<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

6 maneiras práticas para as empresas utilizarem a Realidade Aumentada

A tecnologia que veio para ficar já está inserida em praticamente todos os grandes segmentos.

 

6 maneiras práticas para as empresas utilizarem a Realidade Aumentada

 

A Realidade Aumentada (RA) já faz parte do nosso vocabulário tecnológico. Trata-se de um ambiente de imersão criado por computador em que se promove a interação entre o mundo virtual e o mundo físico. Ela pode ser considerada a tecnologia mais impactante dos últimos tempos. Sua versatilidade a insere em diversos setores como indústria, saúde, educação, imobiliário, entre outros.

Tudo graças ao ritmo acelerado de novas tecnologias e ao fato de que todos nós carregamos dispositivos prontos para RA com os smartphones. Houve um tempo em que o software RA era lenta, não intuitivo e nem agradável de se ver. O fato é que as pessoas não usavam porque não gostavam.

A Realidade Aumentada não é uma nova tecnologia futurista, mas sim uma que está no presente, apenas esperando para assumir o controle. De fato, aplicada corretamente, ela possui vários casos de uso diferentes que podem melhorar positivamente seus negócios e sua produtividade e lucratividade.

A seguir você verá 6 maneiras práticas para aplicar a Realidade Aumentada no seu segmento. Veja qual dessas opções serve para você e boa sorte!

 

1. Ampliar a estadia na loja

Uma das maneiras mais óbvias que a RA pode ser usada é sugerida pelo Pokémon Go. Muitos negócios físicos testemunharam um aumento nas vendas quando o aplicativo foi lançado, apenas para descobrir alguns dias depois que eles eram um “PokeStop” e que as pessoas estavam parando para jogar o jogo e fazer compras enquanto estavam nele.

Lojas físicas podem usar Realidade Aumentada para aprimorar a experiência na loja com conteúdo adicional. Elas podem adicionar assistentes de Realidade Aumentada para fornecer uma experiência de compra mais personalizada sem contratar pessoal extra, ou pensar em outras estratégias similares.


2.Testar diferentes layouts

Essa dica é especialmente para quem trabalha com construção, decoração ou comunicação visual. Os arquitetos, por exemplo, podem usar a Realidade Aumentada para criar ambientes decorados virtuais.

Um imóvel pode ter vários layouts diferentes para atender o perfil de cada cliente. Assim, os clientes podem testar as melhores ideias e escolher a que mais se aplica aos seus anseios, sem gerar custo.


3. Fazer atendimento à distância

Para quem é do segmento de educação, vendas e corretagem de imóveis por exemplo, a Realidade Aumentada veio para otimizar o tempo e encurtar os caminhos para que os clientes conheçam e tenham acesso ao produto da empresa.

Ou seja, a empresa agora vai até o consumidor por meio da tecnologia. As reuniões podem ser virtuais e acontecer do aeroporto, de um café, da casa do cliente. A Realidade Aumentada derruba as fronteiras e insere a empresa na vida do consumidor.


4. Explicar conceitos complexos

Nem todos os produtos se vendem. Cada vez mais empresas estão se ramificando em produtos complicados que são difíceis de explicar e, portanto, difíceis de vender. A Realidade Aumentada fornece uma maneira de resolver esse dilema, mostrando essas soluções de uma maneira que as pessoas possam entender.

O RA é particularmente útil se você tiver um produto físico, pois ele permite que você "mostre" isso para as pessoas em uma configuração familiar para elas. Ainda assim, se você criar um produto de software ou oferecer um serviço, não há motivos para não encontrar uma maneira inteligente de fazer o RA funcionar para sua empresa.


5. Provar antes de comprar

Este é um dos favoritos entre as marcas de moda e outros fabricantes de bens físicos, pois permite que as pessoas vejam seus produtos em um ambiente familiar para eles. Esse recurso ajuda a criar uma conexão emocional entre os consumidores e seus produtos.

Marcas de moda podem permitir que as pessoas usem Realidade Aumentada para experimentar roupas virtualmente. Os desenvolvedores de jogos podem dar vida a seus personagens nas salas de estar dos consumidores. Os fabricantes de bebidas podem permitir que você coloque um coquetel virtual. Empresas de férias podem até mesmo simular uma ida a um dos diferentes destinos que elas oferecem. Fascinante, não!?


6. Treinamento

A Realidade Aumentada tem o potencial de mudar completamente a maneira como vemos o treinamento e a educação, porque nos permite simular cenários do mundo real. Ao contrário da realidade virtual, a RA normalmente não requer nenhuma tecnologia adicional além de um smartphone, algo aos quais seus funcionários já tenham acesso.

Uma das razões pelas quais ela é tão bem-sucedida quando se trata de treinamento é que todos nós aprendemos de maneiras diferentes. A Realidade Aumentada nos envolve pelos sentidos e fornece uma alternativa para aprender de uma forma diferente.


Ela veio para ficar

O melhor da explosão em Realidade Aumentada é que não é tão difícil como antes encontrar bons desenvolvedores que estão preparados para trabalhar com a tecnologia. As empresas de nicho estão surgindo o tempo todo. Elas atendem a tipos específicos de aplicações de Realidade Aumentada e o aumento da concorrência também ajuda a baixar os preços.

Assim como acontece com a maioria das novas tecnologias, o maior desafio não é encontrar o fornecedor certo de RA, mas sim encorajar a adoção entre os funcionários ou o público em geral.

A boa notícia é que a Realidade Aumentada veio para ficar, e as tecnologias estão cada vez melhores com o passar do tempo.

Posts relacionados

Quais as oportunidades da Indústria 4.0 para as empresas?

Redução de custos e aumento da produtividade são apenas alguns dos benefícios dessa revolução tecnológica.

Como as empresas podem lidar com a  escassez de cientistas de dados?

As organizações devem repensar, reciclar, reorganizar e buscar o preenchimento da lacuna de talentos da ciência de dados.

Qual será o futuro da Indústria 4.0?


À medida em que a indústria avança, estamos presenciando o início da transição para a Fábrica Inteligente.

Escreva seu comentário