<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

5 exemplos de aplicações da indústria 4.0 nas empresas

Conheça as principais formas de utilizar esse conceito nos negócios e aumentar os resultados de sua empresa diante do mercado competitivo atual.



A indústria 4.0 trouxe um novo paradigma de gestão e organização para os ambientes corporativos. As empresas passaram a ter a sua disposição tecnologias capazes de automatizar a troca de dados e otimizar seus processos internos.

Ela proporcionou a conexão entre máquinas, sistemas e ativos organizacionais, permitindo que as empresas criassem redes inteligentes com capacidade e autonomia para agendar manutenções, prever falhas em processos e se adaptar aos requisitos e mudanças não planejadas na produção.

Os avanços vindos com a Quarta Revolução Industrial causaram grandes impactos em todos os setores do mercado. Com isso, muitos de seus recursos deixaram de ser diferenciais competitivos para se tornarem verdadeiros pré-requisitos para que as empresas consigam atender as demandas atuais.

Devido a isso, inúmeras empresas passaram a adotar essas transformações em seus ambientes para acompanhar a modernização do mercado. No entanto ainda há muitas dúvidas a respeito da aplicação dessa tendência. Você sabe como a Indústria é aplicada na prática?

Confira o conteúdo a seguir para entender como as empresas estão utilizando a Indústria 4.0 para melhorar seus processos internos e conheça as vantagens para os negócios. Boa leitura!

O que é Indústria 4.0 e quais os seus objetivos?

A Indústria 4.0 é um conceito utilizado para representar a inovação tecnológica que tem acontecido nos últimos anos nos processos de produção corporativos para torná-los cada vez mais eficientes, autônomos e personalizados.

Essa revolução pretende realizar a descentralização total do controle de processos no futuro, para que eles sejam mais ágeis e rentáveis. Ela conta com a introdução de tecnologias disruptivas, como a Internet das Coisas, para conectar e integrar todos os dispositivos corporativos e torná-los inteligentes.

Os principais objetivos da Indústria 4.0 são:

  • Aumentar a eficiência da cadeia de operações;
  • Criar fábricas autogerenciáveis;
  • Aprimorar os fluxos de trabalho;
  • Implementar recursos tecnológicos para modernizar os negócios;
  • Integrar departamentos;
  • Aumentar a flexibilidade da organização.

A indústria 4.0 se aplica a todos os segmentos e se adapta às necessidades de cada empreendimento. Para que as empresas estejam preparadas para adotá-la, é necessário implementar tecnologias emergentes de TI, automação e padrões de segurança.

Conheça o K•NOW!

Isso é fundamental para a criar um ambiente de produção com intensa digitalização de informações, alta flexibilidade e comunicação direta entre sistemas e pessoas. Confira a seguir as principais aplicações desse conceito pelas empresas:

5 exemplos de aplicações da Indústria 4.0

Os princípios da quarta revolução industrial pode ser empregado pelas empresas de inúmeras formas. Confira a seguir alguns exemplos de aplicações que estão cada vez mais presentes no mercado:

1. IoT e manutenção preditiva

A Internet das Coisas é considerada um dos pilares da Indústria 4.0 ao permitir que os objetos corporativos se conectem entre si e com os usuários. Isso tem permitido que as empresas usem esse tipo de conectividade para realizar serviços de manutenção preditiva em seus serviços.

Graças a isso, é possível tornar toda a linha de produção interligada, garantindo o funcionamento correto de todos os processos. Além disso, tempo de manutenção é reduzido, o que diminui as perdas na produção e mantém a efetividade da empresa.

2. Monitoramento da qualidade de produtos

Ao adaptar as máquinas corporativas e conectá-las por meio da IoT, as empresas estão transformando seus processos de monitoramento que eram manuais e demandavam muito tempo e recursos em serviços ágeis e eficientes.

O monitoramento de qualidade pode ser automatizado, o que resulta em menores custos de manutenção, simplificação da gestão e aumento da efetividade da produção.

3. Criação de lojas inteligentes

Graças aos recursos da Indústria 4.0, as empresas podem implementar robôs autônomos capazes de identificar padrões de compras, encontrar os produtos pedidos pelos clientes, conversar e responder as dúvidas deles, além de rastrear o estoque em tempo real para identificar quais produtos estão disponíveis.

Desse modo, é possível otimizar o atendimento e criar ações estratégicas mais otimizadas nos pontos de compra de acordo com os desejos e necessidades dos consumidores.

4. Otimização dos treinamentos dos colaboradores

Por meio de tecnologias como a realidade aumentada, as empresas são capazes de oferecer treinamentos mais inteligentes para que seus colaboradores consigam se adaptar à nova realidade do ambiente de trabalho.

Assim, não há necessidade de investir em treinamentos caros e demorados. Os próprios funcionários conseguem aprender novas práticas e visualizar as etapas dos novos processo por meio de softwares de realidade aumentada que demonstram como as novas rotinas devem ser aplicadas.

5. Análises de Big Data

Sistemas de Big Data e automação que fazem parte do conceito da Indústria 4.0 passaram a ser utilizados pelas empresas para reunir dados de forma inteligente. Isso possibilita a criação de produtos personalizados de acordo com as preferências dos clientes.

Além de poder gerar insights sobre seu público-alvo, as empresas podem trabalhar com as máquinas conectadas e gerar informações relevantes sobre o desempenho dos ambientes, o que permite um aumento crescente da produtividade.

Ao aplicar as tecnologias da Indústria 4.0, as empresas se tornam mais produtivas e eficientes em suas operações. Dessa forma é possível ter uma melhor performance diante do mercado competitivo atual.

Posts relacionados

4 fatores que definirão o espaço de trabalho do futuro

Criar ambientes inovadores têm sido a prioridade de muitas empresas para manter seu time de talentos.

Como o Data Science pode ser utilizado pelas empresas?

Descubra as principais formas de aplicação dessa tecnologia no dia a dia corporativa e os benefícios que elas podem trazer para os negócios.

Computação e Sistemas cognitivos: 5 principais tendências

Essa tecnologia pretende revolucionar a forma como os homens interagem com as máquinas. Veja como ela irá impactar o mercado nos próximos anos.

Escreva seu comentário