<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.
  • Westcon-Comstor lança o BlueSky Solutions Markeplace
  • Free Trial SEP Cloud - Alta proteção de endpoints com uma solução intuitiva. Ofereça já para seus clientes.
  • Partner Portal
  • Mantenha os dados seguros em tempos de Transformação Digital - Fortinet
  • Acesse agora
  • Partner Portal
  • _banner-home-mobile_-symantec-sep-cloud.png
  • Mantenha os dados seguros em tempos de Transformação Digital - Fortinet

5 medidas para adotar o DevOps com sucesso

Postado por Equipe Westcon em 6/fev/2018 5:00:00

Essa metodologia tem oferecido diversas vantagens para as corporações. Confira quais etapas são essenciais para que seus clientes consigam implementá-la em seus negócios.

 

5 medidas para adotar o DevOps com sucesso

 

 

O DevOps transformou a forma como as empresas gerenciam suas equipes e projetos. Devido ao avanço das tecnologias e ao alinhamento da TI às estratégias corporativas, essa metodologia tem sido essencial para realizar a integração de processos, ferramentas e responsabilidades entre os times de operação e desenvolvimento para, assim, ser possível melhorar a qualidade e acelerar as entregas da corporação.

Ele evoluiu a partir de uma metodologia de desenvolvimento de software e se transformou em uma cultura e prática que estimula a reunião entre equipes para que trabalharem juntas de acordo com as estratégias corporativas e, assim, transformem todo o negócio, baseando-o em segurança e rapidez.

O desenvolvimento ágil desse novo modelo é capaz de proporcionar diversos benefícios para as empresas. O incentivo da comunicação entre as equipes, elimina as barreiras que antes haviam entre elas e acabavam gerando falhas, atrasos e retrabalhos, além de prejudicar a produtividade e as entregas da empresa. Assim, com a adoção da cultura DevOps, a integração passa a ser contínua, simplificando processos e reduzindo o tempo de resposta a clientes.

Essa metodologia se popularizou por oferecer entrega contínua, mas, além disso, possibilita a realização de testes de qualidade, desenvolve características de manutenção para adicionar confiança nos procedimentos, otimizando a segurança e o desenvolvimento rápido com ciclos.

Para implementá-la com sucesso é necessário ficar atento a algumas medidas e seguir um planejamento, pois não é uma tarefa fácil, exige toda uma transformação interna na corporação. A realização de projetos pilotos podem ajudar no projeto, para que a equipe de TI realize testes e verificações antes de colocar o DevOps em prática.

Após realizar o planejamento da implementação, é necessário seguir algumas etapas para ter sucesso. Confira:

1 - Transformação cultural

Muitas empresas ficam preocupadas com as ferramentas que serão utilizadas e acreditam que sejam mais importantes. Mas o DevOps é efetivamente implementado apenas após uma mudança na cultura organizacional, pois a integração de toda as equipes em uma única entidade é o pilar dessa metodologia.

Para facilitar a adoção desse modelo ágil no cotidiano dos funcionários, é importante estimular as equipes a serem multifuncionais e a oferecem uma melhor experiência ao cliente, ao mesmo tempo que otimizam os processos e minimizam as falhas.

2 - Integração contínuas

Ao desenvolver a cultura ágil entre os funcionários, o próximo passo é unificar as equipes. Assim, o time do DevOps concentra-se em uma abordagem que abranja todo o ciclo de vida do produto ou serviço, desde seus requisitos iniciais até o planejamento, implementação e manutenção.

Essa equipe possuirá total conhecimento das plataformas e infraestruturas. Dessa forma, será capaz, ainda, de identificar possíveis problemas e solucioná-los, garantindo que os principais erros sejam abordados antes da entrega e durante todo o ciclo de vida.

E-book grátis

 

3 - Criação de um ambiente de testes

É importante realizar testes contínuos para garantir a qualidade de todo o sistema e evitar falhas. No modelo DevOps, o teste torna-se parte integrante do desenvolvimento.

A automatização pode ajudar ainda mais nas verificações de toda a unidade, além de garantir uma maior segurança no processo. Ela pode ajudar nos procedimentos de testes e fases extensas, mas não elimina a necessidade do teste manual em determinadas áreas, como testes de usabilidade e exploratórios.

4 - Entrega e implementação contínua

A implementação se estende até a entrega contínua. Contar com ferramentas que permitam a automatização dos processos elimina a necessidade da intervenção humana para decidir o que implementar e quando. Assim, é possível realizar a implementação contínua de novos recursos e atualizações conforme sejam necessários.

Além disso, a implementação contínua deve ser aumentada com o monitoramento contínuo e feedbacks para que as equipes saibam quais recursos são úteis para os usuários, o que ajuda a economizar tempo, ao ser possível focar nos recursos mais importantes.

O DevOps ainda concede um controle detalhado sobre as funcionalidades, para que as equipes possam acompanhar todo o processo.

5 - Monitoramento do desempenho

Realizar o monitoramento de todo o ambiente é essencial devido a automatização dos processos. Mas, como há inúmeros procedimentos executados no sistema, é necessário se focar naqueles que exigem mais atenção.

A equipe deve buscar se concentrar nos ciclos de desenvolvimento, monitorando com que frequência o código está sendo alterado, quantos recursos objetivos estão sendo incorporados e a quantidade de erros identificados. Além disso, a implementação automática pode falhar, portanto é preciso integrar recursos de notificação para alertar os profissionais responsáveis.

Muitas vulnerabilidades desconhecidas podem rondar o sistema à medida que o código fonte passa para a produção por causa de práticas inseguras. Portanto, elas também devem ser analisadas com frequencia por ferramentas capazes de detectá-las e eliminá-las.

Outro ponto importante que deve ser verificado, é o desempenho dos aplicativos. A equipe deve monitorar as atividades das aplicações para medir a qualidade de uso e desempenho e, assim, tomar decisões proativas para melhorá-la. Além disso, é essencial acompanhar as atividades dos usuários. Ao contar com informações sobre o padrão de uso e comportamento dos usuários é possível expandir a infraestrutura e aprimorar seus recursos e desempenho.


Realizar a transição entre o desenvolvimento de software tradicional para as práticas modernas de DevOps é um desafio complexo, portanto, é necessário criar e seguir cuidadosamente o planejamento da implementação. Utilizar as ferramentas certas e seguir as melhores práticas também é essencial, pois apenas assim será possível contar com os benefícios oferecidos pela metodologia.

 

Categoria(s): Gerenciamento