<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Infraestrutura de TI: como gerenciar na prática?

Veja opções de como tornar o gerenciamento da infraestrutura de TI mais fácil e ainda ter mais resultados.

 

 

O gerenciamento de uma infraestrutura de TI pode ser um desafio importante a ser superado. Embora as vantagens da era digital sejam inegáveis, sem a devida administração, todo o trabalho e dinheiro investidos numa infraestrutura de TI podem ir por água abaixo.
O mau uso – ou até desuso parcial – de uma infraestrutura de TI é capaz de afetar a continuidade de todo e qualquer negócio, causando problemas à empresa e impactando negativamente sua imagem.
Além disso, antes de qualquer coisa, é preciso não só levar em consideração a infraestrutura de TI utilizada pela empresa, mas também a que o cliente tem acesso.
Quer saber sobre gerenciamento de infraestrutura na prática? Siga lendo!

Quais as vantagens de um bom gerenciamento?

Até aqui, você já deve ter entendido algumas coisas importantes:

1. A infraestrutura de TI não é só uma ferramenta para auxiliar no dia a dia da empresa, como também seu portal de comunicação com o cliente.
2. É possível poupar recursos ao reduzir gastos e investi-los em outras áreas da empresa, mas, somente se o gerenciamento da infraestrutura de TI for adequado.
Por isso, é fundamental que o gerenciamento da infraestrutura de TI seja realizado tendo essas duas possibilidades em mente, mas, sem esquecer das demais vantagens proporcionadas pelo serviço, a fim de evitar o mau uso.

  • Eficiência: havendo controle dos dados da infraestrutura de TI é possível mensurar picos de produtividade e buscar soluções mais concretas para melhorar a eficiência da equipe e dos processos gerenciados pela empresa.

  • Rápida implementação de outros artifícios digitais: a infraestrutura de TI também adequa e auxilia na modernização da empresa, que precisa seguir um ritmo moderado rumo à adaptação e correção de erros.

  • Foco no negócio: a partir de uma gestão simples da infraestrutura de TI, todos os processos deixarão de ser problematizados e o trabalho fluirá com mais facilidade.

Mas, embora tudo seja muito bonito no papel, colocar o gerenciamento de infraestrutura em prática pode ser mais desafiador ainda e não se resume a estudar o tópico e torcer para que dê certo.
Se você tem algumas dúvidas sobre o assunto, que tal planejar com essas dicas para te ajudar a gerenciar na prática?

5 dicas práticas para gerenciar infraestruturas de TI

1. Monitore sempre

O monitoramento constante é fundamental se o objetivo é realizar melhorias na sua infraestrutura de TI. Hoje, softwares podem fazer todo o serviço por você e, no fim do dia ou da semana, basta dar uma olhada nos dados fornecidos por eles.
Com eles você pode tomar uma decisão fundamentada em algo real e estatístico, garantindo a disponibilidade, a confiabilidade e a eficiência exigidas pelo setor de TI.

2. Produtividade é sinônimo de foco no trabalho

A partir das diversas oportunidades de uso da infraestrutura de TI, busque alternativas para agilizar (tornar mais simples) o trabalho do dia a dia.
O gerenciamento de uma infraestrutura de TI não se refere apenas a “acrescentar” novos meios de fazer uma coisa ou outra, mas a buscar formas diferentes de se fazer o que precisa com o que se tem ou reconhecer a necessidade de certo serviço ou procedimento dentro da empresa.
Entenda quais são os principais recursos da infraestrutura de TI que a empresa precisa para se manter funcionando e os gerencie.

3. Não tenha medo de ser um pouco controlador

Atente para os números, emita relatórios e, com eles, justifique a necessidade ou não de novos investimentos, bem como a possibilidade de exigir mais ou menos de alguns parceiros. Gerencie seu dinheiro controlando as instabilidades da infraestrutura de TI.

4. Não se esqueça do marketing

A propaganda é a alma do negócio. Não adianta fazer um bom trabalho se não há divulgação para ele. Afinal, quem sabe que você faz isso e qual público você quer atingir? Reuniões, relatórios e e-mails internos podem ser utilizados a seu favor. Demonstre transparência aos outros colaboradores.
Considere também, se for o caso, diminuir a carga do TI e criar uma equipe de marketing. Isso pode ser muito eficiente.

5. Terceirize

Não tem tempo ou recursos para manter um gerenciamento adequado da infraestrutura de TI? Não tem nada de errado em jogar a bola para o vizinho. Terceirize, mas tenha muito cuidado na escolha do prestador de serviços. É preciso investir em alguém que dê resultados.
Você também pode buscar a ajuda de alguns softwares como o HPE OneView, que combina dados técnicos com facilidade de uso. Através dele, é possível realizar tarefas num tempo menor.

Posts relacionados

5 boas práticas de gestão de demandas de TI

Aprenda a fazer uma gestão eficiente e seja capaz de lidar com as mudanças do mercado, proporcionando melhores resultados para os negócios.

Gestão de custo em TI: o que é e como economizar?

É preciso ter orçamento, planejamento e uma dose de iniciativa.

Guia prático para uma gestão de TI eficiente após a era digital

Ter gerenciamento de TI é fundamental para o bom funcionamento do departamento dentro das empresas.

Escreva seu comentário