<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

O poder da próxima geração de WAN

  • Categoria:

    Redes

    | Tempo para ler: 4 min

A mudança para a Computação em Nuvem, as infinidades de aplicações e dados móveis criam necessariamente novas demandas para a WAN corporativa.

 

O poder da próxima geração de WAN

 

Acesso rápido à informações e aplicações são exigências cada vez mais presentes no cenário de redes. O mundo dos negócios e também as mudanças sociais e tecnológicas promovidas por esse tipo de comunicação estão transformando a natureza do tráfego e trazendo cada vez mais problemas de custo e desempenho.

A nova realidade de WAN das empresas, nesse contexto, vai além da conexão entre sedes e filiais e consome cada vez mais banda e uma infinidade de aplicações necessárias para o gerenciamento interno. Dessa forma, a consolidação dos recursos e das aplicações de TI, que são acessadas através da WAN, e o uso crescente de aplicações em nuvem, exigem novas formas de atuar com tecnologias mais potentes para fazer as entregas, como a Infraestrutura como Serviço (IaaS) e software como serviço (SaaS).

A agilidade tão desejável no mundo dos negócios e o atendimento às demandas dos clientes exige das organizações uma adaptação rápida e que seja rentável e flexível à constante mudança dos mercados. A computação em nuvem permite que as equipes e líderes de TI possam traçar suas estratégias de forma a alavancar a utilização da nuvem como forma de reduzir custos, aumentando a ofertas de serviços e formatando quais aplicações e cenários são ideais para as suas empresas e ambiente de trabalho, considerando também os requisitos de escalabilidade e custo, sem comprometer segurança.

Toda essa mudança cria necessariamente novas demandas para a WAN corporativa, que precisa ser confiável e trazer soluções inovadoras a fim de poder proporcionar um ativo estratégico de negócios.

 

Evolução do Wan: necessidade da empresa

A maneira tradicional para atender a todas essas exigências de desempenho e confiabilidade até hoje era atualizar a largura de banda de rede. No entanto, esta não é mais uma solução prática em termos de custo e não garante agilidade para atender a entrega de dados, comunicações e aplicações remotas para funcionários, parceiros e clientes. Há uma necessidade de se separar o controle e configuração de funções de encaminhamento para que a arquitetura de rede possa oferecer mais dinamismo e, ao mesmo tempo, ser adaptável e com custos mais equilibrados.

É justamente por isso que que o mercado de SDN (Software Defined Network), ou Rede Definida por Software, é uma tecnologia em franca expansão.

Dados do relatório da Enterprise Strategy Group (ESG) intitulado “Tendências de segurança de rede na era da Cloud e Mobile Computing” revelou que mais de 320 empresas de segurança que tem entre seus clientes grandes organizações já traçaram entre seus investimentos de segurança de rede o SDN como principal estratégia.

O levantamento apresentou também que 87% das empresas norte-americanas pretendem ter SDN em seus centros de dados ainda em 2016. Um lugar onde o SDN pode agregar valor é a WAN. Com uma WAN definida por software, os custos de implantação são reduzidos devido a menores gastos originados por largura de banda menor capital investido em despesas operacionais.

Entre os atrativos estão justamente a possibilidade disponibilizar rapidamente uma nova aplicação para usuários internos, o custo da entrega, e como a aplicação pode ser aprovada de forma flexível, sem alterar a infraestrutura existente.

Um exemplo prático dessa realidade pode ser visualizado em operações bancárias. Os bancos geralmente têm conexões MPLS e soluções de backup. Provavelmente, as aplicações são centralizadas, e quando blackouts ou quedas ocorrem em um MPLS, eles perdem conectividade para a aplicação. Quando isso acontece, os funcionários em filiais que estão usando esse aplicativo precisam aguardar rede para a conectividade ser reestabelecida, assim poder logar-se novamente, autenticar-se e retomar a sua transação. Este tipo de atrasos podem impactar negativamente na satisfação do cliente ou mesmo na produtividade dos funcionários.

A virtualização de WAN é uma solução que reduz os custos, aumenta a confiabilidade e proporciona flexibilidade para usar tipos adicionais de serviços WAN, como por exemplo o uso de múltiplas conexões WAN a partir de MPLS existentes e outros WANs privadas para um variedade de internet links WAN, tais como DSL, fibra e cabo.

A WAN definida por software garante também a confiabilidade da rede na medida em suporta aplicações em tempo real e acesso à nuvem e também oferece uma melhor economia de banda larga.

Como a alternativa de próxima geração para otimização de WAN, a virtualização aborda os pontos fracos fundamentais enfrentados pelas tecnologias atuais, tais como a maior flexibilidade para oferecer novas aplicações e como elas são consumidas; capacidade de rede, especialmente durante períodos de pico e aumento da confiabilidade para atender a alta disponibilidade da rede, requisitos estratégicos para os negócios atuais.

 

CTA Juniper - Torne-se uma revenda

Posts relacionados

  • Redes | Tempo para ler: 3 min

O que é monitoramento de rede e como fazê-lo com eficiência?

Garantir um bom desempenho do sistema e a segurança dos dados é crucial para qualquer empresa. Veja como a gestão de rede pode ajudar.

Como o 5G irá impactar o uso de Cloud Computing?

A tecnologia 5G está cada dia mais próxima de se tornar uma realidade. Veja como ela poderá ser um grande diferencial para as aplicações na Nuvem.

4 estratégias para garantir a segurança da SD-WAN

Adotar uma rede definida por software tornou-se uma prioridade para as empresas digitais. Saiba como fazer isso sem colocar os dados corporativos em risco.

Escreva seu comentário