<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL SYNNEX WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

Auditoria de segurança de rede: o que é e como fazer?

Entenda a importância desse processo para o dia a dia das corporações e aprenda a executá-la corretamente.

 

A segurança da informação é um dos assuntos mais importantes atualmente para as empresas. É necessário que elas sejam capazes de lidar com os enormes fluxos de dados gerados e armazenados em seus ambientes, garantindo a privacidade deles, além de protegê-los contra as ciberameaças, que estão cada vez mais inteligentes e assertivas.

À medida que a LGPD se aproxima, ter certeza de que todos os dados vão trafegar de forma rápida e segura tornou-se uma prioridade para as equipes de TI. As empresas precisam estar em conformidade com todas as normas de segurança da informação para evitar sofrer penalidades e multas altíssimas.

Portanto é fundamental monitorar de perto todas as operações e serviços realizados na rede corporativa para garantir que as regras e políticas de segurança da empresa sejam seguidas. Para isso, a empresa deve contar com a realização periódica de auditorias de segurança.

Uma auditoria de segurança de rede pode garantir que os processos realizados na infraestrutura interna de uma organização sigam padrões elevados de proteção, criando, assim, uma rotina eficiente e confiável.

Quer saber mais como o processo de auditoria de segurança de rede funciona e por qual motivo são tão importantes? Continue a leitura do texto de hoje!

O que é auditoria de segurança de rede?

Auditoria de segurança de redes é um conjunto de procedimentos que são executados regularmente para manter a proteção e efetividade das atividades de uma organização. Ele envolve a realização de uma série de testes que garantem que as normas, políticas e protocolos de segurança sejam seguidos por todos os usuários.

O serviço de auditoria cataloga boas práticas, avalia processos e rotinas do negócio, identifica falhas em equipamentos e processos, indica os pontos que necessitam de melhoria e quais as melhores soluções para eles.

Após todas as suas análises, a auditoria apresenta relatórios de evidências e não conformidades encontrados, apontando planos de ações com medidas efetivas para garantir a integridade das informações na rede.

Por meio desse processo, é possível rastrear vulnerabilidades e avaliar os riscos aos quais os usuários estão expostos. Desse modo, a auditoria de segurança de redes auxilia as empresas a otimizarem seus processos de proteção sem necessitar de altos investimentos em ferramentas tecnológicas modernas.

New call-to-action

Como fazer a auditoria de segurança de rede?

Para que a auditoria seja bem-sucedida, é necessário que a empresa faça um escopo bem definido. Muitas vezes, contratar auditores externos que possuam mais experiência no assunto pode ser a melhor opção.

É necessário que os auditores trabalhem junto aos gestores de todos os outros setores para que seja possível implementar as rotinas de monitoramento corretamente.

Confira a seguir algumas dicas para realizar a auditoria de segurança de rede com eficiência:

1. Definir o escopo do projeto

Para que toda a rede seja auditada, é necessário identificar tudo o que deve ser verificado, como a validação dos softwares e sistemas operacionais, verificação do desempenho da rede e equipamentos, configuração dos backups de dados, entre outros pontos importantes.

A empresa deve definir todos os componentes que precisam ser verificados para criar o escopo do projeto e promover melhorias contínuas na rede.

2. Estabelecer uma periodicidade para o processo

A auditoria apenas será efetiva quando realizada regularmente. Por isso é importante determinar de quanto em quanto tempo ela deve ser realizada. Além disso, a organização deve estabelecer processos de monitoramento para garantir que todos os colaboradores estejam segundo as políticas e diretrizes estipuladas.

Para isso, a TI deve identificar quais são os principais erros e fragilidades da rede para criar uma rotina de gestão. Assim, é possível acompanhar a saúde da rede constantemente e garantir que os sistemas estejam preparados para a próxima auditoria.

3. Contratar auditores externos

Realizar auditorias de segurança de rede não é uma tarefa fácil. Por isso, contratar profissionais especializados no assunto pode garantir ainda mais o sucesso desse processo.

Ao fechar parceria com uma empresa focada em auditorias de segurança, é possível garantir que todos os pontos importantes e normas da atualidade serão considerados no processo para assegurar a proteção das informações.


Posts relacionados

6 passos para proteger os usuários remotos em grande escala

Para garantir a continuidade dos negócios é necessário investir nos recursos de segurança certos para os colaboradores em home office.

Como adequar os serviços em Nuvem à LGPD?

Devido ao coronavírus, a vigência da lei de proteção de dados é adiada. No entanto, é fundamental que as empresas continuem tomando as medidas necessárias para entrar em conformidade.

Mobilidade e segurança: como garantir a proteção dos usuários e dispositivos?

Para que as empresas sejam capaz de oferecer segurança em qualquer lugar e para qualquer dispositivo é necessário contar com a plataforma de segurança de rede Strata ™ da Palo Alto.

Escreva seu comentário