<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1159528794088341&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL WESTCON
Toda informação da tecnologia está aqui.

5 erros fatais que os gestores de TI não podem cometer

Esse profissional deve se manter atento aos mínimos detalhes sobre as tecnologias utilizadas em sua empresa para que nenhum tipo de problema afete os negócios.

 

A tecnologia da informação ganha cada vez mais espaço nas organizações e tem se tornado uma das principais aliadas das estratégias corporativas, contribuindo para modernizar e otimizar os processos internos, ajudando as empresas a conseguirem melhores resultados.

Devido a isso a TI deixou de ser apenas um setor de suporte técnico para se transformar em uma peça-chave de todo o empreendimento. Por isso, é cada vez mais crucial que as empresas tenham um cuidado a mais com esse setor para que nenhuma falha afete os negócios.

Diante disso, os gestores de TI precisam organizar todos os recursos disponíveis para que tudo funcione perfeitamente. É preciso ter muito cuidado para evitar falhas, pois elas podem prejudicar o desempenho geral da empresa.

Nesse contexto, é preciso ter atenção aos mínimos detalhes, no entanto muitas vezes alguns erros são cometidos, atrapalhando todo o desenvolvimento da organização.

Para que isso não aconteça com as empresas dos clientes de sua revenda de TI, preparamos um compilado com os principais erros cometidos por gestores que devem ser evitados. Confira!

5 erros fatais que os gestores de TI não podem cometer

1. Não dar atenção aos usuários

Um dos principais erros cometidos por gestores de TI é não considerar os usuários no momento de gerenciar as plataformas e tecnologias utilizadas. É necessário lembrar que todos esses sistemas são utilizados justamente pelos funcionários, o que se traduz em inúmeros usuários.

Logo, se a TI não levar em conta essas pessoas, diversos erros e problemas podem acontecer, comprometendo a produtividade da equipe. Muitas dessas situações podem ser facilmente resolvidas, basta ouvir a opinião de quem utiliza os processos.

2. Não investir em treinamentos

O mercado de TI está em constante expansão e transformação, por isso, a demanda por profissionais qualificados e com uma formação mais abrangente tem crescido.

Por isso, as empresas que não investem em treinamentos e desenvolvimento para preparar seus próprios colaboradores podem acabar com pessoas totalmente desatualizadas e sem conhecimento sobre as tendências de mercado.

Isso pode gerar grandes prejuízos, queda na qualidade e aumento dos erros cometidos pela equipe de TI existente.

3. Não controlar os acessos dos colaboradores

Os dados corporativos são os principais ativos de uma organização, por isso, é necessário controlar quais informações são sigilosas e precisam ser restritas a poucas pessoas e aquelas que podem ser acessadas por todos os funcionários.

No entanto, muitas vezes, alguns colaboradores pedem acesso a determinados conteúdos para resolver situações no dia a dia, que não deveria ser concedido. Esse tipo de exceção pode custar muito caro para as empresas.

Portanto, é necessário um efetivo controle sobre todos os acessos aos sistemas e processos corporativos para que qualquer entrada indevida seja bloqueada.

4. Não cuidar da segurança

Não dar prioridade à questão da segurança é outro grande erro cometido por gestores de TI. Além do controle de acessos, é necessário exigir que os usuários utilizem senhas complexas e sigam todas as políticas de proteção da empresa à risca.

No entanto, o monitoramento dos usuários internos é apenas um dos passos para garantir a segurança dos sistemas. A utilização de tecnologias defasadas, por exemplo, pode abrir brechas para os hackers e pessoas mal-intencionadas invadirem as máquinas da empresa, roubando informações importantes.

Por isso, é importante manter todos os dispositivos utilizados atualizados e adotar ferramentas de segurança robustas e firewalls. A automatização é uma grande aliada dos gestores de TI, pois pode garantir que todo o sistema esteja sempre em dia com a última versão disponível.

5. Não definir metas e indicadores para as operações

A infraestrutura tecnológica oferece apoio para diferentes ações dentro das organizações e, muitas vezes, os gestores se esquecem de mensurar os resultados proporcionados por ela.

Isso é um grande problema, pois muitas empresas ainda têm dificuldade de enxergar o valor gerado pela TI para seus negócios.

Por isso, é necessário definir metas e indicadores de performance de cada elemento de TI para garantir que eles tenham um bom Retorno sobre o Investimento (ROI) e também apontem o momento certo para substituí-los.

Os gestores de TI têm um papel de grande importância para os empreendimentos, pois as tecnologias estão cada vez mais incorporadas ao cotidiano das empresas. Por isso, é crucial tomar cuidado para não cometer os erros citadas acima, pois podem gerar muitos efeitos negativos para os negócios.

Agora que você entendeu um pouco mais sobre os principais erros cometidos na gestão de TI, será muito mais fácil minimizar uma série de falhas nesse setor. 

Posts relacionados

Como os canais de TI devem trabalhar a experiência dos clientes?

Utilizar a tecnologia como aliada é o grande diferencial para se destacar no mercado e atrair novos consumidores.

Conheça os 10 melhores empregos em TI da atualidade

Os profissionais de TI nunca foram tão necessários e, hoje, há uma gama gigantesca de oportunidades na área.

 

6 soft skills que o profissional de TI precisa para ter sucesso na era digital

Os líderes de TI devem procurar desenvolver habilidades interpessoais para ter sucesso nos próximos anos.

Escreva seu comentário