<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Como fornecer serviços de qualidade com infraestruturas complexas?

A convergência de tecnologias tem afetado a forma como as empresas oferecem seus produtos aos clientes. Contar com ferramentas eficientes de gerenciamento é um diferencial.

 

Como fornecer serviços de qualidade com infraestruturas complexas?

 

As novas tecnologias digitais não só tornaram as empresas mais conectadas, como também mais complexas. Esse aumento de complexidade, devido a convergência de tecnologias, elevou também a exigência das corporações em fornecer uma experiência superior a seus clientes e serviços de alto valor agregado.

Nesse contexto, o departamento de TI passou a desempenhar um papel essencial na geração de resultados dos negócios. Suas demandas aumentaram e ele precisou tornar-se cada vez mais produtivo e eficiente para entregar serviços de qualidade com menores custos.

Entretanto, para os gestores, a criação de um ambiente de produção digital que conte com agilidade, alta confiabilidade e segurança está se tornando um grande desafio. Muitas empresas ainda não possuem ferramentas de análise capacitadas para lidar com a grande variedade de dados, o que dificulta ainda mais a tarefa da TI.

Os profissionais responsáveis pela gestão devem ter controle sobre as equipes para motivá-las e criar processos e atividades que auxiliam na correta e segura utilização dos recursos corporativos.

As empresas precisam ter uma visão holística das diferentes origens de dados para que a TI possa entender os comportamentos de toda a infraestrutura que gerencia. É necessário um conjunto de boas práticas e normas que envolva todos os colaboradores, processos e tecnologias para, assim, ser possível aumentar a eficiência do gerenciamento dos serviços, melhorar o desempenho da TI e obter maior agilidade.

O gerenciamento dessas infraestruturas convergentes deve levar em conta as possíveis falhas, o desempenho, fluxos, capacidade, respostas a aplicativos e outros recursos que influenciam a qualidade dos serviços.

As soluções de gerenciamento devem executar diversas tarefas, como:

  •  Criar estratégias;
  • Gerenciar os riscos;
  • Garantir a qualidade dos produtos e serviços;
  • Garantir que falhas que afetaram o sistema não voltem a ocorrer;
  • Aplicar as práticas de qualidade nos processos de forma correta;
  • Monitorar usuários e acessos.

Um gerenciamento unificado e ferramentas integradas que oferecem suporte para toda a infraestrutura corporativa permitem que a TI possa aproveitar melhor seu tempo, administrando o ambiente de forma proativa, consiga ter uma visão ampla do desempenho dos dados e possa realizar triagens dos problemas e determinar suas causas.

Além disso, poder contar com ferramentas de gerenciamento eficientes ajuda as empresas a aliviarem deficiências em recursos e habilidades, contando com mais suporte e reduzindo custos com manutenção e despesas gerais, como com administração centralizada, configurações automáticas, monitoramento de dispositivos, entre outros.

As soluções certas irão amenizar a sobrecarga de seus clientes, permitindo que eles consigam proporcionar uma experiência diferenciada para os usuários e consigam, assim, aumentar sua lucratividade e competitividade.

 

 

Baixe o e-book

Posts relacionados

Guia prático para uma gestão de TI eficiente após a era digital

Ter gerenciamento de TI é fundamental para o bom funcionamento do departamento dentro das empresas.

Gestão de qualidade em TI: como aplicar e ter sucesso?

Por meio desse processo, as empresas conseguem garantir maior qualidade em suas entregas e, consequentemente, otimizar a satisfação de seus clientes. Saiba como aplicá-la para conquistar maiores resultados. 

6 maneiras como a IoT vai mudar o gerenciamento de projetos de TI

A internet das Coisas mudará bastante a forma como as empresas resolverão muitos dos seus problemas.

Escreva seu comentário