimento.

O que é e para que serve um Data Center Virtual?

Essa tecnologia utiliza os benefícios da Cloud Computing para fornecer às empresas uma infraestrutura de TI ágil, segura e flexível.

Escreva seu comentário