<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Como as smart cities podem ajudar nos negócios das empresas?

Esse conceito traz diversas vantagens para os centros urbanos, como sustentabilidade, segurança e rapidez. Saiba como ele pode auxiliar seus clientes.

 

Como as smart cities podem ajudar nos negócios das empresas?

 

As smart cities, ou cidades inteligentes, em português, são aqueles municípios que se tornaram otimizados pelas recentes inovações tecnológicas. Elas são capazes de utilizar tecnologias avançadas de comunicação e informação para promover um ambiente mais sustentável, facilitando o dia a dia da sociedade.

Em cidades inteligentes é possível utilizar Wi-Fi públicos de alta velocidade, que interligam diversos serviços públicos, como o transporte público, sistemas de iluminação, tráfego, entre outros.

As vantagens desse conceito para as pessoas são grandes, elas passam a contar com serviços mais sustentáveis economicamente, ágeis e práticos, além do acesso facilitado.

Com a transformação digital que as empresas têm vivido hoje, o conceito smart city está cada vez mais presente e pode gerar diversas oportunidades de negócios, além de se beneficiar com as inovações aplicadas pelas organizações.

Seus clientes sabem como aplicar esse conceito em seus negócios? Confira a seguir como ajudá-los nessa missão:


Como as smart cities podem ajudar nos negócios?


As aplicações de inteligência no dia a dia das cidades são capazes de transformar a gestão urbana, mas, além disso, podem ser usadas dentro das empresas.
Na prática, as tecnologias relacionadas a esse conceito auxiliam a gestão e controle dos sistemas empresariais, tornando os negócios mais eficientes e produtivos. Acompanhe:


1. Monitoramento por câmeras e reconhecimento facial

Por meio de um sistema de monitoramento automatizado, utilizados nas smart cities, as empresas podem controlar seus colaboradores. É possível reforçar a segurança interna, com uma rápida identificação de pessoas não autorizadas dentro da empresa.

Além do controle de pessoal, a tecnologia agiliza a verificação de credenciais, conferindo a confiabilidade dos acessos dos usuários aos dados relevantes da empresa. Dessa forma, as operações internas tornam-se muito mais protegidas.


2. Gestão inteligente de recursos

A sustentabilidade é palavra-chave nas cidades inteligentes e também pode ser adotada pelas empresas. Com a automação da gestão de sistemas, é possível ter uma economia de recursos significativa.

Assim, as empresas podem controlar seus recursos, como luz, água, materiais de escritório, equipamentos e outros, além de elaborar planos de economia e de reposição para que eles não faltem, nem sejam desperdiçados.


3. Integração de processos e sistemas

A integração de serviços realizada nas smart cities traz grandes comodidades para a população. Nas empresas, essa unificação pode ser feita entre os diversos sistemas e processos realizados por todos os departamentos.


Muitos gargalos produtivos são causados justamente por cada setor realizar suas tarefas isoladamente, o que pode gerar retrabalhos e contratempos. Desse modo, a integração permite um trabalho colaborativo e mais eficiente.


4. Economia inteligente

Nas cidades inteligentes, diversos sensores coletam informações dos usuários o tempo todo. Assim, as informações de milhares de cidadãos podem ser úteis para otimizar os serviços.

Ao aplicar esse conceito nas empresas, é possível coletar dados capazes de impulsionar a economias e oportunidades de negócios. Ou seja, as empresas podem melhorar sua atuação, focando na experiência de seu time interno e de seus clientes.

Por meio da transformação do ambiente interno em um local altamente digital, integrado e autônomo, empresários e gestores passarão a ter grande conhecimento de usuários. Portanto, o conceito de smart cities ajuda nos negócios e inspira as empresas a adotar constantemente novas tecnologias.

 

 

Posts relacionados

4 fundamentos da análise de dados na Transformação Digital

Porque os cientistas de dados isolados podem, em breve, se tornar uma coisa do passado.

Computação cognitiva: quais as vantagens para os negócios?

Essa tecnologia pode ser considerada um grande diferencial para as empresas. Entenda como sua capacidade de autoaprendizagem pode trazer melhores resultados.

 

Hiperconvergência e Transformação Digital: qual a relação desses conceitos?

Definição surgiu para atender às novas demandas do mercado, cada vez mais digital, e é altamente eficaz na redução de custos e simplificação do gerenciamento.

Escreva seu comentário