<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

saiba como deixar Dispositivos livres de malware

Descubra formas simples da revenda auxiliar seus clientes na proteção de dados.

 

Dispositivos livres de malware.

 

Malwares são uma ameaça real e crescente, como foi possível notar com o recente ataque WannaCry já comentado aqui no Canal Westcon, criando a necessidade de, cada vez mais, discutir e buscar novas formas de proteger equipamentos. Essa constatação tem sido expressa em todos os lugares, acompanhada de diferentes dicas de como evitar invasões. Dispositivos, assim que conectados à rede, tornam-se vulneráveis, colocando em risco todas as informações, de forma que protegê-las depende, principalmente, de utilizar o dispositivo da maneira correta para evitar invasões e sequestro de dados.

Existem algumas dicas que podem ser seguidas para que os dispositivos primários de seus clientes fiquem livres de malwares.

Dispositivos mobile

Um dos principais processos para manter a segurança, neste caso, é não instalar, nunca, programas que não estejam em plataformas oficiais. Em muitos casos, nem mesmo isso é o suficiente para proteger, de forma que é possível acrescentar como conselho que não sejam introduzidos no sistema aplicativos que não sejam essenciais, principalmente quando o mesmo dispositivo é de uso pessoal e profissional.

É necessário entender que malwares vão, inevitavelmente, atacar dispositivos móveis, sendo essencial evitar que eles comprometam ou causem a perda de dados importantes para a empresa que trabalha. Não utilizar o mesmo equipamento para os negócios e para a vida pessoal é uma das posturas mais corretas.

Outra sugestão a ser seguida é sempre buscar por atualização das plataformas. Em sua grande maioria, esses updates incluem correções de vulnerabilidades, essenciais para a segurança do dispositivo.

 

Desktops e laptops

As dicas oferecidas para mobile podem também ser aplicadas aos desktops e laptops: nunca instale softwares sem conhecer e confiar na plataforma de onde ele está sendo baixado. Praticamente todos os programas e sistemas operacionais, atualmente, possuem sua própria loja de aplicativos, sendo essas as áreas mais seguras para buscar novos programas.

Os updates constantes também são essenciais pois, assim como nos móveis, eles carregam as atualizações de segurança básica para evitar contaminação com malwares. Claro que apenas as atualizações não são suficientes, é sempre bom que sejam aliadas a soluções antivírus e antimalware, ampliando a proteção de seus dados e informações.

 

Para todas as plataformas

Além das sugestões mais específicas para desktops e mobiles, é possível oferecer algumas que servem para qualquer dispositivo que seja utilizado para conexão em rede.

Links são uma das principais ameaças existentes. Assim, a primeira indicação para bom uso do aparelho é nunca clicar em endereços ou arquivos vindos de fontes não conhecidas. Apenas um URL adulterado pode ser suficiente para que softwares maliciosos sejam inseridos nas plataformas.

Ainda sobre este tema, temos o grande risco de contaminação representado pelos e-mails, que podem, também, conter sites e arquivos maliciosos, sendo essencial não confiar em remetentes desconhecidos e sempre realizar testes em ferramentas especializadas antes de clicar e abrir links.

Assim, para uma postura adequada e que realmente pode proteger qualquer dispositivos é preciso:

- Não permita que seu navegador salve senhas ou outras informações;

- Trabalhe com o navegador em modo anônimo;

- Faça backup de seus dados constantemente;

- Se estiver trabalhando em uma rede pouco confiável, utiliza uma VPN;

- Sempre que o serviço ou software permitir, utilize uma autenticação de dois fatores;

- Pense antes de clicar.

 

Tome cuidado e use com ponderação

Por mais que sejam oferecidas boas bases de proteção, é imprudente confiar unicamente em sistemas operacionais e em fabricantes de equipamentos para o estabelecimento da segurança contra malwares. É necessário tomar atitudes que garantam maior segurança de seus dispositivos, utilizando antimalwares e antivírus e de maneira precavida.

Agir com cautela e evitar riscos desnecessários sempre será o primeiro ponto para aumentar consideravelmente a segurança de seus dados contra softwares mal-intencionados.

 

Sa

Posts relacionados

Como escolher uma solução de segurança de endpoint?

A primeira etapa na escolha da melhor solução de segurança de endpoint é entender o que sua empresa precisa.

Inteligência de ameaças cibernéticas: o que é e qual a importância para empresas?

A inteligência de ameaças cibernéticas ajuda as organizações, dando-lhes insights sobre os mecanismos e implicações das ameaças.

O que considerar na segurança do servidor de uma empresa?

Para manter a disponibilidade e proteção dos dados corporativos é necessário assegurar que toda a infraestrutura esteja protegida contra as ciberameaças.

Escreva seu comentário