<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.
  • Westcon-Comstor lança o BlueSky Solutions Markeplace
  • Free Trial SEP Cloud - Alta proteção de endpoints com uma solução intuitiva. Ofereça já para seus clientes.
  • Partner Portal
  • Acesse agora
  • Partner Portal
  • _banner-home-mobile_-symantec-sep-cloud.png

A Era da nuvem finalmente está entre nós

Postado por Equipe Westcon em 21/dez/2016 5:00:00

Essa tecnologia representa não só o futuro dos negócios, mas de todo o departamento de TI. A sua implementação pode significar a sobrevivência de seu cliente no mercado.

 

A Era da nuvem finalmente está entre nós

 

Atualmente, a nuvem já é realidade entre a maioria das empresas e, nos próximos anos, esse número tende a multiplicar. Os líderes de TI de grandes corporações já planejam migrar até 20% de todas as cargas de trabalho x86 para IaaS públicos ou ambientes de Plataforma como serviço (PaaS) no prazo de dois a três anos, além de dobrar suas operações na nuvem privada nesse mesmo período.


O momento é de consolidação das profundas transformações nos modelos computacionais e no papel da TI nos negócios que o Cloud Computing proporcionou. A nuvem deixa de ser apenas uma opção comparável aos modelos tradicionais para substituí-los. Este é o início da era pós-cloud.


A nuvem trouxe uma série de possibilidades para a vida das pessoas e das empresas. Hoje, é possível realizar backups com apenas um clique, usar as mesmas aplicações em diversos dispositivos, salvar dados de forma segura, entre outros. Tudo isso pode ser acessado de qualquer lugar, basta apenas uma conexão com a internet.

Ainda que os custos menores também sejam um atrativo desse modelo, os líderes de TI têm percebido que este não é o principal fator que move essa transformação mas sim os benefícios em questão de redução de tempo das operações e qualidade dos serviços já que com a nuvem você pode decidir aumentar ou diminuir sua infraestrutura de tecnologia na hora que quiser.


A fase é de evolução tanto do modelo de Cloud como da área de TI, que começa a assumir novos papéis dentro das organizações. O processo de automatização que a nuvem permite é essencial para alcançar maior eficiência operacional, ou seja, não faz mais sentido gestores gastarem horas ou dias para fazer upgrades de software ou executar tarefas. Tudo pode ser realizado em questão de minutos.

 

Mas, com a consolidação desse modelo, qual passa a ser o papel da TI?

 

A área de TI começa a modernizar, deixando de se preocupar com o controle dos recursos computacionais, que passam a ser responsabilidade dos provedores externos da nuvem. Uma questão que gera preocupação está relacionada aos tradicionais modelos de TI, que deixarão de ser essenciais neste modelo. Porém, o que ocorrerá, na verdade, é a necessidade de se adaptar ao novo ambiente.


Os departamentos de TI das empresas passarão a focar mais na padronização dos serviços do que nas próprias tecnologias. Assim, em vez da preocupação em definir padrões para essas inovações, os gestores começam a buscar padrões de serviços em nuvem.


A TI vai deixar de ser vista como um suporte do negócio para ser parte integrante dele. Praticamente todas as decisões corporativas passam a incluir tecnologias desde o seu início. Ela estará tão alinhada aos investimentos e produtos, que praticamente em qualquer serviço oferecido, seja aos clientes ou para o uso interno da companhia, a TI estará em sua composição. Essa “nova TI” passará a ser vista como geradora de receita para os negócios e não um custo a mais.


O período é de transição, já está claro que empresas de todos os nichos e tamanhos já estão na corrida até a nuvem. Por isso, as organizações e CIOs devem se preocupar em criar estratégias de transformações do seu centro de negócio para não ficarem para trás. Pensar na nuvem como apenas uma alternativa não é mais opção. A questão agora é decidir quando e com qual velocidade é possível realizar a migração.

 

Conheça o BlueSky

Categoria(s): Cloud Computing