<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

5 novos desafios em cibersegurança que as empresas precisarão enfrentar

O cibercrime está cada vez mais inteligente, conseguindo fazer inúmeras novas vítimas todos os dias. Por isso é fundamental que as empresas conheçam os novos perigos que ameaçam seus dados.



Os crimes virtuais seguirão crescendo exponencialmente em 2020, o que levará as empresas a enfrentarem inúmeros novos problemas de segurança em seus ambientes virtuais, afetando diretamente o dia a dia corporativo e o funcionamento de seus sistemas.

Segundo um estudo da empresa Akamai, todos os meses acontecem cerca de 3,2 milhões de tentativas de fraudes na internet e, diariamente são enviados 6,4 milhões de e-mails com conteúdos maliciosos.

Mesmo com dados tão alarmantes, muitas empresas ainda não possuem os sistemas de proteção corretos e seguem ignorando protocolos de segurança necessários para afastar as ciberameaças.

Com a evolução da tecnologia, esses ciberataques tendem a ficar cada vez mais robustos e inteligentes. Diversos criminosos já utilizam tendências como Inteligência Artificial e IoT para reforçar os seus crimes e conseguir invadir até mesmo os sistemas de proteção mais potentes.

Para contornar essa situação, é fundamental que as corporações se mantenham atualizadas sobre as novas ameaças que precisarão enfrentar para proteger seus sistemas e informações.

Pensando nisso, preparamos este conteúdos com os principais novos desafios em cibersegurança para ajudar-lhes nessa missão. Confira!

5 novos desafios em cibersegurança

Manter a segurança e privacidade dos dados corporativos é uma tarefa cada vez mais desafiado para as empresas. A crescente evolução da tecnologia trouxe uma série de novas ameaças, dificultando o trabalho dos profissionais de segurança.

Atualmente, os ciberataques se modernizam diariamente e são capazes de explorar brechas até mesmo dos sistemas de proteção mais seguros, fazendo, assim, novas vítimas do cibercrime.

Para lidar com esses problemas, é necessário conhecer quais são as novas ameaças. Por isso, separamos os novos desafios em cibersegurança que as empresas enfrentarão para garantir a segurança e privacidade digital de seus dados. Confira:

1. Internet das Coisas

De acordo com as previsões do Gartner para 2020, mais de 25% dos ataques identificados nas organizações envolverão a Internet das Coisas, embora a tecnologia represente menos de 10% dos orçamentos de segurança de TI.

Essa tecnologia é capaz de conectar dispositivos, sensores e inúmeros outros objetos entre si por meio de uma conexão com a internet. Ainda que proporcione muitos benefícios para as empresas, ela também pode ser utilizada pelos cibercriminosos.

Caso algum dos dispositivos conectados tenha alguma vulnerabilidade e seja invadido por um hacker, os demais objetos interligados também passam a sofrer um grande risco, pois os criminosos podem utilizar a brecha de apenas um aparelho e, em seguida, ter acesso a todas as informações.

Conheça o K•NOW!

2. Blockchain Hacking e Cryptojakcing

Cada vez mais empresas têm utilizado o blockchain em suas transações devido a sua segurança e agilidade. No entanto, muitos cibercriminosos estão voltando seus ataques contra essa tecnologia.

Os hackers estão conseguindo invadir os sistemas de blockchain e obter acesso a todas as informações incluídas na rede, permitindo que eles realizem falsificações e roubem a identidade dos usuários.

Além disso, muitos hackers estão começando a minerar criptomoedas em sites legítimos para sua carteira criminal por meio de criptografia. Essa será uma das principais ameaças cibernéticas que preocuparão as empresas nos próximos anos.

3. Vulnerabilidades na Nuvem

A Cloud Computing tem sido uma verdadeira impulsionadora para grande parte das empresas que visam modernizar suas infraestruturas e tornar seus negócios digitais. No entanto, muitas delas acreditam que o armazenamento de dados e os processos de manipulação são totalmente seguros apenas pelos recursos fornecidos pelos provedores do serviço.

O problema é que quando as instâncias de Nuvem são mal configuradas podem acarretar em graves falhas de segurança. Em 2019, representaram mais da metade das violações de dados e é uma tendência que continuará até 2020.

Além disso, o acelerado movimento dos bancos de dados locais para modelos hospedados na nuvem permite mais oportunidades para os hackers aproveitarem as configurações incorretas e invadirem os sistemas corporativos.

4. Ameaças a mobiles

Os dispositivos móveis pessoais são cada vez mais utilizados como ferramentas de trabalho dentro dos ambientes corporativos. Muitos colaboradores acessam dados críticos de suas empresas por meio de seus próprios smartphones, os quais não possuem sistemas de segurança eficientes.

Devido a isso, técnicas para infectar mobiles por meio de aplicativos estão se tornando cada dia mais comuns. Aplicativos maliciosos são projetados para roubar dados e até mesmo senhas armazenadas. Além disso, a engenharia social por meio de mensagens de texto SMS (conhecidas como Smishing) continuará a aumentar no próximo ano.

Por isso aquelas corporações que fornecem mobiles corporativos para os funcionários ou permite a prática BYOD precisarão lidar ativamente contra esse desafio para controlar os riscos.

5. Novas regulamentações de privacidade de dados

Outro grande desafio em cibersegurança que as empresas enfrentarão é o aumento da proteção dos direitos de privacidade de indivíduos e seus dados. A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) está prestes a entrar em vigor e exige uma série de adequações por parte das organizações.

Esse aumento na segurança ajuda a impedir o acesso não autorizado a dados privados armazenados em suas redes e a diminuir a probabilidade de ocorrência de um incidente de privacidade. No entanto será necessário adotar uma série de novas medidas protetivas e educar os colaboradores para que todos sigam a nova lei.

Os desafios em cibersegurança e privacidade digital são muitos e complexos na sociedade atual, que é tão conectada e dependente da tecnologia. Por isso cabe as empresas se atualizarem constantemente e adotar as melhores soluções de segurança para serem capazes de proteger os seus dados e os de seus clientes.

 

Posts relacionados

Como as empresas devem agir após uma violação de dados?

Ainda que utilize as melhores soluções de segurança, muitas organizações sofrem com invasão de ciberameaças. Portanto é necessário estar preparada para lidar com esses contratempos.

Análise de vulnerabilidade: como fazer e qual a importância?

Por meio de alguns cuidados simples, a organização pode implementar esse processo e garantir a segurança de suas informações.

4 motivos para investir em um Firewall as a Service

As ciberameaças estão cada vez mais modernas e inteligentes. Por isso é necessário que as empresas adotem soluções mais completas para garantir a segurança de suas informações.

Escreva seu comentário