<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL SYNNEX WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Guia prático para Segurança Cibernética durante o trabalho remoto

Para garantir que todos os colaboradores trabalhem a distância de forma segura e produtiva, é necessário seguir algumas medidas de segurança. Veja a seguir!

 

A segurança cibernética tornou-se uma das principais preocupações das empresas à medida que elas começaram a utilizar, cada vez mais, tecnologias e serviços na Nuvem para desenvolver suas atividades. Com a repentina movimentação do fluxo de trabalho para o home office, essa preocupação passou a ser ainda maior.

A pandemia do coronavírus impôs isolamento social e, para dar continuidade aos negócios, as empresas precisaram se adaptar ao trabalho remoto. No entanto, com tantos colaboradores a distância, garantir a proteção das informações e redes corporativas passou a ser um grande desafio.

Os cibercriminosos estão aproveitando o despreparo de muitas organizações e pessoas para encontrar brechas e vulnerabilidades nos sistemas de segurança e, assim, realizar seus ataques. Estima-se que as tentativas de golpes por meio de ransomwares aumentou mais de 350% no primeiro trimestre de 2020.

Portanto, para ajudar seus clientes a garantirem uma verdadeira segurança cibernética durante o trabalho remoto, preparamos este guia com as principais dicas que devem ser colocadas em prática nesse momento. Vamos lá?

A segurança da informação e o coronavírus

A maioria das empresas teve sua rotina transformada por completa, além de ter sofrido com vários impactos negativos nos negócios devido ao coronavírus. Isso aconteceu porque foi necessário migrar para o modelo de home office para dar continuidade às atividades e, ao mesmo tempo, cumprir as normas de isolamento social.

Essa mudança de cenário exigiu que as organizações se adaptassem e começassem a implementar ferramentas modernas de cibersegurança para evitar os ataques dos cibercriminosos que estão cada vez mais inteligentes e bem-sucedidos. Passou a ser necessário garantir que todos os colaboradores tivessem as ferramentas necessárias para executar o teletrabalho com segurança e privacidade dos  dados.  

No entanto, essa tarefa tem sido um grande desafio, pois para executar o teletrabalho, os funcionários dessas empresas estão utilizando diversas soluções tecnológicas, como drives compartilhados, softwares de videoconferência, ferramentas de gestão de projetos, entre outras.

5 medidas de Segurança Cibernética durante o trabalho remoto

Para tornar o ambiente de trabalho seguro, mesmo a distância, é fundamental colocar algumas medidas de segurança cibernética em prática. Confira a seguir quais são elas!

  1. Atualizar constantemente os dispositivos

Todos os equipamentos de TI merecem atenção constantemente, pois eles estão sempre passando por evoluções e, por isso, devem ser atualizados periodicamente. 

Caso contrário, é possível se deparar com muitos problemas, tais como ineficiência operacional e aumento de brechas que podem ser utilizadas por criminosos. 

Desse modo, é necessário criar uma rotina de monitoramento de todo o ambiente de TI, desde servidores, dispositivos, até a rede, softwares, entre outros. Assim será possível realizar as configurações de segurança necessárias e detectar falhas rapidamente.

  1. Implementar autenticação de dois fatores  

Ao adicionar mais soluções de acesso remoto, será fundamental implementar a autenticação de dois fatores para garantir a real proteção do trabalho remoto. Esse tipo de ferramenta acrescenta uma camada adicional de segurança para o acesso aos dados. 

Ela exige que os usuários utilizem duas formas de autenticação para acessar a rede corporativa remotamente. A primeira forma, normalmente, é a combinação de login e senha. Já a segunda pode variar dependendo do tipo de acesso, como um token por SMS, um código por e-mail, biometria, entre outros recursos.

  1. Utilizar proteção de endpoint

Outra dica importante é utilizar uma proteção reforçada para proteger os dispositivos que serão utilizados para acessar os sistemas e dados corporativos. Para isso é necessário implementar uma solução de proteção de endpoint.  

A empresa deverá determinar quais softwares de proteção de endpoint devem ser usados e definir uma política geral para que todos os colaboradores implementem em suas máquinas. 

  1. Implementar VPNs

VPNs são redes privadas virtuais que permitem uma conexão segura com outra rede pela internet. Elas podem ser usadas para proteger a atividade de navegação dos usuários. 

De forma simplificada, uma VPN conecta o PC, smartphone ou tablet a outro computador (chamado servidor) em algum lugar da Internet e permite que o colaborador navegue na Internet usando as credenciais e a conexão deste computador. Conectadas a cada ponto de acesso, às máquinas verificam a autenticidade dos dados compartilhados. Assim é possível reduzir a exposição direta deles e de serviços da organização na internet.

  1. Investir em soluções de colaboração seguras

Outra forma de garantir o sucesso do trabalho remoto sem perder a segurança do escritório é contar com soluções de colaboração seguras. Dessa forma, os colaboradores podem concentrar a troca de mensagens e de documentos importantes em um mesmo local, dispensando e-mails e outras formas de envio.  

O Microsoft 365 pode ser um grande aliado nessas situações, ele reúne diversos recursos para que os colaboradores consigam trabalhar de forma integrada e se comunicar facilmente, como o Teams e o OneDrive.  

Por meio dele, as empresas podem contar com o aumento da produtividade de suas equipes e, ao mesmo tempo, eliminar os riscos de segurança. Como os colaboradores e dispositivos não estão mais sob o controle corporativo, o Microsoft 265 contribui para um melhor controle da segurança da informação e prevenção de vazamento de dados.

Ele possui todos os recursos para proteger os dados em qualquer dispositivo, e permite monitorar e gerenciar a segurança dos dados, dispositivos, aplicativos e infraestrutura na central de segurança, em um só lugar.

Seus clientes já seguem todas essas medidas de segurança cibernética no trabalho remoto? Elas são fundamentais para garantir um acesso seguro aos dados e redes corporativas. Portanto, inclua no portfólio de sua revenda soluções de proteção que contem com todos os recursos necessários para oferecer o nível de proteção adequado contra as atuais ciberameaças.


Quer saber mais? Clique no botão abaixo para acessar nosso e-book:

Baixar material

 

Posts relacionados

Como garantir a cibersegurança trabalhando de casa?

Empresas estão adotando, cada vez mais, o trabalho remoto como principal modelo de trabalho. Descubra como garantir que os dados e sistemas corporativos sejam protegidos nesta modalidade. 

Como proteger dispositivos contra malware, ransomware e exploints?

Garanta a segurança dos dispositivos dos usuários contra roubo e sequestro de dados com o Microsoft Defender para endpoints.

8 passos essenciais para o sucesso de um plano de recuperação de desastres

Esse processo é capaz de prever falhas e evitar que grandes problemas aconteçam. Portanto é fundamental para garantir a continuidade dos negócios.

Escreva seu comentário