<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Cloud Blog
Toda informação da tecnologia está aqui.

Você conhece a Cloud Transformation?


Processo de compreensão da computação em nuvem que se distancia do armazenamento para se tornar elemento estratégico, a transformação em nuvem pode auxiliar no crescimento dos negócios de revendas de TI e de seus clientes.

O processo de transformação e disrupção digital vivenciado pelos negócios tem trazido cada vez mais soluções e inovações para as empresas, oferecendo suportes para processos de virtualização e aumento da mobilidade, colocando a computação em nuvem não apenas como uma ferramenta de armazenamento, mas como uma solução estratégica para aumento na qualidade de resultados.

Entre os novos conceitos existentes está a Cloud Transformation, que pode ser traduzida mais literalmente como Transformação da Nuvem, que coloca como foco central a virtualização promovida pela computação em nuvem ao longo do processo de alinhamento entre as infraestruturas de TI e os objetivos de negócios de uma empresa.

O conceito torna todo o processo de migração dos elementos empresariais para a nuvem, desde apps e desktops, até data centers e plataformas, passível de ser desenvolvido com base em um planejamento mais eficiente.

A Cloud Transformation ainda é recente, se comparada a diversas tecnologias existentes e em relação ao surgimento da própria nuvem como base para armazenamento de dados, e está em processo de desenvolvimento, deixando abertura para novas inovações à medida que as demandas dos usuários e do mercado evoluem e novas necessidades surgem.

Apesar de se mostrar um conceito simples e complementar aos parâmetros definidos pela própria Transformação Digital, a Cloud Transformation exige observar de que maneira os diferentes clientes são impactados pelas mudanças na forma como se entende a nuvem e os efeitos que essas mudanças acabam impondo às empresas.

Como acontece a Cloud Transformation?

Para que seja implantada de maneira eficiente, esse novo modelo deve ser baseado em um melhor entendimento do negócio, de forma que mais do que buscar por benefícios e vantagens específicas, ele seja pensado de maneira a estruturar um roteiro de implantação de infraestruturas virtuais que criem novas formas de trabalhar.

Essa transformação, em geral, toma como base a Infraestrutura as a Service (IaaS) e a Plataforma as a Service (PaaS), buscando um processo estratégico de negócios com base em serviços remotos para aumentar a agilidade e produtividade das equipes.

Grande parte da agilidade e aumento da produtividade que a transformação da nuvem promove estão relacionados aos processos de virtualização, automatizando atividade e eliminando a necessidade de cuidar de equipamentos físicos.

Com ela, a empresa deixa de depender, também, de grandes equipes de TI e de parceiros externos à instalação, uma vez que os funcionários têm maior acesso a dados e informações relevantes para o desempenho de suas atividades de qualquer lugar.

Os benefícios da transformação da nuvem

Essa nova forma de entender a computação em nuvem traz diversos benefícios muito comentados na área de TI, como redução de custos, maior mobilidade e acessibilidade e otimização da segurança de dados contra roubos, vazamentos e desastres. No entanto, existe um benefício em especial que garante melhores resultados para os negócios: a possibilidade de reajustar capacidades.

A possibilidade de reajuste oferecida pela transformação da nuvem ocorre por meio da adoção de serviços que eliminam grande parte das preocupações relacionadas ao gerenciamento de data centers e big data. Isso porque a virtualização e automatização de tarefas redundantes, além das diversas ferramentas de análise integradas à nuvem, tornam as informações mais claras e direcionadas.

Além disso, a limitação de volume de dados que se pode armazenar e analisar acaba, sendo possível garantir a escalabilidade dos processos internos e a integração entre equipamentos e equipe.

Assim, os gestores conseguem focar seus esforços na solução de problemas e buscar por formas de otimizar os negócios da empresa, não precisando se preocupar com processos simples, o que resulta em um aumento da eficiência e na garantia de melhores resultados.

O papel das revendas de TI

Promover a transformação da nuvem depende de serviços e soluções que ofereçam suporte às mudanças no ambiente e infraestruturas, que dependem do correto alinhamento e integração entre metas, objetivos, estratégias e tecnologia para que a eficiência e produtividade sejam alcançadas.

A migração de data centers, aplicações e tarefas para a nuvem é um processo complicado para pessoas que não tem o domínio do assunto, assim como acontece com a criação de aplicações já no ambiente virtual.

Assim, buscar pela orientação de especialistas pode ser o grande diferencial entre alcançar bons resultados ou prejudicar os negócios.

Cabe às revendas de TI orientar os clientes, analisar as características do negócios e suas necessidades e indicar as melhores soluções para que a segurança, automação, mobilidade e produtividade sejam garantidas, mitigando riscos e oferecendo o suporte necessário para que os clientes cresçam cada vez mais.

Posts relacionados

Backup em nuvem: seu cliente está usando essa arma contra o cibercrime?

Saiba a importância do backup na nuvem e como ele pode salvar uma empresa de prejuízos em dados críticos ou tradicionais.

Qual a relação entre GDPR e Cloud Computing?

Segurança, implementação e mais: entenda melhor a lei europeia de proteção de dados e como ela está inserida no contexto de nuvem em TI.

5 tendências estratégicas para aplicar na Nuvem corporativa este ano

Containers mais abrangentes e crescimento do mercado de microsserviços são apenas algumas das tendências estratégicas para aplicar na nuvem corporativa este ano.

Escreva seu comentário