<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL SYNNEX WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

7 estratégias para escolher corretamente um fornecedor de Cloud Computing

Existem algumas práticas importantes a serem seguidas para manter seus dados e sua empresa protegidos contra danos.

 

Escolher os melhores fornecedores de Cloud Computing se torna essencial para o sucesso a longo prazo. No entanto, o mercado disponível é vasto, com uma infinidade de provedores oferecendo um número ainda maior de serviços.

Há opções para todos os gostos. Desde gigantes do mercado — como Microsoft, Amazon e Google — até players de nicho menores que oferecem serviços sob medida.

Por tantos benefícios que a Nuvem oferece às empresas, surgem tantos desafios. Um desses desafios é estabelecer e manter a segurança adequada dos dados.

A melhor maneira de garantir segurança de TI contínua e eficaz é contratar um provedor de serviços gerenciados que seja parceiro em seus esforços.

A segurança como serviço não é apenas uma maneira de resolver esse problema de maneira eficaz — ela permite trocar todos os custos fixos e imprevisíveis por um pagamento mensal fixo e a experiência das pessoas que lidam com esses problemas.

Por esse motivo, existem algumas práticas importantes a serem seguidas para manter seus dados e sua empresa protegidos contra danos.Uma delas é a seleção do melhor parceiro de Nuvem. A seguir, seguem 7 estratégias para contratar o melhor fornecedor de Cloud Computing.

1. Escolha fornecedores com cuidado

Você deve entender as políticas exclusivas de segurança cibernética dos fornecedores de Nuvem, onde elas se sobrepõem e, mais importante, onde não. Se o seu fornecedor de Nuvem não estiver em conformidade com as regras e regulamentos do seu setor (como o HIPAA), sua empresa não estará em conformidade.

Se seu fornecedor de Nuvem não tem segurança, sua empresa não tem segurança. Garanta a entrada de profissionais de segurança cibernética, conforme necessário, a fim de avaliar adequadamente seu fornecedor de nuvem.

2. Se atente à governança e segurança de dados

Você já pode ter um esquema de classificação de dados que define tipos de dados de acordo com a sensibilidade e/ou políticas de residência de dados. No mínimo, você deve estar ciente das regras regulatórias ou de privacidade de dados que regem os dados pessoais.

Com isso em mente, o local em que seus dados residem e as leis locais subsequentes às quais estão sujeitos podem ser uma parte essencial do processo de seleção. Se você possui requisitos e obrigações específicos, deve procurar fornecedores que ofereçam opções e controle sobre a jurisdição na qual seus dados são armazenados, processados ​​e gerenciados.

Os provedores de serviços em Nuvem devem ser transparentes sobre seus locais de data center, mas você também deve se responsabilizar por descobrir essas informações.

3. Tenha visibilidade total

Visibilidade total significa otimizar seus ambientes o máximo possível. Seu parceiro de Nuvem deve fornecer a você um conjunto completo de métricas que fornecerão informações sobre a totalidade do seu ambiente 24/7.

Sem esse nível de visibilidade, você não poderá identificar recursos superprovisionados (para economia de custos) e ativos zumbis (que poderiam ser usados ​​como uma maneira de obter acesso à sua infraestrutura de alguém de fora).

4. Avalie a relação com fornecedores

Avaliar o relacionamento do fornecedor com os principais fornecedores, seus níveis de credenciamento, recursos técnicos e certificações da equipe, é um exercício que vale a pena. Eles suportam ambientes de vários fornecedores e podem dar bons exemplos.

Pense se os serviços oferecidos se encaixam em um ecossistema maior de outros serviços que possam complementá-lo ou apoiá-lo. Se você está escolhendo um CRM SaaS, por exemplo existe um mercado na Nuvem para comprar serviços gratuitos pré-configurados para integrar-se efetivamente na mesma plataforma?

5. A automação orientada a políticas é uma obrigação

Gerenciar a segurança de um ambiente em Nuvem sem o parceiro certo é difícil. Você precisa de um parceiro que adote a automação moderna e possa ajudá-lo a criar políticas que o alertem para recursos insuficientes. Eles devem configurar notificações para situações em que os funcionários não cumpram as políticas de segurança na Nuvem.

6. Teste a confiabilidade e desempenho

Existem vários métodos que você pode usar para medir a confiabilidade de um provedor de serviços. Primeiro, verifique o desempenho do provedor de serviços em relação aos seus SLAs nos últimos 6 a 12 meses. Alguns provedores de serviços publicam essas informações, mas outros devem fornecê-las, se solicitado.

Não espere perfeição: o tempo de inatividade é inevitável e todo provedor de Nuvem experimentará isso em algum momento. É como o provedor lida com o tempo de inatividade que conta. Certifique-se de que as ferramentas de monitoramento e geração de relatórios oferecidas sejam suficientes e possam se integrar aos seus sistemas gerais de gerenciamento e geração de relatórios.

Verifique se o provedor escolhido estabeleceu, documentou e comprovou processos para lidar com o tempo de inatividade planejado e não planejado. Eles devem ter planos e processos para documentar como planejam se comunicar com os clientes durante os períodos de interrupção, incluindo pontualidade, priorização e avaliação do nível de gravidade dos problemas.

7. Descarregue tarefas administrativas para automação

Seu parceiro de Nuvem deve transferir tarefas administrativas para automação, o que garante que seus funcionários humanos reais possam dedicar a máxima atenção a outras tarefas importantes. Por fim, isso será de maior valor para os negócios e também manterá os funcionários se sentindo engajados e produtivos.


Posts relacionados

Crescimento dos investimentos em Cloud Computing: quais modelos “as a service” utilizar?

Muitas empresas estão adquirindo recursos de computação em nuvem para manter a continuidade de suas operações mesmo no Home Office. Veja as opções de modelo desse serviço que podem ser adquiridas.

4 passos para ter sucesso no gerenciamento de Hybrid Cloud

Realizar a gestão de diversos serviços em Nuvem ao mesmo tempo é desafiador. Entenda como fazer isso de forma bem-sucedida.

Como a Cloud Computing pode ajudar o setor da educação em tempos de coronavírus?

Para as instituições de ensino que estão precisando utilizar a metodologia EAD, um dos principais benefícios da tecnologia em Nuvem é a economia de tempo e dinheiro.

Escreva seu comentário