<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL SYNNEX WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

6 dicas para lidar com um orçamento de TI limitado

Quando as metas são desafiadas pelo orçamento, alocar os recursos disponíveis de maneira inteligente e criativa deve ser medida prioritária. 

 

O orçamento do departamento de TI costuma ser limitado, e maximizar o uso desse valor é fundamental para tornar as operações do setor mais proveitosas. Afinal, qualquer redução nos gastos representa uma economia significativa, que pode ser revertida em investimentos estratégicos.

Diante da situação recessiva que a pandemia do novo coronavírus (COVID-19) trouxe, a preocupação dos CIOs com os recursos econômicos passa a ser ainda mais expressiva. Neste momento, uma avaliação cuidadosa da situação da organização e das necessidades do setor será indispensável para otimizar os resultados da alocação de recursos.

Para ajudar nesse processo tão desafiador, separamos 6 dicas para lidar com um orçamento de TI limitado. Confira em detalhes a seguir!

Como lidar com um orçamento limitado?

Veja agora 6 dicas para lidar com um orçamento de TI limitado, criar condições para que o setor cumpra suas metas específicas e influencie o desenvolvimento geral da organização.

1) Conheça a realidade do negócio

A primeira dica para otimizar o alocamento de recursos é conhecer a fundo as particularidades do negócio, considerando o cenário macro. Os CIOs devem ter uma visão clara das necessidades e metas organizacionais, somente assim, eles serão capazes de projetar com precisão o destino dos investimentos do setor de TI.

Fortaleça o poder de colaboração

 Mais do que nunca, o TI deve selecionar, executar e entregar os projetos que sejam mais impactantes para os negócios.

2)  Crie um planejamento financeiro para TI

O maior e mais amador erro que um CIO pode cometer é não ter um planejamento financeiro para TI. A falta de metas claras, definição de verbas específicas, estruturação de um cronograma, dentre outros, aumentam os riscos de esgotamento de recursos.

Ou seja, sem um planejamento adequado, as chances do setor de TI falhar com os seus propósitos setoriais e, consequentemente, com o desenvolvimento do negócio são expressivamente maiores, isso porque não haverá recursos suficientes para sustentar as operações. 

3) Crie metas claras

É certo dizer que a maior parte dos departamentos de TI enfrentam problemas financeiros, em que a demanda financeira é muito maior do que a oferta.

Diante disso, é essencial que os líderes de Ti escolham as iniciativas que valem a pena e aquelas que devem ser descartadas, por falta de potencial ou opção. Aqui, a visão estratégica do CIO será decisiva, afinal, ele definirá as metas do setor considerando as operações que agregam maior valor ao negócio.

4) Escolha soluções competitivas

Outra das 6 dicas para lidar com um orçamento de TI limitado é selecionar projetos que gerem vantagem competitiva. Ou seja, escolher entre investir em transformação digital com uma solução inovadora ou reforçar uma tecnologia que pode otimizar os resultados. 

A opção que estender os melhores resultados para a empresa deve ser selecionada, mesmo que não seja a mais efetiva para o desenvolvimento individual.

5) Desenvolva modelos financeiros

Para potencializar o ajuste nos recursos, os líderes de TI devem trabalhar ao lado do departamento financeiro da empresa. Desta forma, eles podem auxiliar no desenvolvimento de modelos financeiros que preveem cenários de crescimento, analisam desempenhos, orientam cortes, e assim por diante.

A integração setorial pode fortalecer o alocamento de gastos e potencializar as atividades da TI.

6) Considere a terceirização

Outra forma de lidar com um orçamento de TI limitado é considerando a terceirização de operações tecnológicas. Para muitas situações, a compra ou aquisição de um software de TI é mais barato do que desenvolvê-los internamente.

Portanto, mesmo que o melhor profissional queira desenvolver um aplicativo pessoalmente,  por meio de um COTS, SaaS ou uma oferta em nuvem, o CIO deverá tirar a prova por meio do cálculos. 

Além disso, a contratação de funcionários para a equipe interna de TI, devido a um aumento na carga de trabalho, pode estar fora de cogitação para a empresa. A terceirização de serviços pode ser uma solução interessante.

Essas 6 dicas para lidar com um orçamento de TI limitado, certamente, ajudarão CIOS a organizarem a casa, traçarem metas claras, alinharem a equipe e buscarem resultados relevantes. Os líderes de TI devem obter a flexibilidade necessária para gerenciar efetivamente seu orçamento e assegurar que o setor esteja agregando valor aos resultados organizacionais.



Posts relacionados

Como o outsourcing de TI pode ajudar em tempos de COVID-19?

Entenda como esse modelo de serviço pode contribuir para a saúde financeira das empresas diante de crises.

3 KPIs que não fazem mais sentido para a TI e 2 indicadores essenciais

Muitos indicadores tradicionais não são mais relevantes. Ajustes serão necessários para reforçar o valor comercial da TI na era digital.

4 dicas para montar um contrato de prestação de serviços de TI sem erros

Estabelecer um contrato bem estruturado é fundamental para que sua revenda evite possíveis problemas legais e prejuízos, além de melhorar o relacionamento com os clientes.

Escreva seu comentário