<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

O que é e como funciona o gerenciamento de Hybrid Cloud?

Lidar com múltiplos fornecedores, recursos e ambientes não é uma tarefa fácil. Por isso é necessário desenvolver um processo de gestão ágil e eficiente.

 

A transição da infraestrutura de TI para a Cloud Computing já deixou de ser uma tendência para se tornar uma atividade comum na rotina corporativa. Realizar essa migração tem contribuído de diferentes formas para otimizar operações e serviços e para manter a competitividade das organizações diante do mercado competitivo atual.

A Nuvem tem proporcionado escalabilidade, segurança, mobilidade operacional, disponibilidade e inovação para os ambientes corporativos e, por isso, passou a ser uma estratégia extremamente útil para alavancar a eficiência dos processos corporativos.

Devido a isso, as empresas estão adotando as diversas abordagens de computação em nuvem em seus negócios. Uma delas é a Hybrid Cloud, plataforma que promete oferecer as melhores características dos modelos público e privado em um único ambiente.

No entanto, para que seja possível aproveitar todos os benefícios da nuvem híbrida, é necessário realizar um gerenciamento eficiente, visto que esse modelo envolve diferentes ambientes, fornecedores e soluções.

Isso acaba gerando diversas dúvidas para as empresas, que acabam não conseguindo aproveitar todos os benefícios da Hybrid Cloud. Para que seus clientes não passem por isso, preparamos este conteúdo para explicar como gerenciar um ambiente híbrido de forma produtiva e eficiente. Confira!

Gerenciamento de Hybrid Cloud

Esse processo envolve desde a implementação do modelo, o controle dos recursos baseados na web, como aplicativos, banco de dados, servidores, sistemas, fornecedores até o monitoramento do desempenho e segurança das soluções de hospedagem utilizadas.

À medida que os aplicativos e recursos utilizados em arquiteturas híbridas crescem, a necessidade de se realizar um gerenciamento unificado e eficiente é cada vez mais urgente. Por isso, é fundamental saber como agir.

Algumas empresas contratam fornecedores de serviços de gerenciamento para que seus ambientes em Nuvem sejam controlados por terceiros especializados no assunto, enquanto outras fazem uso de métodos próprios para realizar o gerenciamento.

Independente da estratégia adotada por sua empresa, é essencial entender como funciona esse processo para garantir sua efetividade. Confira a seguir os principais pontos a serem considerados no gerenciamento de Hybrid Cloud:

Conhecer o ambiente interno

Este é um grande desafio para as empresas atualmente devido ao grande número de tecnologias móveis utilizadas pelas usuários. Muitas vezes, a TI não tem pleno conhecimento de tudo o que está sendo utilizado no ambiente interno.

Por isso, um gerenciamento de Hybrid Cloud efetivo exige visibilidade de 360 graus para garantir que a organização tenha uma visão geral de seu ambiente e possa avaliar corretamente seus custos, alocação de recursos e assim por diante.

Implementar uma gestão por fases

Para garantir a efetividade do gerenciamento em Nuvem, é necessário iniciar por gerenciar cada fornecedor utilizado individualmente. Assim, a organização consegue obter um rápido retorno sobre investimento (ROI), desenvolvendo um maior conhecimento para lidar com a complexidade da Hybrid Cloud. A partir disso é possível unificar a gestão, controlando todos os recursos utilizados de diferentes fornecedores.

Adotar ferramentas eficientes

Um bom gerenciamento de Hybrid Cloud exige a adoção de ferramentas corretas, capazes de oferecer boa visibilidade para a empresa.

Ao lidar com vários fornecedores, a organização irá necessitar de ferramentas de gerenciamento de Nuvem unificadas. Elas devem ajudar a eliminar as redundâncias operacionais, aumentar a produtividade e reduzir significativamente os custos de TI.

Considerar a compatibilidade e portabilidade

Ao trabalhar com múltiplos fornecedores, as empresas precisam considerar a compatibilidade de seus softwares e soluções para evitar problemas futuros.

A compatibilidade entre várias plataformas e fornecedores um um ambiente híbrido permite a maximização da portabilidade das cargas de trabalho. Por isso, no gerenciamento de Hybrid Cloud estes dois pontos devem ser considerados para que a organização não acabe adotando alguma ferramenta incompatível com seu ambiente.

Evitar investimentos duplicados

Para realizar uma gestão de múltiplos fornecedores, é preciso assegurar que todos os recursos utilizados são realmente necessários. Assim é possível evitar que aplicativos diferentes, mas com a mesma finalidade sejam implementados no ambiente.

Logo, a organização pode evitar desperdícios, mantendo apenas os recursos fundamentais para atender às suas necessidades.

Com uma crescente lista de recursos, ferramentas e fornecedores, as empresas precisam investir em um eficiente gerenciamento de Hybrid Cloud para conseguir manter seus ambientes controlados, funcionando corretamente e sem desperdícios.

Por isso, adote as medidas listadas anteriormente para aprimorar esse processo e conte com a ajuda de parceiros especializados em gestão para otimizar suas estruturas.

Posts relacionados

5 tendências sobre Cloud Computing para 2020

Saiba o que esperar dessa tecnologia no próximo ano e prepare seu negócio para novas aplicações e melhores estratégias.

Como fazer o gerenciamento de Multicloud?

Contar com os benefícios de cada modelo de Nuvem é uma grande vantagem para os negócios. No entanto, administrar diversos ambientes não é uma tarefa fácil.

6 benefícios de Hybrid Cloud para uma rede virtual

A Nuvem promove benefícios como maior eficiência, flexibilidade e até oportunidades de expansão.

Escreva seu comentário