<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

6 tendência para o mercado de Data Center para os próximos anos

A indústria de DC tem passado por várias transformações para acompanhar o desenvolvimento das novas tecnologias e, por isso, as empresas precisam se adaptar para se manterem competitivas.

 

 

 

Com a chegada da era digital, as atividades comerciais se tornaram mais dinâmicas e competitivas. Para acompanhar esse contexto, as empresas precisaram apostar, cada vez mais, em seus dados para melhorar suas tomadas de decisões e saírem na frente no mercado.

O Data Center (DC) tornou-se peça-chave nesse cenário, visto que auxiliam as empresas a executarem processos avançados com maior flexibilidade e agilidade e podem ser utilizados para armazenar e processar dados.

Diante desse papel estratégico, os Data Centers passaram por diversas mudanças nos últimos anos, deixando de ser infraestruturas tradicionais no local para se tornar ambientes otimizados na Nuvem.

Nos próximos anos, o DC se adaptará ainda mais para permitir a integração com novas tecnologias e processos de TI que estão surgindo no mercado.

Quer saber mais sobre as principais tendências que marcarão o mercado de Data Centers? Confira a seguir:

Grandes tendências para o mercado de Data Centers

O Data Center está cada vez mais inteligente, incluindo a virtualização em sua infraestrutura e componentes de serviços e aplicações. Isso abrange todo o seu fluxo de trabalho, o que rompe com sua antiga abordagem tradicional.

Para acompanhar a Transformação Digital, o mercado de DC investiu em grandes inovações, passando a desenvolver e implementar estratégias mais flexíveis e inteligentes. Apenas assim é possível garantir que o DC seja gerenciado corretamente para suportar a contínua otimização das operações corporativas.

A partir de todas essas mudanças, podemos destacar 6 grandes tendências para os Data Centers nos próximos anos. São elas:

1. Edge Computing simplificado

Edge Computing é um recurso de computação que busca absorver, armazenar, filtrar e enviar dados para sistemas na Nuvem. Ele está intimamente ligado à evolução da IoT, permitindo que as empresas consigam lidar com o maior fluxo de dados.

O resultado disso é um Edge Computing mais robusto, eficiente e simplificado. Isso o torna mais inteligente e autossuficiente, possibilitando uma aproximação com o usuário final a partir de uma computação mais potente e de baixa latência.

2. Novos perfis de equipes

As transformações no DC estão mudando a forma como as equipes de TI precisam estar estruturadas. Para garantir a performance dos equipamentos, é necessário que as empresas invistam na contratação de especialistas.

Novos cargos serão vistos nas empresas, como gestores de segurança e de banco de dados. Apenas com a ajuda de profissionais capacitados para gerenciar e manter os dispositivos de Internet das Coisas será possível aproveitar todas as vantagens do Data Center moderno.

3. Influência da Internet das Coisas

O impacto da IoT no Data Center será direto e indireto, por isso é crucial que as empresas estejam ligadas à essa tendência.

A IoT está aumentando cada vez mais o volume de informações no DC, o que exige algumas adaptações para garantir a alta performance, como nas conexões de rede e segurança.

Além disso, a IoT auxiliará na coleta de dados por meio de sensores, o que otimiza os processos de manutenção e gestão das informações, além de tornar o ambiente mais seguro.

4. Conectividade 5G

Outra tendência que irá impactar o Data Center nos próximos anos é o 5G. Graças a esse novo padrão de conectividade móvel será possível suportar um número muito alto de dispositivos conectados, trocando dados simultaneamente.

Dessa forma, as empresas devem preparar seus Data Centers para lidar com essas conexões de dados e suportar grandes fluxos contínuos de informações para que não haja perda de performance, latência ou interrupções.

Para isso, é necessário investir na expansão da capacidade de rede do Dc para garantir a qualidade dos serviços e suporte dos dispositivos.

5. Sistemas de armazenamento híbridos

Para auxiliar as análises de Big Data com alta capacidade, os Data Centers estão passando por uma série de mudanças. A tendência para lidar com essa situação é a adoção de novos sistemas de armazenamento.

Os dispositivos de armazenamento híbrido e SSDs estão se tornando populares no mercado por serem capazes de permitir que os bancos de dados funcionem com alta performance para capturar e analisar dados.

Por isso, muitas empresas estão apostando nela para tornar o acesso mais ágil aos arquivos e a experiência mais dinâmica. Além disso, os dispositivos SSDs podem melhorar a gestão de custos, a durabilidade dos equipamentos e reduzir os custos.

6. Soluções de segurança avançadas

A segurança dos dados é cada vez mais essencial para o sucesso dos negócios. Por isso, nos próximos anos, as empresa deverão investir mais na segurança de seus os Data Centers, adotando soluções modernas para evitar e mitigar qualquer tipo de vulnerabilidade.

As principais tendências para esse cenário são os softwares que utilizam recursos de Inteligência Artificial para detectar ataques. Essas soluções avançadas conseguem identificar situações de risco sem depender da detecção prévia do malware pela TI, mitigando o risco ativamente.

Essas são as principais tendências que marcarão às transformações no Data Center para os próximos anos. É necessário que as empresas estejam prontas para aderi-las em seus ambientes, apenas assim possuirão uma infraestrutura capaz de processar informações em grande quantidade e com segurança. Isso é fundamental para se manter estratégica e competitiva no mercado digital. 

Posts relacionados

4 fatores decisivos ao escolher o melhor Data Center para os negócios

A melhor infraestrutura pode variar de empresa para empresa, no entanto alguns requisitos são cruciais para que as organizações consigam atender a todas as suas demandas.

Como a tecnologia 5G irá transformar o Data Center?

A conectividade 5G introduz a ideia da metodologia “muitos para um” no que se refere à conectividade sem fio.

4 passos para economizar com o Data Center

Para investir nessa infraestrutura sem perder a eficiência, é necessário tomar algumas medidas para reduzir os custos com o ambiente.

 

Escreva seu comentário