<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

6 dicas para evitar os principais incidentes de TI

Conhecer os principais problemas que afetam as corporações e saber como repará-los é fundamental para manter uma infraestrutura otimizada e estratégica.

 

 

6 dicas para evitar os principais incidentes de TI

 

 

Para acompanhar o mercado, cada vez mais tecnológico, as empresas estão modernizando suas estruturas e adotando diversas ferramentas e soluções de TI. Isso é fundamental para que elas consigam atender às novas demandas dos consumidores que estão mais exigentes e esperam por atendimentos ágeis e personalizados.

Devido ao aumento do uso de tecnologias em seus ambientes internos, as organizações estão precisando lidar com estruturas mais complexas de TI. Isso, muitas vezes, acaba gerando problemas, como vazamento de dados, períodos de indisponibilidade e outros contratempos que comprometem o trabalho dos funcionários e geram grandes prejuízos financeiros.

A cada ano, os incidentes de TI continuam crescendo e demandando altos gastos para as empresas. No entanto, no atual mercado hipercompetitivo, em que os investimentos em tecnologia representam novas oportunidades de negócios, esse tipo de problema não pode acontecer.

Por isso, é fundamental saber como evitá-los. Para isso, as organizações podem apostar em diversas práticas e iniciativas para eliminar os principais problemas e garantir a eficiência de sua infraestrutura.

Veja a seguir quais são os principais incidentes de TI e 6 dicas que mostram como utilizar ferramentas e processos para controlá-los e ainda melhorar a performance do ambiente corporativo.


Quais são os erros de TI mais comuns?

Antes de saber como evitá-los, é necessário entender quais são os incidentes mais comuns dentro das empresas. Separamos os principais deles, já com algumas dicas de proteção. Confira:

1. Hardwares e softwares obsoletos

Um dos principais problemas das organizações é manter em funcionamento equipamentos antigos e desatualizados. Hardwares defasados são menos eficientes, o que prejudica a qualidade da estrutura e os softwares desatualizados podem representar ameaças à cibersegurança da rede.

Portanto, a organização precisa criar um controle de seus equipamentos, verificando a vida útil de cada dispositivo utilizado. Além disso, deve realizar os upgrades necessários, mantendo todos os softwares trabalhando com a última atualização disponível.

 

Serviços de suporte Westcon Americas

 


2. Períodos de indisponibilidade por falta de energia

Falhas de energia são enormes contratempos que não podem ser previstos. Isso pode gerar períodos de indisponibilidade, que prejudicam a produtividade e acarretam em prejuízos financeiros para as empresas.

Além disso, falhas de energia são riscos para os componentes eletrônicos da estrutura e podem causar perda de dados e até de equipamentos.

Para lidar com isso, é necessário ter geradores de segurança e fazer avaliações periódicas de sua eficiência. Além disso, manter os dados sigilosos da organização na Nuvem é uma ótima opção para evitar a perda de dados importantes.


3. Não ter uma estratégia de backup estruturada

Outro problema decorrente entre as empresa é a perda de dados importantes por falta de uma estratégia eficiente de backups.

Portanto, é fundamental criar uma rotina de backup bem planejada e realizar avaliações dos sistemas de recuperação dos dados armazenados periodicamente.


4. Falhas de segurança

Os dados são os principais ativos de uma empresa e por isso exigem uma segurança reforçada contra os diversos tipos de ataques cibernéticos que existem atualmente.

Por isso, é preciso desenvolver medidas e processos de proteção de dados, além de adotar políticas de segurança e sistemas confiáveis para evitar falhas internas e externas.


E como evitar os principais incidentes de TI?


1. Treinamento dos usuários

Para que os problemas listados acima não aconteçam é crucial fornecer treinamento a todos os funcionários da empresa. Dessa forma, eles estarão preparados para utilizar as tecnologias no ambiente de trabalho e serão capazes de evitar possíveis golpes de hackers.

Além disso, os chamados de suporte técnico serão reduzidos, liberando a equipe de TI para lidar com tarefas mais importantes.


2. Monitoramento das infraestruturas e sistemas

As equipes de TI que utilizam soluções de monitoramento são capazes de detectar e resolver os possíveis incidentes de forma ágil e rápida. Por meio dessas ferramentas, é possível captar dados do sistema e da infraestrutura para gerar alertas sempre que um comportamento estranho é detectado.


3. Políticas de segurança

As políticas de segurança são indispensáveis para qualquer organização. Elas garantem que todos os usuários do sistema corporativo obedeçam as normas para que os riscos de segurança sejam minimizados.


4. Plano de recuperação de desastres

Por meio do plano de recuperação de desastres, a empresa consegue desenhar todos os processos necessários para detectar e eliminar os incidentes de TI o mais rápido possível. Para isso, é necessário mapear todas as atividades, processos e sistemas da empresa.


5. Registro dos principais incidentes

Outra medida importante para evitar os principais incidentes de TI é criar uma base de conhecimento para que todos os chamados sejam registrados em um sistema de fácil acesso.

Dessa forma, a equipe de TI pode consultar os problemas mais frequentes, saber suas causas e as medidas corretivas que foram bem-sucedidas. Isso ajuda a manter o atendimento mais rápido e eficiente.


6. Otimização de processos

Atualmente, há diversas tecnologias no mercado capazes de dar suporte para os processos de TI, ajudando a identificar, classificar e auxiliar a criação de um plano de prevenção para eliminar os principais incidentes de TI.

A partir de todas as medidas listadas, a empresa é capaz de criar uma gestão de TI proativa, fundamental para diminuir a quantidade de incidentes. Além disso, a equipe de TI passa a ter mais tempo para se dedicar a tarefas mais estratégicas para os negócios.

Posts relacionados

7 motivos para seus clientes apostarem em outsourcing de TI

Manter uma equipe de TI interna nem sempre é possível, mas esse modelo de serviço pode ser a solução ideal para investir em tecnologia com baixos custos.

 

4 pontos-chave para uma estratégia de automação de TI de sucesso

A automação de TI automatiza trabalhos tediosos, trabalhosos e de baixo valor impedindo que funcionários se dediquem a outras tarefas melhores.

 

5 estratégias para implementar alta disponibilidade nas empresas

Quando o sistema está disponível, a ocorrência de falhas diminui.

 

Escreva seu comentário