<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

6 dicas para aproveitar as oportunidades de mercados verticais

Entenda quais são as vantagens de ter um portfólio diversificado e realize agora a integração vertical de sua revenda.

 

6 dicas para aproveitar as oportunidades de mercados verticais

 

 

A dinâmica do mercado não é mais a mesma, os modelos de negócios se transformaram com as inovações e tecnologias que foram surgindo e se tornando essenciais para o sucesso das corporações. O impacto causado no mundo dos negócios alterou profundamente os mais diferentes ramos da economia e muitas organizações, que não souberam se adaptar aos novos tempos, acabaram não resistindo ao mercado cada vez mais complexo e competitivo

A realidade atual exige que as empresas estejam preparadas para uma nova visão de negócios e consigam antecipar tendências. Aquelas que conseguiram entender como a tecnologia poderia afetar seus empreendimentos e se tornar decisiva para a tomada de decisões estão se mantendo a frente de suas concorrentes.

O principal benefício proporcionado pelas inovações tecnológicas para os diversos segmentos da economia foi a agilidade, encurtando distâncias geográficas, a velocidade no fluxo de informações e o tempo de produção e entrega.

Todas essas inovações têm afetado, ainda, a forma como a sociedade consome produtos e serviços, criando uma nova geração de clientes cada dia mais exigentes e com demandas e necessidades diferentes.

Portanto, buscar por soluções ágeis, que possam atender a esses novos consumidores e, ao mesmo tempo, criar atalhos para resolver os possíveis problemas corporativos, é fundamental para que as empresas se mantenham ativas.

Nessa nova realidade, muitas organizações têm optado por sair dos padrões e utilizar novos modelos de comercialização. Um deles é a integração vertical, que apoia as empresas a trabalharem com um portfólio de produtos diversificados que atendam às suas necessidades e do mercado.

Os mercados verticais são uma forma de criar uma divisão em nichos especializados de empresas que atendam exclusivamente um setor da economia. Dessa forma, as organizações conseguem alinhar seu discurso com a linguagem de seus clientes, entendendo melhor suas necessidades.

Para as pequenas e médias empresas, principalmente, a escolha de um parceiro tecnológico que seja capaz de implementar seus projetos de TI passou a ser essencial para que consigam acompanhar toda a evolução do mercado.

Por isso, elas passaram a buscar por revendas que tenham a capacidade de compreender as necessidades de seu negócio e consigam adaptar o projeto à sua medida.

Cada setor possui suas especificidades e demandas e, por isso, buscam por parceiros aptos a propor uma solução-chave que leve em conta não só termos técnicos e integração de hardwares, mas que sejam capazes de entender os negócios de seus clientes e, assim instalar softwares adequados e soluções tecnológicas vantajosas, além de garantir o constante acompanhamento para oferecer suporte e monitoramento.

Portanto, ao trabalhar com a verticalização, é possível atingir potenciais clientes e fidelizar os antigos com uma seleção de produtos e serviços mais direcionados e assertivos.

Esse é o ecossistema ideal para que as revendas de TI passem a conseguir atender às demandas de importantes setores econômicos. Mas, para isso, elas precisam se especializar e desenvolver competências direcionadas aquele modelo vertical.

Para a integração vertical funcionar, o Canal ainda deve contar com parceiros que ofereçam a seus portfólios soluções diversificadas, muito mais completas e disruptivas para ajudarem os clientes finais a passarem pela transformação digital e a superarem todos os desafios do novo mercado competitivo.

Por isso, para começar, é essencial desenvolver um bom planejamento e análise para definir como a integração vertical será implementada em sua revenda. Ter um roteiro para ajudar nos desafios de implementação é indispensável nessa transição.

 

Treinamentos Westcon

 

 

Confira a seguir algumas dicas para se preparar para as oportunidades de mercados verticais:


1 - Identificar quais são as necessidades reais do público-alvo de sua revenda e que, atualmente, não não são atendidas por seu portfólio.

2 - Analisar quais são as demandas que podem ser inseridas inicialmente na rotina de trabalho e que não exigem tanta energia da equipe a ponto de desfocá-la dos serviços centrais do negócio.

3 - Encontrar a melhor forma de disponibilizar os novos produtos e serviços.

4 - Ser referência de mais de um produto no mercado. Para conseguir fechar negócios e evitar a perda de clientes, busque ter conhecimento aprofundado em mais de uma solução de seu portfólio, pois dá credibilidade a seus serviços e os consumidores levam isso muito em conta antes de comprar.

5 - Ter maior controle sobre as vendas. Ao incluir mais serviços em seu portfólio, é necessário aumentar também o controle, uma vez que a maior parte das soluções oferecidas podem ser integradas e funcionam melhor em conjunto.

Assim, é importante acompanhar cada venda e garantir que seu cliente receba melhorias e produtos complementares que venham a precisar posteriormente.

6 - Entender melhor as dores dos clientes. Ao buscar um parceiro tecnológico as empresas procurar por fornecedores que realmente entendam suas dores e demandas. Portanto, ao trabalhar com soluções diversas que supram necessidades diferentes, a revenda precisa redobrar o preparo de seus funcionários para mostrar entendimento aos clientes.

Afinal, não se trata de vender um mesmo software para diferentes clientes, já que uma mesma solução não pode ser implementada da mesma forma em um hospital e em uma escola.

A integração vertical pode proporcionar grandes benefícios para os negócios e, ao diversificar seu portfólio, oferecendo todas as soluções que seus clientes precisam, sua revenda estará sempre a frente dos concorrentes. No entanto, é importante estar preparado e contar, primeiramente, com um planejamento eficiente. Apenas assim é possível criar uma estratégia que contemple a verticalização.

Posts relacionados

Ensino a distância: como a tecnologia pode favorecer a educação?

Graças aos avanços da TI, diversas ferramentas podem ser adotadas pelas instituições de ensino para aprimorar essa modalidade.

Como a IoT pode revolucionar os ambientes educacionais?

É sabido que a sociedade vivencia um momento único e transformador, que passa pela ausência de fronteiras físicas ocasionadas pelo livre acesso à internet.

Tecnologia na educação: conexão e gestão na rotina escolar

Entenda como funciona os provedores de conexão e de aplicação na gestão e rotina escolar.

Escreva seu comentário