<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Cloud Blog
Toda informação da tecnologia está aqui.

4 dicas para garantir a segurança e eficiência da migração para a nuvem

Descubra os elementos essenciais do processo de virtualização dos negócios e entenda como orientar seus clientes durante a migração.

Com o processo de virtualização se tornando mais intenso e a crescente preocupação com a segurança dos negócios, e consequentemente de seus dados, muitas empresas buscam nas revendas de TI soluções mais efetivas de migração e gerenciamento da nuvem.

A necessidade de se proteger e de garantir maior mobilidade e acessibilidade com custos reduzidos, tem feito a procura por modelos de serviço crescer. Assim, a flexibilidade e elasticidade do SaaS, PaaS e IaaS, entre outros, chamam cada vez mais a atenção.

Mas esse mesmo crescimento do interesse na nuvem por parte das empresas acaba se refletindo em um interesse dos cibercriminosos, de forma que o cuidado nos processos de migração dos grandes volumes de dados atualmente produzidos deve ser redobrado para garantir sua segurança.

A escolha de uma infraestrutura de processos e armazenamento em nuvem oferece, entre seus benefícios, a redução de custo por não ter a necessidade de pagamento por um espaço vazio que fica estagnado até ser utilizado. Sua flexibilidade de escalabilidade permite que seja pago apenas o espaço utilizado e que o espaço de armazenamento disponível seja ampliado ou reduzido de acordo com a necessidade.

Mesmo com as facilidades e benefícios, a nuvem ainda é motivo de receio por parte de alguns administradores. Na maioria das vezes, a preocupação é relacionada com a conformidade, visibilidade das operações, possibilidades de restrição de acesso e perda de dados.

Assim, mesmo que a migração para a nuvem pareça atrativa, os riscos de segurança que ela apresenta ainda se colocam como um obstáculo para seu crescimento. No entanto, quando consideramos que todo servidor, locais ou na nuvem, estão sujeitos a ataques, mesmo que minimamente, passa a ser possível estabelecer a comparação ao afirmar que a nuvem representa uma proteção maior em decorrência do armazenamento em data center e por serem gerenciados por equipes de TI mais qualificadas.

Para uma migração eficiente e segura para a nuvem é necessário planejamento e a escolha de uma solução de TI que assegure toda a funcionalidade e acessibilidade que o negócio precisa.

Confira a seguir 4 dicas fundamentais que devem ser consideradas na hora de migrar para a nuvem:


Dica 1 – Segregue os tipos de informação

É essencial separar as informações mais críticas e sensíveis antes de iniciar o processo de migração, evitando erros na hora de escolher o tipo de nuvem em que os dados serão armazenados. É observando tipos de dados e aplicações que se determina as definições de segurança e quais elementos é melhor manter em servidores locais.


Dica 2 – Escolha a modalidade de nuvem adequada

Depois de observados os dados é necessário escolher a modalidade de nuvem que melhor se adapta às necessidades do negócio. As principais escolhas acabam ficando entre software, plataforma ou IaaS (Infraestrutura como serviço) e nuvem pública, privada e híbrida, além dos modelos mais específicos.


Dica 3 – Defina uma boa arquitetura

Escolher por uma arquitetura segura e inteligente é essencial para garantir a efetividade e proteção que a migração vai oferecer para as aplicações do negócio. É preciso avaliar, principalmente, as opções de solução de backup, virtualização, especificações para servidores e armazenamento. O elemento mais importante da arquitetura é a configuração de segurança, que deve ser composta de firewalls, detecção de presença maliciosa, gestão de identidade, criptografia, detecção de vulnerabilidades e diversos outros.


Dica 4 – Escolha atentamente o provedor

As políticas para nuvem do provedor escolhido podem ter impactos muito negativos se não estão de acordo com as necessidades do negócio, sendo necessário observar o que cada política oferece, estabelecer acordos SLA e ter a certeza de que o provedor pode suportar as demandas exigidas, possuindo metodologias claras para situações de instabilidade do servidor.

Ainda que envolva muitas etapas e elementos, escolher um serviço de nuvem eficiente e completo pode tornar a migração mais rápida e eficiente. Para isso, a Microsoft oferece as soluções de migração para a nuvem do Azure, uma plataforma virtual completa e segura.

O Azure oferece todo o suporte para uma nuvem híbrida, com soluções de recuperação de desastre, proteção de dados, personalização de cargas de trabalho e otimização contínua das aplicações contratadas.

São recursos robustos com um suporte diferenciado que vão auxiliar os negócios de seus clientes a entrar nos processos de transformação digital de maneira mais simples e eficiente. A venda de soluções Azure pode ser um dos maiores diferenciais para Revendas de TI que buscam oferecer serviços de qualidade e completos.

Posts relacionados

Setor de energia está sendo alvo de cibercriminosos

Se você achou que os cibercriminosos traziam problemas para dados digitais, este artigo veio para dizer que você estava enganado. Conheça o novo alvo dos vírus e dos malwares.

Por que as companhias de tecnologia estão assinando acordos contra ciberataques?

Um acordo firmado ano passado mostra que as empresas estão se juntando contra um mal a cada dia maior: os ciberataques.

Como funciona a máfia do cibercrime?

Veja dados sobre a máfia do cibercrime e como os cibercriminosos atuam e alerte seus clientes para investir mais em segurança.

Escreva seu comentário