<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL SYNNEX WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

O que é a Internet Industrial das Coisas (IIoT)?

Entenda como esse conceito funciona e porque promete revolucionar a indústria como um todo.

 

A Internet das Coisas tem feito, cada dia mais, parte do dia a dia das pessoas e das organizações. Atualmente, lidamos com diversos objetos e dispositivos conectados entre si que são capazes de trazer muitas facilidades para as tarefas que realizamos.

Esse conceito permite que todos os sistemas de uma empresa se comuniquem entre si, podendo trabalhar em sincronia para trazer maior agilidade e melhores resultados para as operações corporativas.

Agora, a IoT, que representa a conexão de diversos objetos de nossa vida cotidiana com a internet, também está sendo aplicada na indústria, criando o termo Industrial Internet of Things (IIoT), ou ainda Internet Industrial das Coisas.

IIoT representa a aplicação da Internet das Coisas na indústria e está completamente relacionado à Indústria 4.0, que envolve as principais inovações tecnológicas aplicadas aos processos de produção, com o objetivo de torná-los mais eficientes, autônomos e personalizados.

Desse modo, por meio de redes de computadores inteligentes e seus sensores, dispositivos e objetos utilizados na indústria passaram a coletar e compartilhar grandes quantidades de dados.

Essa tecnologia tem permitido que as empresas tenham mais acessibilidade e controle sobre o Big Data e possam extrair insights relevantes para aplicar em seus negócios. E tudo isso com grande velocidade e maior eficiência.

Quer saber mais sobre a Internet Industrial das Coisas e como ela está influenciando as empresas? Confira o conteúdo a seguir.

O que é Internet Industrial das Coisas?

Em termos gerais, IIoT é a aplicação de sensores conectados a dispositivos da indústria que permitem que plataformas de análises avançadas processem os dados produzidos por essas máquinas.

Os dispositivos de IIoT pode variar desde minúsculos sensores ambientes a complexos robôs industriais capazes de integrar e automatizar toda a linha de produção em massa de uma empresa para rastrear a manutenção, a produtividade e até mesmo informações sobre pedidos e remessas em uma enorme rede multicamada.

O conceito Internet Industrial das Coisas foi criado pois os projetos tecnológicos na área têm se desenvolvido mais rapidamente e, por isso, algumas tecnologias e ferramentas de rede e conectividade são diferenciadas.

Esse diferencial está transformando radicalmente todos os setores da indústria, o que tem contribuindo diretamente para a indústria 4.0.

Na prática, uma fábrica que utiliza a IIoT passa a atuar de forma mais inteligente, sendo capaz de coletar e armazenar dados sobre a sua produção e compartilhá-los com outras máquinas.

Esses dados são recebidos em tempo real pela gestão da empresa que pode tomar decisões mais assertivas ao identificar e corrigir falhas mais rapidamente. Dessa forma é possível realizar manutenções preventivas para reduzir custos, evitar períodos de indisponibilidade e aumentar a agilidade das operações.

Isso e muito mais já acontece dentro das fábricas inteligentes. A conexão entre dispositivos e máquinas está contribuindo para uma verdadeira transformação na estrutura das empresas.

Entre os principais benefícios dessa tecnologia estão: a automação dos processos manuais, manutenção preditiva, otimização da segurança, aprimoramento do planejamento estratégico, entre outros. Entenda melhor a seguir:

Quais os benefícios da IIoT?

Utilizar a Internet Industrial das Coisas pode trazer diversas vantagens para os negócios. Por meio dela é possível aprimorar a coleta de dados, lidando com o Big Data gerado diariamente, tornando a organização mais conectada com o mercado e com seus clientes.

A partir das análises aprimoradas desses dados, as tomadas de decisões passam a ser mais efetivas e tornam toda a indústria mais ágil e produtiva.

As melhorias no trânsito de dados e informações deixam os setores da empresa mais eficientes, reduz o tempo de realização de muitas tarefas e, principalmente os gastos com a produção.

Dessa forma, uma organização que utiliza a IIoT tem a sua disposição informações relevantes para conseguir economizar com manutenções preditivas, aprimorar a segurança de seus ambientes e ganhar eficiência em vários processos que anteriormente eram realizar de forma manual.

Ao passo que as empresas inserem a Internet Industrial das Coisas em seus ambientes conseguem se adaptar mais facilmente à Transformação Digital e a criar novos modelos de negócios, repensando todas as suas operações e core business.

Assim se tornam capazes de maximizar a receita, criando modelos de negócios híbridos. O resultado disso é uma verdadeira modernização da empresa e aumento de sua competitividade, o que impacta diretamente nos lucros como um todo.

Posts relacionados

Qual o impacto da Internet das Coisas nos negócios

Uma vez que o valor comercial do domínio IoT seja entendido, novos produtos, serviços e modelos de receita surgirão.

8 Práticas recomendadas para projetos de IoT

É fundamental que as empresas considerem as implicações de segurança de uma implantação de IoT antes de avançar.

Edge Computing e Internet das Coisas: qual a relação?

Entenda como essas duas tecnologias podem trabalhar juntas para tornar o processamento de dados mais ágil, seguro e econômico.

Escreva seu comentário