<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

O que é uma real hiperconvergência?

Saiba como identificar um sistema hiperconvergente e aproveite todos os seus benefícios

 

O que é uma real hiperconvergência?

 

A hiperconvergência permite a integração dos servidores, armazenamento, rede e gerenciamento em um único espaço, como já trouxemos anteriormente no blog em "O que é Infraestrutura Hiperconvergente?".  A instalação e a administração se tornam simplificadas, a taxa de desempenho aumenta, há economia de capacidade e facilidade na escala. Estes são apenas alguns dos benefícios possíveis com essa tecnologia. Porém, com sua popularização, muitos fornecedores utilizam o termo de forma equivocada. Portanto, como determinar o que é hiperconvergência de verdade e aproveitar esse sistema compacto e fácil de usar?
Preparamos um checklist para ajudar seu cliente a verificar:

1 Solução de um único fornecedor

Desenvolvido, fornecido e suportado por apenas um fornecedor para agilizar a aquisição, implantação, gerenciamento e suporte. Além de reduzir a complexidade, problemas de interoperabilidade e OpEx (Despesas operacionais).

2 Compartilhamento único de recursos x86

Conjunto de recursos x86 compartilhados que combinam perfeitamente com todos os serviços de TI abaixo do hypervisor para:

- Processar dados com um mecanismo único de políticas ou simplesmente executar serviços diferentes no mesmo sistema.


- Eliminar os silos de infraestrutura e a necessidade de componentes discretos, como a proteção de dados.


- Criar um ambiente pronto otimizado para virtualização de cargas de trabalho virtuais.


- Reduzir os custos para permitir economias com o ambiente na nuvem.

3 Facilidade de escala

Escala facilitada para adicionar blocos de construção x86 e fornecer elasticidade para atender às mudanças nas demandas do negócio.

4 Gestão Centralizada

Controla os recursos e VMs no Data Center por meio de uma única interface para simplificar o gerenciamento de multisites, minimizar treinamentos e economizar OpEx.


5 Melhora a eficiência na utilização de recursos

- Os componentes do Data Center não são recursos ociosos, contribuindo para a redução de componentes discretos de infraestrutura e custos de capital.


- Desduplica, comprime e otimiza os dados antes de serem gravados no disco para reduzir o uso de capacidade, banda larga e requisitos IOPS, diminuindo assim os gastos de gigabyte de armazenamento por VM, custos de banda larga e garante que os IOPS estejam disponíveis para os requisitos de aplicação de combustível.


- Processamento offload de processadores Intel para garantir que as CPUs atendam a aplicativos dos negócios.

 

6 VM-Centricity

A gestão muda de uma abordagem de hardware para uma única aplicação, com políticas, gestão e mobilidade a nível da máquina virtual, o que elimina a necessidade de especialistas em infraestruturas e proporciona uma maior flexibilidade.

 

7 Proteção de dados nativos

Cumpre aos SLAs com proteção de dados nativos (backup, recuperação e recuperação de desastres) para eliminar a necessidade de backups de terceiro, replicações de software e hardware e especialistas em backups.

 

8 Design centrado no software

Para atender aos requisitos do Data Center Definido por Software, permitindo a automação e a implantação sob demanda para melhorar a eficiência operacional

Como o Data Center Definido por Software está transformando empresas

Posts relacionados

Como implementar uma infraestrutura hiperconvergente com sucesso?

A padronização é um fator indispensável para o sucesso de uma infraestrutura hiperconvergente.

Hiperconvergência e Transformação Digital: qual a relação desses conceitos?

Definição surgiu para atender às novas demandas do mercado, cada vez mais digital, e é altamente eficaz na redução de custos e simplificação do gerenciamento.

Escreva seu comentário