<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Machine to Machine: entenda o que é e como está impactando o mercado

Empresas de diferentes setores já estão apostando nessa tecnologia para otimizar o gerenciamento de seus sistemas e suas tomadas de decisões.

 

O mercado tem passado por diversas mudanças graças à Transformação Digital e as inovações tecnológicas que estão sendo incorporadas pelas empresas a todo o momento. Atualmente, para se destacar e ter um negócio de sucesso, é necessário investir em soluções modernas e inteligentes, capazes de fornecer agilidade e aprimorar os processos corporativos.

Nessa nova realidade, a interação entre humano e máquina está aumentado e a automação tem desempenhando um papel fundamental para os negócios. Desde já, a implementação de tecnologias de monitoramento remoto e integração entre máquinas em sistemas conectados está significando uma revolução para a empresa se consolidar no mercado digital.

O Machine to Machine (M2M) é o conceito que possibilita que isso aconteça. Ele vem revolucionando a indústria e permitindo que as empresas o utilizem de diversas formas para automatizar, otimizar e agilizar os processos de coleta e tratamento de dados.

Além disso, as soluções M2M reduzem o tempo de inatividade de processos corporativos e realizam o monitoramento e manutenção remotos de máquinas, equipamentos e sistemas.

Seus clientes já utilizam essa tecnologia em suas operações? Confira a seguir os benefícios que ela pode proporcionar para os negócios e como está impactando a TI. Boa leitura.

O que é M2M e como funciona?

Machine to Machine é um sistema de transmissão de informações em tempo real feito por meio de dispositivos remotamente conectados a um ou mais computadores. Ele consiste basicamente em um padrão de comunicação entre máquinas.

Por meio da automação, ele permite a troca de informações e a execução de ações sem a necessidade de interação humana. Dessa forma, é possível liberar os colaboradores para executarem tarefas mais importantes, agilizando os fluxos de trabalho e aumentando a produtividade.

Mas como ele funciona exatamente? A ideia por trás desse conceito é ter um sensor remoto e independente que monitora, analisa e coleta informações sobre as condições dos dispositivos em questão.

A partir disso, os dados coletados são transmitidos para um servidor para serem processados e utilizados pelas empresas para tomar decisões e ações com base nos resultados desses conteúdos.

Em resumo, ao utilizar o M2M, as empresas estão conseguindo diminuir falhas em suas gestões, reduzir gastos e aumentar a segurança no controle de produção. Isso tem tornado possível racionalizar os processos de negócios e eliminar custos desnecessários para a indústria, o que está gerando um grande potencial de mercado. Entenda melhor a seguir:

Como o M2M está impactando o mercado?

A origem do Machine to Machine é na indústria de manufatura, onde surgiu a necessidade de infraestruturas capazes de gerenciar remotamente os dados dos equipamentos.

No entanto, essa tecnologia já faz parte da realidade de empresas de diferentes setores e está impactando diretamente em seus negócios. Confira a seguir algumas das aplicações do M2M:

Produção Industrial

Sensores remotos são cada vez mais fundamentais para o controle de equipamentos. Dessa forma, por meio do M2M, até mesmo as empresas que produzem em alta escala podem gerenciar todo o seu parque industrial.

Ele realiza a coleta de informações sobre a necessidade de manutenções ou eventuais problemas na linha de produção, permitindo que as empresas tomem decisões mais precisas e evitem prejuízos.

Logística

A automação dessa tecnologia garante que as organizações tenham mais controle também sobre os produtos e serviços que estão no estoque.

Por meio do monitoramento remoto é possível saber quando um artigo está disponível e até mesmo configurar alertas para avisar os fornecedores quando for necessário repor algum produto.

Transporte

Essa tecnologia pode auxiliar ainda o trânsito das cidades. Por meio de sensores nos carros, os motoristas podem contar com informações úteis e em tempo real sobre trajetos e pontos específicos.

Além disso, é possível interligar os semáforos para que eles conversem entre si e consigam identificar quantos veículos estão trafegando e qual o sentido da via para adaptar o tempo dos sinais e, assim, agilizar o fluxo.

Saúde

O M2M também está revolucionando o setor de saúde, integrando a medicina com tecnologia. Seus sensores são capazes de monitorar de forma inteligente os pacientes e ambiente a volta para que os médicos tenham sempre informações importantes em tempo real.

Desse modo, é possível reagir rapidamente a uma crise, com mais precisão e eficiência.

Sendo assim, podemos concluir que os benefícios do Machine to Machine tem impactado diretamente nos negócios de empresas de diferentes segmentos, aumentando os lucros e proporcionando tomadas de decisões mais acertadas.

Posts relacionados

5 desafios que toda empresa precisa enfrentar após a Transformação Digital

Para se adaptar à nova realidade e usufruir de todos os benefícios desse processo, as empresas precisam tomar alguns cuidados.

5 razões pelas quais os projetos de Transformação Digital ainda falham

A falta de alinhamento entre CEO e CMO é um dos fatores que podem prejudicar a transformação digital das organizações.

Quais as oportunidades da Indústria 4.0 para as empresas?

Redução de custos e aumento da produtividade são apenas alguns dos benefícios dessa revolução tecnológica.

Escreva seu comentário