<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Cloud Blog
Toda informação da tecnologia está aqui.

9 mitos sobre a relação entre migração para a nuvem e Office 365


Acabe com os receios de seus clientes sobre os serviços do pacote Office 365 e a migração para a nuvem e ajude-os a alcançar mais segurança e produtividade.

Com a digitalização e virtualização incentivados pelas tecnologias da transformação digital, o movimento de migração para a nuvem do pacote Office 365 despertou nas empresas diversas dúvidas quanto à sua adoção, criando diferentes mitos.

Descubra a verdade por trás dos 9 principais mitos relacionados ao Office 365 e à migração para a nuvem e saiba como explicá-los para os clientes de sua revenda de TI:


Mito 1 - Só é possível usar o Office 365 online

Ao contrário do que muitos acreditam, essa versão do Office não é apenas a mesma ferramenta migrada para nuvem, mas um conjunto de serviços de produtividade, acessado tanto on quanto offline.

A grande diferença é que, com o Office 365 Pro Plus ou Business, é possível ter o licenciamento, implantação e atualização como um serviço, além da possibilidade de fácil armazenamento na nuvem, não utilizando o espaço disponível no dispositivo em que estão instalados.

O Office 365 ainda oferece aplicativos para controle de fluxo de trabalho e colaboração por meio do SharePoint Online e OneDrive for Business, a ferramenta de comunicação por vídeo e voz Skype for Business e uma rede social exclusiva para empresas, o Yammer.

Mito 2 - Migração de dados prejudica o controle sobre as informações empresariais

O que ocorre com a migração, na verdade, é o oposto, uma vez que a nuvem permite reduzir custos e tempo gasto por meio de automatização de atualização de softwares e por não possuir hardwares para receberem manutenção.


Desta forma, a equipe de TI se torna mais produtiva, podendo focar em elementos estratégicos dos negócios e em processos de gerenciamento, que aumentam o controle sobre a informação.


Mito 3 - Manter os dados em um local fixo é mais seguro do que na nuvem

Ainda que os riscos de invasão existam na nuvem, isso não significa que a segurança de um lugar fixo é maior. Os ataques cibernéticos existem nos dois contextos, mas o número de soluções e controles para a nuvem ainda é maior.

A segurança do Office 365 é garantida pelos altos padrões da Microsoft, que possui uma equipe dedicada, limitação de tráfego e prevenção, detecção e mitigação de violações para proteger os dados.


Mito 4 - Tenho que migrar tudo para a nuvem

A migração para a Nuvem não significa que a empresa inteira deve ser virtualizada. Existe a possibilidade de adoção de infraestruturas híbridas, com parte das aplicações e processos alocados em data centers físicos.

A escolha, no momento da migração, depende mais das necessidades da empresa e, mesmo quando há a necessidade de que tudo esteja na nuvem, é possível realizar o processo de maneira gradual.


Mito 5 - A migração para a nuvem é muito complicada para a minha empresa gerenciar

O Office 365 toma como base as ferramentas e processos que a própria empresa possui para executar as migrações, além de oferecer todas as informações necessárias para que ela ocorra da maneira mais simples possível.

Não é certo afirmar que a migração é algo fácil, mas existem iniciativas mais ágeis e possibilidades rápidas para a migração de dados, junto com diferentes dicas e direcionamentos que a Microsoft pode oferecer para que sua empresa faça a migração sem problemas.


Mito 6 - A nuvem representa maiores riscos de espionagem corporativa e ataques cibernéticos aos dados empresariais

O Office 365 garante a proteção das informações na Nuvem por colocar nas mãos das equipes de TI o gerenciamento de acessos, configurações de direitos e restrições. Dessa maneira, a empresa não perde o controle dos dados e mantém todos os direitos do que é armazenado pela aplicação.

Os padrões de privacidade em Nuvem estabelecidos pela Microsoft são reconhecidos internacionalmente e garantem maior segurança para o armazenamento. O controle oferecido é total, cabendo ao proprietário dos dados autorizar acessos ou recusá-lo.


Mito 7 - O Skype e o Skype for Business são a mesma coisa

Apesar de apresentarem basicamente as mesmas funções, o Skype for Business foi desenvolvido especificamente para a realidade empresarial. Ele disponibiliza um acesso de até 250 pessoas em reuniões online, garante o gerenciamento eficiente de usuários e tem integração com os demais aplicativos do Office 365.

É possível, ainda, contar com beneficios relacionados à produtividade e segurança, não depender de um administrador dedicado para os serviços, estar integrado ao Skype e contar com suporte 24h e atualizações.


Mito 8 - A migração de email não fica mais simples na nuvem

A simplicidade do e-mail é garantida na migração para a Nuvem, onde o próprio software faz a manutenção necessária. Assim, a equipe de TI pode focar no controle de recursos da empresa ao invés de se focar na manutenção de hardwares e constantes configurações.

O processo de automatização de atualizações e correções, então, não só simplifica o uso do email, mas libera os membros da equipe para que se foquem em elementos mais importantes para o negócio, aumentando a produtividade e gerando valor agregado.


Mito 9 - Constantes atualizações podem ser prejudiciais para o desempenho aplicações essenciais ao negócio.

É comum que surjam preocupações relacionadas a desempenho quando ferramentas e aplicações são atualizadas. No entanto, o Office 365 tem como principal compromisso garantir a compatibilidade com as versões anteriores, mantendo um padrão mundial de seus aplicativos. Além disso, as atualizações são feitas em Nuvem, de forma que o desempenho de outros aplicativos não é afetado durante as atualizações.

Com estes argumentos, a tarefa de mostrar ao cliente os benefícios da migração para a Nuvem fica ainda mais simples.

Posts relacionados

Backup em nuvem: seu cliente está usando essa arma contra o cibercrime?

Saiba a importância do backup na nuvem e como ele pode salvar uma empresa de prejuízos em dados críticos ou tradicionais.

Qual a relação entre GDPR e Cloud Computing?

Segurança, implementação e mais: entenda melhor a lei europeia de proteção de dados e como ela está inserida no contexto de nuvem em TI.

5 tendências estratégicas para aplicar na Nuvem corporativa este ano

Containers mais abrangentes e crescimento do mercado de microsserviços são apenas algumas das tendências estratégicas para aplicar na nuvem corporativa este ano.

Escreva seu comentário