<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Carreira em TI: quais especializações estão em alta?

Saiba quais são as principais habilidades requisitadas pelas empresas e que farão os profissionais se destacarem no mercado competitivo.

 

Carreira em TI: quais especializações estão em alta?

 

 

A projeção para 2018 é de que as empresas continuarão a adotar a transformação digital em seus negócios e a modernizar suas infraestruturas. Isso já está, e continuará, gerando novas demandas e incentivando novos profissionais, especializados nas novas tecnologias, capazes de lidar com essas mudanças nas estruturas das organizações.

O setor de tecnologia é muito dinâmico e exige que seus profissionais se ajustem e ampliem seus conhecimentos o tempo todo para que consigam se manter em um mercado cada vez mais competitivo.

O grande volume de dados gerados pela sociedade nos últimos anos tem exigido que as empresas consigam acompanhá-los, passando a gerenciar todas essas informações de forma digital. Assim, a tecnologia que antes era secundária nos negócios passou a ser estratégica e essencial para que a organização tenha bons resultados.

Essa transformação foi um dos fatores que fez crescer a demanda por novos profissionais, impulsionando as contratações do setor. Além disso, novas tecnologias e tendências passaram a fazer parte do ambiente corporativo, como o avanço da Internet das Coisas, o blockchain, Big Data Analytics, o ambiente virtual e novas táticas de segurança da informação, entre outros.

Todas essas inovações vieram para aprimorar os processos e tomada de decisões das empresas, e exigem novas habilidades técnicas para que o impacto nas operações da empresas sejam bem-sucedidas, tornando, assim, a TI um diferencial para empresas que buscam sempre por melhores resultados.

Como se trata de um setor que muda constantemente, algumas carreiras continuam em alta, enquanto outras já se tornaram obsoletas, surgindo novas especializações em seu lugar. Devido a todas essas transformações, a tendência é de que o mercado de TI continue crescendo durante o ano de 2018, portanto é essencial se atualizar.

 

Treinamentos Westcon

 


Confira quais são as principais carreiras nas quais os profissionais que querem se aprimorar devem se focar:


1 - Cientista de Dados

A capacidade de interpretar e saber como aplicar de forma efetiva o enorme fluxo de dados

gerados pelos usuários tem se tornado fundamental para todas as empresas. O profissional com essa habilidade é um dos mais requisitados atualmente.


Para se tornar um especialista, é necessário ter uma formação bastante ampla, dominando softwares de análise e estatísticas. Quem assume esse cargo será responsável por capturar, organizar e analisar todas as informações corporativas, vindas dos sistemas, de usuários, clientes e outras fontes de dados.

Seu diferencial é saber cruzar todos esses conteúdos, vindos de diferentes origens, e torná-los fáceis de utilizar e aplicáveis aos negócios da corporação.

2 - Desenvolvedores DevOps

Quem desenvolve essa carreira deve lidar com o desenvolvimento de aplicações e com suas manutenções e adaptações. 


Os especialistas na metodologia ágil utilizam abordagens que garantem mais velocidade aos desenvolvimentos, utilizando ferramentas e uma cultura que visam aumentar a frequência de implantações, reduzir o lead time e as taxas de falhas durante mudanças e reparos de erros.

O profissional deve focar seus estudos principalmente em Java, JavaScript, Python, Ruby, além de ter habilidades para lidar com desenvolvimento de APIs e práticas de Scrum.

3 - Especialista em Cloud Computing

A Nuvem já faz parte do ambiente corporativo há alguns anos, exigindo que as empresas evoluam suas soluções e conhecimentos para lidar com a virtualização. Assim, o profissional dessa área deve ser capaz de planejar, executar e direcionar a capacidade de processamento e armazenamento de informações nela.

Além disso, ele precisa se preocupar com outras questões intrínsecas à Computação em Nuvem, como espaço, largura de banda e segurança da informação.

4 - Analista de Business Intelligence (BI)

Para quem visa seguir esta carreira, é preciso direcionar seu conhecimento para a interpretação e análise de dados. Ele deve ter experiência com tecnologias de base de dados e ferramentas de análises e relatórios. Além disso, irá coletar informações para identificar problemas e oportunidades de negócios.

Sua função dentro da empresa será analisar o banco de dados corporativo para identificar as necessidades da organização e, assim, poder ajudar a diretoria e gestores na tomada de decisões estratégicas para melhorar os negócios.

5 - Scrum Master

O Scrum Master é responsável por utilizar metodologias ágeis e processos objetivos para gerenciar as equipes de desenvolvimento da empresa.

Ele desempenha um dos principais papéis da equipe Scrum e deve se focar em ajudar todos os colaboradores a compreenderem os valores, princípios e práticas dessa metodologia. Esse profissional precisa ser um verdadeiro facilitador e motivador do time Scrum.

Quem visa seguir esta carreira deve ter em mente de que ela é repleta de desafios, sendo necessário conhecer a fundo a metodologia Scrum, usando suas técnicas e habilidades para alcançar o objetivo final de cada projeto e entregar valor aos negócios

6 - Chief Digital Officer (CDO)

O diretor digital é responsável por fazer a conexão entre tecnologia e negócios dentro de sua empresa. Essa função é nova, mas sua importância já tem crescido no mercado.

Ele deve ser capaz de entender as dificuldades e novas necessidades de sua organização e alinhá-las às novas tecnologias adotadas, como Big Data, Cloud Computing, Inteligência Artificial, Internet das Coisas, entre outras. Assim, o CDO consegue promover a inovação e tornar os negócios mais lucrativos.

7 - Especialista em UX (Experiência do Usuário)

Outra função que tem sido muito valorizada pelas empresas é a deste especialista. Ele é responsável por planejar a interação com o usuário final.

O profissional deve garantir uma melhor experiência aos usuários, pensando de forma abrangente quais são as melhorias necessárias, sempre priorizando oferecer o melhor uso possível aos clientes da empresa.

O especialista em UX deve ser capaz de estruturar a rede de canais de contato de produtos e serviços da empresa e garantir o aperfeiçoamento de todos os canais de clientes, como e-mails, site, chats, entre outros.


Os novos cargos não param por aí, os profissionais de TI devem estar sempre atentos às novas oportunidades, que surgem constantemente. A capacitação para lidar com essas novas demandas é primordial para que os profissionais evoluam em suas carreiras e tenham as habilidades requisitadas para lidar com os grandes volumes de dados e transformações vividas no mundo corporativo digital.

 

Posts relacionados

Como os canais de TI devem trabalhar a experiência dos clientes?

Utilizar a tecnologia como aliada é o grande diferencial para se destacar no mercado e atrair novos consumidores.

Conheça os 10 melhores empregos em TI da atualidade

Os profissionais de TI nunca foram tão necessários e, hoje, há uma gama gigantesca de oportunidades na área.

 

5 erros fatais que os gestores de TI não podem cometer

Esse profissional deve se manter atento aos mínimos detalhes sobre as tecnologias utilizadas em sua empresa para que nenhum tipo de problema afete os negócios.

Escreva seu comentário