<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

O que é  Infraestrutura de Desktop Virtual (VDI)?

Essa tecnologia melhora o gerenciamento e segurança de dados, além de proporcionar uma maior mobilidade e disponibilidade do sistema corporativo.

 

O que é  Infraestrutura de Desktop Virtual (VDI)?

 

 

A sigla VDI é a abreviação de Virtual Desktop Infrastructure (Infraestrutura de Desktop Virtual) e consiste em uma tecnologia que separa o sistema operacional (SO) e suas aplicações do dispositivo físico que o acessa.

Ela entrega um máquina virtual (VM) para os usuários, permitindo que eles utilizem todas as funções do desktop de forma otimizada e com maior segurança. Além disso, é possível gerenciar o sistema operacional e as aplicações que estão na VM.

Essa tecnologia proporciona simplicidade, flexibilidade, rapidez e baixos custos para as corporações, além de trazer estabilidade para o ambiente e ganhos significativos de performance. A segurança de dados e as soluções de recuperação em casos de desastres também são reforçadas.

Seu conceito é o mesmo empregado em servidores, ou seja, o de executar diversos desktops virtuais em um ou mais servidores físicos. Nesse processo, é realizada a separação do modelo tradicional, no qual o usuário apenas conseguia executar seus sistemas operacionais e aplicações localmente.

Na VDI, é adotado o modelo cliente-servidor, em que todos os programas, aplicações, processos e dados são mantidos e executados de forma centralizada. É uma solução eficiente e possui uma taxa alta de retorno de investimentos (ROI) para as corporações. As principais vantagens alcançadas com essa tecnologia são:

- Gerenciamento facilitado: como os desktops virtuais são criados a partir das VMs, as empresas já possuem os softwares instalados, permitindo a criação automática de novos desktops e o acesso remoto da TI, facilitando o monitoramento de todos os acessos.

- Suporte e manutenção simplificados: a equipe de TI consegue ter acesso de forma remota, assim, não é preciso que o usuário deixe de continuar utilizando seu desktop virtual e a manutenção é realizada a distância facilmente.

- Baixos custos de implementação de novas aplicações: a empresa não precisa se preocupar em comprar novos softwares e máquinas de última geração que são caras e complexas. Com o poder de processamento concentrado no Data Center, os equipamentos podem ser mais simples.

- Segurança de dados: as informações são controladas de forma eficiente e são mantidas dentro do Data Center, o que possibilita a execução de backups centralizados e a aplicação de políticas de acesso.

- Escalabilidade e independência de fornecedor: é possível realizar a distribuição de aplicativos de forma rápida e com total garantia de compatibilidade, basta instalar o aplicativo, replicar para todas as VMs e ele será implementado automaticamente para todos os usuários.

Uma forma muito utilizada dos desktops virtuais pelas corporações é a de servidores de terminais, em que seus colaboradores estão conectados a uma sessão dentro do mesmo sistema operacional, mas possuem o próprio SO e aplicações, como se estivessem utilizando um desktop tradicional.

De acordo com estudos realizados pelo Instituto Gartner, a virtualização de desktop tornou-se, definitivamente, assunto prioritário para as organizações. Segundo a pesquisa, 80% das empresas ao redor do mundo têm planos para utilizar essa tecnologia.

A virtualização de desktops deixou de ser uma tendência para se tornar uma ferramenta essencial no ambiente corporativo. Ela é uma boa opção para empresas de todos os portes e setores, basta que a corporação escolha a solução correta.

 

Virtualização palavra-chave para a segurança em data centers

Posts relacionados

Quais os benefícios da virtualização de data centers para as empresas?

Adotar essa solução pode proporcionar vantagens palpáveis para os negócios de seus clientes, tanto em redução de custos, quanto em agilidade na TI.

 

Descubra quais são as melhores práticas e erros que devem ser evitados na virtualização

Realizar o backup da forma correta e investir em monitoramento constante garantem uma virtualização segura.

 

6 mitos sobre virtualização desvendados

Servidores virtuais são tão seguros e eficientes quando servidores físicos e não custam mais por isso.

 

Escreva seu comentário