<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Como a Inteligência Artificial tem revolucionado a produtividade das empresas?

Conheça algumas ferramentas que têm otimizado tempo no ambiente corporativo.

 

Graças às recentes inovações em computação em nuvem e armazenamento e análise de big data, a inteligência artificial vem dando grandes passos para melhorar a eficiência em ambientes trabalho, devido à sua grande capacidade na organização e realização de tarefas.

A automação de máquinas gera produtos de qualidade com mais rapidez e eficiência, além de fornecer informações para ajudar os gerentes a tomar decisões de negócios mais embasadas.

O principal objetivo da inteligência artificial não tem sido substituir o homem, mas auxiliá-lo em suas tarefas, focando principalmente na produtividade. Ninguém gosta de ser responsável por fazer anotações em reuniões, revisar documentos extensos ou realizar cálculos de previsão complexos. É nesta hora que a IA entra.

Veja a seguir 4 maneiras como a IA vem revolucionando a produtividade das empresas e que de qual forma elas podem se encaixar nas necessidades dos seus clientes.

Documentos mais inteligentes

A inteligência artificial é bastante útil na criação e escrita de documentos. Tanto o Microsoft Word quanto o Google Docs a usam para realizar verificações gramaticais, corrigir a ortografia e sugerir novas palavras.

Aplicativos de reconhecimento de manuscritos, seleção de palavras-chave e tradução instantânea também oferecem recursos baseados na IA. Isso sem mencionar a estruturação de documentos e relatórios que evoluiu bastante, permitindo um ganho em produtividade principalmente quando as empresas possuem equipes remotas.

Hábitos e padrões mais alinhados ao perfil da organização

Toda empresa costuma ter um padrão na forma de lidar com determinadas situações. No entanto, muitos negócios ficam estagnados devido a alguns hábitos empresariais destrutivos.

Constantemente são desenvolvidas ferramentas baseadas em IA para aplicação nas empresas. Elas reconhecem esses padrões e os registram, permitindo que a organização e os seus colaboradores consigam observar com mais facilidade seus pontos fortes, fracos e as mudanças necessárias.
O MyAnalytics e o Workplace Analytics do Office 365 por exemplo utilizam machine learning para analisar padrões de e-mail e reuniões do Microsoft Graph. Assim, todos os funcionários recebem relatórios semanais mostrando quanto tempo gastaram em reuniões, lendo e escrevendo e-mails ou fazendo hora extra.

Os gerentes também conseguem ver quantos dos e-mails enviados foram lidos, assim como a frequência de leitura das mensagens e os padrões das equipes mais bem-sucedidas.

Com todas essas informações, as possibilidades são infinitas. Pode-se, por exemplo, usar um software baseado em inteligência artificial tanto para identificar padrões ruins como para corrigi-los e acompanhar semanalmente o desenvolvimento e a produtividade dos colaboradores.

Tradução Avançada

A globalização gera a constante interação entre pessoas de diferentes países e línguas e criou a necessidade de uso de tradutores extremamente avançados, que podem ser utilizados tanto em reuniões, como no dia a dia.

O Presentation Translator, do PowerPoint, gera legendas em tempo real para os textos dos slides e para os próprios discursos da apresentação, sendo um recurso bastante útil caso a sua organização deseje promover o material para clientes estrangeiros. Há também o Azure Stream, da Microsoft, que apresenta diversos dicionários personalizados e busca melhorar o reconhecimento de voz em vídeos, reuniões e apresentações.

Existe ainda uma infinidade de serviços de transcrição, como o Simon Says, o Trint, o Speechmatics, o Callnote e outros que implementam o uso de inteligência artificial para transcrever vídeos e gravações.

Produtividade e Eficiência no trabalho

A Amazon recentemente implementou em suas companhias um software de IA capaz de reconhecer a produtividade dos funcionários e, a partir dos dados obtidos, gerar avisos e até decidir se o empregado deve ou não ser demitido por ineficiência.

Durante um ano de funcionamento, o número de colaboradores dispensados com base na avaliação desse software girou em torno de 300 pessoas. De acordo com a Amazon, o programa é bastante preciso e conseguiu colaborar para que a empresa pudesse identificar os bons funcionários.

Sem dúvida, a inteligência artificial é o futuro das empresas e do desenvolvimento tecnológico. Por isso, se seus clientes ainda não implementaram novos meios de explorar essa tecnologia, é hora de começar.

A integração entre homem e máquina é uma combinação perfeita para a evolução tecnológica de uma organização e da própria sociedade. É importante que a empresa do futuro tenha uma base sólida e treine seus funcionários para lidarem com a IA, a fim de se desenvolver e atingir novos níveis de produtividade.

Posts relacionados

6 mitos sobre a Inteligência Artificial para deixar de acreditar

Muitos temem que a IA elimine seus empregos, mas esse é na realidade um grande equívoco.

Como aprender com as falhas de projetos de Inteligência Artificial?

A maioria dos projetos de Inteligência Artificial falha. A boa notícia é que é possível aprender com esses erros.

Quais as previsões do uso da Inteligência Artificial para os próximos anos?

Quase 60% das empresas já implantaram Inteligência Artificial e Machine Learning.

Escreva seu comentário