<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

5 formas de reduzir os problemas técnicos de TI

Planejamento, conhecimento e padronização de softwares são apenas alguns exemplos do que pode ser feito na infraestrutura do seu cliente.

 

5 formas de reduzir os problemas técnicos de TI

 

 

Todo problema técnico de TI aumenta o risco de uma empresa ser invadida e atacada por cibercriminosos, que vivem à espreita esperando o primeiro deslize dentro da infraestrutura da TI para entrar no sistema. Reduzir esses problemas pode significar a salvação de uma companhia.


Quais são os problemas técnicos de TI e de que forma eles podem afetar a empresa do cliente?


Os problemas técnicos de TI podem ser os mais variados. A consequência deles, no entanto, pode trazer lentidão para um serviço inteiro, falta de resposta do servidor de uma companhia com o cliente, problemas no carregamento e um maior custo para remediar esses problemas. Todos os problemas técnicos acarretam em consequências diretas no cliente, mas existem formas de reduzir esses problemas a um nível muito baixo. Especificaremos algumas atitudes gerais a serem tomadas que refletem nessa redução a seguir.


1 - Maior planejamento

Um problema comum dentro das empresas é o de projetos que são mal planejados. Para evitar esse problema, é necessário ter uma boa elucidação das funções dos funcionários dentro do projeto e mostrar quais são as metas e os objetivos dentro dele.


2 - Investir no conhecimento dos profissionais de TI

Quanto mais os profissionais de TI trabalham, mais eles têm capacidade de enxergar problemas que estavam escondidos à primeira vista. Um bom exemplo para evitar a falta de reconhecimento de problemas dentro da empresa é investindo nos funcionários da área. Diferentemente de um gasto, o investimento no conhecimento dos profissionais do TI significa evitar prejuízos a longo prazo.

 
Treinamentos Westcon

 


3 - Investir na padronização dos softwares

Empresas que têm softwares padronizados, por exemplo, se mostram mais eficientes, afinal, não há necessidade de usar um programa específico para abrir certas extensões de arquivos. As companhias podem investir em um programa que permite a abertura de vários arquivos de várias extensões, sem perder a estrutura original dele, por exemplo. Além disso, também é possível observar quem está utilizando o arquivo e que tipo de dispositivo está acessando ele. A integração e padronização do ambiente do programa permite que o erro humano seja menor e, consequentemente, reduz os problemas de TI.


4 - O sistema pode usar servidores de maior qualidade

O servidor é o coração de uma empresa, onde os dados cruciais para seu funcionamento correto estão localizados. Contudo, se há uma perda temporária desses dados, os processos da empresa desandam e as operações ficam mais lerdas, senão paradas.

Se existe um investimento maior em servidores de qualidade na empresa, esses problemas são reduzidos quase totalmente. O desempenho de um servidor de alta qualidade é superior ao desempenho de três servidores medianos, por exemplo. Além de diminuir os gastos, a ideia é aumentar a eficiência do sistema para evitar problemas em relação ao tempo de operação da companhia.


5 - Monitorar a rede

Uma empresa pode ter mais de cem funcionários e várias redes internas para os processos de funcionamento dela. Controlar todas elas certamente não é uma tarefa fácil, mas não é impossível. Adotar um monitoramento dentro dessas conexões significa observar o que está certo e errado na rede.

Em caso de queda de servidor ou de alguma tentativa de invasão ou ciberataque, as ferramentas de monitoramento avisam o responsável da rede que tentará resolver o problema o mais rápido possível. Hoje em dia, embora não seja tão comum, o ataque DDoS ainda pode acontecer em empresas que não estão vacinadas contra esse tipo de ataque. A função desse monitoramento não é apenas para o caso de invasões. Os gestores da rede podem compreender de que maneira os usuários acessam a internet da empresa e como otimizar esse acesso, acelerando os processos dentro da empresa e impedindo que surjam falhas corriqueiras.

Posts relacionados

5 dicas para reduzir custos em TI

Veja como automatizar processos, investir em equipamentos de qualidade e muitas outras ações podem ajudar a equilibrar o orçamento.

8 principais erros de outsourcing de TI para seus clientes evitarem

A capacidade de uma empresa de gerenciar e produzir uma equipe de desenvolvimento competente terá grandes implicações para seu sucesso ou fracasso.

Modernizando a TI: como o CIO pode agregar valor para os negócios?

Com uma visão geral de toda a empresa, fortes relações de TI e foco no valor, os CIOs podem expandir seus horizontes.

Escreva seu comentário