<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Como soluções modernas impactam a TI das empresas?

Inovação nas infraestruturas de TI trazem diversas vantagens para as corporações. Confira alguns casos de sucesso e inspire seus clientes.

 

Como soluções modernas impactam a TI das empresas?

 

 

Atualmente, empresas de todos os portes e setores vivem uma realidade em que seus funcionários utilizam centenas de arquivos e aplicações necessários para suas atividades do dia a dia. Todos eles se encontram na rede corporativa e, se algo não funcionar corretamente, a companhia poderá ter grandes prejuízos.

Além disso, contar com Data Centers tradicionais, que gastam muita energia e ficam sobrecarregados, não é mais uma opção. Eles não conseguem lidar com a crescente demanda de dados e nem acompanham a competitividade do mercado.

Para garantir a proteção e disponibilidade dos dados, tornou-se necessário uma infraestrutura de TI rápida e flexível que esteja um passo à frente das necessidades dos usuários. Portanto, é cada vez mais urgente que as empresas invistam em soluções modernas que aliem grandes demandas de dados à segurança com eficiência em processamento e melhor atendimento.

Ao utilizar as soluções adequadas, é possível contar com diversas outras vantagens, como evitar os impactos causados por interrupções de serviço, flexibilidade para escalar e implementar novas instâncias, trabalhar com equipes distribuídas com garantia de acesso integral, maior conformidade, entre outras.

Adotar sistemas mais modernos muda radicalmente todo o cenário corporativo. As organizações passam a processar um maior volume de dados com velocidade e eficácia, tornando-se mais competitivas e, assim, aumentando seus lucros.

Confira três casos de sucesso de empresas que se transformaram após modernizarem seus ambientes e incentive seus clientes a darem esse passo:

- Universidade de São Paulo (USP)


A Universidade de São Paulo é uma potência de pesquisa global, produzindo e publicando anualmente um número elevado de artigos científicos, o que a levou a se tornar uma das principais instituições de pesquisa do mundo. Entretanto, com 150 ambientes de TI diferentes, a universidade se deparou com problemas para conseguir atender aos novos níveis de fluxos de serviços e coordenar backups em seu ambiente grande e complexo.
Os custos de TI tornaram-se elevados e as organizações individuais não poderiam ser dimensionadas com a rapidez necessária para oferecer suporte aos requisitos crescentes de capacidade e desempenho de seus usuários.

Para lidar com a situação, a USP precisou se modernizar e adotou um dos maiores projetos de nuvem da América Latina, que ficou conhecido como “Nuvem USP”. No projeto, os 150 Data Centers da universidade foram consolidados em apenas seis, que passaram a reunir todos os seus ambientes corporativos, educacionais e de pesquisa em uma enorme nuvem privada.

"Precisávamos de um alto nível de integração com a flexibilidade para oferecer suporte a tudo, de cargas de trabalho simples à computação de alto desempenho e processamento de recursos gráficos", explica Luiz Natal Rossi, diretor do departamento de TI e professor na Escola Politécnica da USP.

E seus resultados foram: tempo de fornecimento dos serviços de TI reduzidos de meses para minutos; disponibilidade de uma plataforma em nuvem habilitada para mobilidade e pesquisa remotas aos usuários; requisitos de storage reduzidos em 90% e liberação de 30% dos funcionários de TI para projetos estratégicos.


- Deutscher Wetterdienst (DWD): serviço de meteorologia nacional da Alemanha


Além de ajudarem a manter as pessoas em segurança em condições climáticas extremas, os alertas e previsões do tempo emitidas pelo DWD são responsáveis por manter funcionando os negócios de diversas empresas aéreas, marítimas e ferroviárias da Alemanha.

Devido a necessidade de precisão em seus dados, o DWD precisa sempre buscar maneiras de aperfeiçoar a velocidade e a qualidade de suas informações e previsões, o que é o maior desafio enfrentado pelo serviço.

"Imagine se você está esperando durante 15 segundos, olhando para o relógio. É muito tempo, principalmente se existem vidas em perigo", exemplifica Alexander Harth, diretor da divisão de suporte ao usuário do DWD.

Para resolver a situação, o DWD implementou uma solução Flash capaz de fornecer o desempenho necessário para agilizar a visualização de dados para os meteorologistas, além de permitir disponibilidade contínua, sem deixar de oferecer integração de forma otimizada ao ambiente atual do serviço.

Seus principais resultados foram: latência reduzida inferior a um milissegundo; tempo reduzido de cálculo de condições climáticas de 15 segundos para 1 ou menos; visualização ad hoc ativada de cenários climáticos sofisticados; desenvolvimento acelerado de novos recursos para o aplicativo; gerenciamento otimizado de mais de 8PB de dados e 164 sistemas de storage em 21 locais da Alemanha.


- Grupo SoftBank: um dos principais provedores de serviços de telecomunicações e internet do Japão


Após o fechamento de usinas nucleares e outros desastres que afetaram o fornecimento de energia elétrica no Japão, tornou-se um desafio contar com energia confiável para o transporte público e abastecimento de escritórios. Diversas organizações passaram a lutar para dar continuidade a suas operações, adequando-se aos cortes determinados pelo governo no uso de energia por indústrias.

Para lidar com essa situação, o grupo SoftBank reagiu rápido, pois sabia que seus serviços em nuvem interna poderiam ajudar outras organizações a reduzir o uso de energia e a manter suas operações.

O grupo se voltou para as tecnologias em nuvem, transformando sua organização de TI em uma pista de testes para os serviços em nuvem. “Acredito que a computação em nuvem se tornará o maior bem da humanidade. Ela se transformará em um repositório para todo o conhecimento e sabedoria humanos”, diz Masayoshi Son, CEO da empresa.

SoftBank se tornou destaque por antecipar as necessidades de seus clientes e criar novos mercados, abrindo caminho tanto no campo da internet de banda larga quanto da móvel.

Por contar com uma infraestrutura em nuvem desenvolvida, a corporação foi capaz de fornecer alocação segura a inúmeras organizações, economizar mais de 50% da capacidade de storage e reduzir o tempo de implementação de mil desktops virtuais de uma semana para um dia.

Diversas outras corporações possuem histórias de sucesso como essas, e seus clientes podem fazer parte dessa lista graças à modernização de suas infraestruturas e a adoção de soluções e serviços em nuvem eficientes. Por isso é essencial que sua revenda esteja preparada para direcioná-los para o caminho da modernidade.

 

Clique e saiba mais

Posts relacionados

Edge Computing: como se relaciona com a Nuvem e quais os benefícios?

Essa abordagem surgiu para ajudar as empresas a atenderem às novas demandas tecnológicas que surgem no mercado diariamente. Aprender a utilizá-la é um grande diferencial.

3 principais setores de PMEs que podem se beneficiar de SaaS

Esse modelo de entrega de software permite ao usuário acessar a infraestrutura de qualquer dispositivo com uma conexão com a internet.

Serverless: seria o futuro da Computação em Nuvem?

O Serverless é atualmente um dos tópicos mais importantes que existem nos padrões de arquitetura de software.

Escreva seu comentário