<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.
  • Westcon-Comstor lança o BlueSky Solutions Markeplace
  • Free Trial SEP Cloud - Alta proteção de endpoints com uma solução intuitiva. Ofereça já para seus clientes.
  • Partner Portal
  • Acesse agora
  • Partner Portal
  • _banner-home-mobile_-symantec-sep-cloud.png

Como controlar recursos por meio do gerenciamento da internet?

Postado por Equipe Westcon em 15/jun/2017 5:00:00

O maior controle sobre o uso da internet pode ser elemento essencial para que se observe os retornos de investimento das empresas.

 

Gestão de recursos por meio do gerenciamento da internet

 

O potencial tecnológico de uma empresa tem sido o ponto central da conquista de maior crescimento, ampliando e otimizando os processos diários dos negócios e equipes, garantindo maior produtividade, competitividade e qualidade de serviços e produtos, o que não elimina a tendência de muitos gestores de TI em se preocupar com a comprovação do retorno que os investimentos em soluções de tecnologia da informação oferecem para as empresas.

É necessário compreender que o aumento da produtividade nas empresas está intimamente ligado ao uso da internet como ferramenta para melhor aproveitar os recursos de TI, de forma que compreender e calcular o retorno de investimentos depende, também, de compreender a gestão e controle do acesso à internet no ambiente empresarial.

Essa gestão tem como principal objetivo tornar o uso da internet mais seguro e produtivo por meio de políticas de navegação que criem uma harmonia entre os interesses empresariais e os interesses dos colaboradores, otimizando recursos e resultados que favoreçam todos os envolvidos.

Utilizando a internet como base, é possível dimensionar resultados, o ROI e benefícios com base em alguns elementos específicos como falhas na segurança, falta de foco, desperdícios, lentidão de equipamentos e despesas com manutenção.

O risco de falhas de segurança tem sido uma das principais preocupações e um assunto muito discutido quando se fala em tecnologia empresarial, podendo causar diversos problemas e prejuízos relacionados ao vazamento e perda de informações. A principal ação a ser implementada por empresas é a busca por formas de evitar que problemas aconteçam, de forma que este investimento é muito difícil de ter retorno percebido.

No entanto, é possível estimá-lo ao avaliarmos os impactos que a empresa sofre em situações onde a segurança é ineficiente, sendo mais que uma forma de obter um retorno dos recursos aplicados, mas sim de evitar gastos maiores com correções e recuperação de elementos impactados pelas falhas.

O uso da internet, apesar dos diversos benefícios que traz para a agilidade de processos e acessibilidade, pode também se colocar como um problema, uma vez que seu uso em empresas nem sempre se restringe às atividades executadas, mas também para momentos de distração que podem prejudicar o foco dos colaboradores no trabalho desenvolvido.

Quando consideramos o custo de cada colaborador para a empresa em comparação com os gastos com internet, temos o valor do investimento feito nas atividades que necessitam da inserção digital. Mas se consideramos nesse cálculo o tempo gasto por colaboradores na internet em coisas que não tem conexão com sua função, podemos calcular o desperdício financeiro que é causado.

Este desperdício pode ser evitado com restrições ao acesso à rede, de forma que possa ser reduzido e a produtividade das equipes ampliada, principalmente porque não é apenas o desperdício de tempo que pode ocorrer com acesso irrestrito à rede, mas também o foco dos colaboradores nas atividades executadas, que tem sua atenção reduzida, ocasionando erros e afetando a entrega de valores e resultados da empresa.

Outro problema que tem afetado muito o rendimento empresarial é a qualidade da internet, dos sistemas e dos equipamentos utilizados, que podem apresentar lentidão ou ociosidade, o que afeta diretamente os recursos oferecidos aos colaboradores e os custos de equipamentos em relação à produtividade.

A internet, para se tornar uma ferramenta de auxílio à produtividade e resultados, depende de um provedor que entregue a qualidade contratada, o que pode ser facilmente verificado com testadores de velocidade.

Outro fator é a lentidão da internet, que também pode significar o consumo de recursos em excesso pela rede de um dos colaboradores, principalmente quando ele a utiliza para a reprodução de vídeos ou download de arquivos, o que ressalta a necessidade de um controle de acesso e do foco do colaborador. O principal problema que se apresenta aqui é o comprometimento de equipamentos, atividades, recursos e sistemas da empresa, o que causa uma limitação na execução de tarefas e na entrega de resultados.

O processo de manutenção em máquinas infectadas, por exemplo, é ainda mais prejudicial ao uso de recursos por colocar o equipamento em ociosidade até que ele esteja pronto para voltar a ser utilizado, resultando em uma redução da produtividade e afetando os resultados da empresa e da entrega de produtos e serviços aos clientes.

Assim, percebemos que o gerenciamento dos recursos e da utilização da internet é essencial para otimizar processos empresariais, afetando diretamente a segurança da informação e a produtividade das equipes e da empresa.

Melhorar os processos empresariais e permitir que seja mais perceptível o retorno dos investimentos depende, então, de estabelecer uma política de utilização dos recursos tecnológicos, orientando colaboradores sobre o uso responsável da internet e sobre os riscos que podem se apresentar, buscando serviços completos que ofereçam controle e segurança ao acesso à rede, filtrando a utilização da rede por horário e conteúdo, de forma que seja possível estabelecer controles personalizados para grupos de usuários e extrair relatórios detalhados e analíticos sobre a utilização dos recursos empresariais.

 

 

Ba

Categoria(s): Gerenciamento