<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Como a Governança de TI pode ajudar a vertical da Saúde?

Sistema de gestão é fundamental para otimizar tarefas, melhorar a produtividade, monitorar rotinas e salvar vidas.

 

Como a Governança de TI pode ajudar a vertical da Saúde?

 

 

Como todas as áreas de atuação, a Saúde também se beneficia e muito de todos os avanços trazidos pela Tecnologia da Informação. A começar pelo uso de ferramentas e equipamentos de última geração aliado às descobertas científicas.
Todos esses recursos otimizam a logística médica, que vai do diagnóstico ao tratamento de todo o tipo de enfermidade.

Por isso, a Governança de TI para a vertical Saúde vem trazendo inúmeros benefícios para que essa engrenagem continue funcionando com excelência. Vamos entender como isso funciona na prática.


Governança de TI

Com base na Governança Corporativa, o termo Governança de TI surgiu para classificar as regras, normas e padrões de comportamento que regem os recursos de TI aplicado nas relações corporativas. O papel da Governança é fiscalizar e garantir que as regras sejam seguidas e o serviço seja feito e entregue, dentro das normas acordadas dentro da instituição.

Ela também atua no processo de organização e alinhamento das estratégias com as metas da empresa. No caso da área de Saúde, a Governança atua na implementação de um planejamento de TI nos hospitais para organizar o fluxo de trabalho.

New Call-to-action

 

 

TI na Saúde

Os sistemas tecnológicos ajudam na melhoria de comunicação entre os setores hospitalares para que eles possam otimizar as atividades para atingir metas em comum. A automação dos processos vai desde despesas hospitalares até procedimentos de rotina.

Rede de telecomunicações e Cloud Computing — além de dispositivos como tablets e smartphones — promovem mais qualidade no atendimento e nos serviços hospitalares. Essas vantagens refletem tanto no atendimento aos pacientes quanto na competitividade entre as redes clínicas.

Realizar agendamentos via web, fazer registros computadorizados, diagnósticos certeiros, por exemplo, são possíveis por meio de softwares de gestão. Eles ajudam a reduzir custos, aumentar a rentabilidade e melhorar a produtividade. Mas não é só isso, investir em TI nas instituições hospitalares garante, também, segurança patrimonial, segurança de informação e unificação e integração de setores. Dessa forma, a comunicação flui de forma mais rápida e sem interferências e ruídos. Por exemplo: a triagem de pacientes é mais ágil, a verificação de medicamentos em estoque é feita em segundos, entre outros.


Inteligência que salva vidas

Toda a otimização dos processos na Saúde não beneficia só os profissionais que trabalham na área, mas são essenciais para o atendimento ao paciente. Quando falamos em atendimento em urgências e emergências, chegamos à conclusão que essa otimização salva vidas.

A Governança de TI melhora a resolução de problemas, automatiza tarefas, ajuda a implementar métodos mais eficazes para apurar resultados de exames e dinamiza as operações da rotina da clínica.


A saúde financeira

Fazer um controle de custos, fluxo de caixa e relatórios financeiros é muito mais fácil quando se tem o suporte de um software de gestão. Esse hábito garante a saúde financeira do hospital.

Para ter sucesso no controle financeiro, a Governança atua no acompanhamento de número e fornecimento de relatórios com entradas e saídas de materiais, medicamentos, folha de pagamento e eventuais imprevistos.

Para um monitoramento mais eficiente, a Governança precisa ter acesso a metas e limites pré-estabelecidos de gastos. Assim, fica mais difícil estourar o orçamento.

Processos automatizados e bem estruturados promovem a eficiência nas operações em clínicas e hospitais. Evitam, também, retrabalhos e garantem o retorno dos investimentos realizados para fazer a integração dos sistemas. Dessa forma, é possível encontrar as falhas e corrigir os erros, minimizando perdas e possíveis negligências.

A Governança atua, também, na parte gerencial e administrativa dos hospitais, fazendo o monitoramento de todos os procedimentos de rotina. É fundamental implementar um sistema de gestão de TI em uma instituição de Saúde para otimizar processos e salvar vidas. O investimento é sempre bem-vindo e suas vantagens são acompanhadas no dia a dia.

Posts relacionados

Governança de TI na Nuvem: como funciona e quais são os benefícios?

A adoção da Cloud Computing traz diversas vantagens para as empresas, mas também exige alguns cuidados. Saiba como a governança pode ajudar.

Qual a relação entre gestão de riscos e governança de TI?

Esses dois conceitos, quando trabalhados juntos, podem garantir a segurança e o desempenho dos serviços corporativos. Confira os benefícios dessa união para os negócios.

Escreva seu comentário